17 abril 2011

Corrida da Ponte 2011

Corrida da Ponte 2011

CONSEGUI!!!!! O ônibus não me pegou na Corrida da Ponte. Corri, andei, ri, chorei... TUDO VALEU A PENA!!!!! Enquanto não compro as fotos oficiais, vamos nos divertindo com os diversos momentos dessa epopeia... 


A Corrida da Ponte


A Corrida da Ponte tem sua largada em Niterói e chegada no Rio de Janeiro, em um total de 21,4 km. Sendo assim, ela é maior que uma meia maratona.

O ponto alto da prova acontece, claro, na Ponte Rio-Niterói. 

Ela foi disputada pela primeira vez em 1981. No início da década de 1990, ela foi suspensa. 

Em 2011, voltou ao calendário esportivo do Rio de Janeiro. É sobre essa edição que falarei hoje...


Corrida da Ponte
Apresentando a estrela. Não, não sou eu... É a Ponte Rio-Niterói mesmo, he he he...


Como foi a minha experiência na Corrida da Ponte 2011

Participar da Corrida da ponte foi uma experiência incrível. Não só pela corrida em si, mas pelas emoções vivenciadas. 

Estava com o pé lesionado um mês antes da prova. Mesmo com várias sessões de fisioterapia, na corrida contra o tempo, o pé ainda estava estranho no dia da Corrida da Ponte. 

No entanto, fui, mesmo assim... Tive a companhia do Léo, o professor da academia onde treinava na época.

Tudo foi ótimo até o segundo posto de hidratação. Nesse local, virei o pé. Claro que tinha quer ser justamente o pé lesionado. 

Corri mais dois quilômetros, mas não deu: precisei andar. Foi aí que eu percebi como a gente não está só durante as provas. As pessoas, mesmo tendo suas metas, ainda encontram tempo para ajudar. 

Comecei com um senhor que me viu andando e me chamou para acompanhá-lo. Mesmo diminuindo o ritmo, ele se dispôs a me ajudar.

Na Perimetral, tive mais uma mostra de companheirismo. Não havia mais isotônico (uma das minhas reclamações) nas bancas. No entanto, INACREDITAVELMENTE, vários isotônicos fechados estavam jogados nos cantos das pistas. Um outro senhor conseguiu achar dois isotônicos fechados e me cedeu um. 

Outra surpresa muito bonita também ocorreu na Perimetral. Na altura da Cidade do Samba, ouvi um coro gritando “boa sorte” sem cessar. Ao olhar para baixo, foi muito emocionante ver um grupo de crianças no quintal de casa nos incentivando. Confesso que chorei.

Faltavam 3 Km para o final e já estávamos com 2h40m de prova. O medo do ônibus ficava cada vez mais forte. Afinal, haveria um ônibus para recolher os corredores que estivessem acima de 2h40m pelo caminho...

O desespero se abateu, as dores aumentaram e o choro surgiu não pela emoção das crianças, mas pelo medo de ser “eliminada” da prova. Palavras de incentivo dos espectadores começaram a surgir: “falta pouco”, “não desista”, “é só subir e virar um pouco para a esquerda”.

Enfim, o pórtico de chegada. Vi minha mãe, diversas pessoas gritavam e quando cruzei a linha, chorei mais ainda. Uma moça veio e me abraçou. Não quis saber se eu estava ensopada de suor ou não. 

Na hora de receber a medalha, não tinha forças para tirar o papel do número de peito. A moça da medalha retirou para mim, colocou a medalha no meu pescoço e me abraçou. E quando eu pensei que estava tudo terminado, um senhor, vendedor ambulante, retirou do isopor uma pedra gigante de gelo e me deu para colocar nas pernas cheias de cãibras.

Acabei em 2h54m, morrendo de medo do ônibus. Fui para casa dolorida, desgastada, mas muito grata por tudo e todos e com a sensação de dever cumprido.

Aproveite para ver o relato fotográfico da Corrida da Ponte


Corrida da Ponte
Pulseira que dava acesso à área dos corredores...

Corrida da Ponte
No pórtico de entrada das barcas...


Corrida da Ponte

Eu e Léo na entrada das barcas...


Corrida da Ponte


Mais entrada das barcas... Dá para perceber que estava bemmmm cheio, né?

Corrida da Ponte

Passe de entrada...

Corrida da Ponte

Eu e a muvuca entrando nas barcas...


Corrida da Ponte


 A nossa barca...



Corrida da Ponte


Eu e Léo, na largada para a Corrida da Ponte!



video

Depoimento de largada, hahahah.

video

Largando...



Corrida da Ponte

Que situação é essa???? Como diz Asa de Águia: oh, oh, oh, oh, que terror...


Corrida da Ponte


O terror continua, hahahahaha... Mas é o terror estético... O psicológico vai começar no Km 18...



video

Hahaha...

Corrida da Ponte

Curtindo a Ponte...



video

Km 7


Corrida da Ponte

Ainda não havia o medo do ônibus, hahahaha...


Corrida da Ponte

Novo amigo das corridas, hahahahaha...


  video

Voltei a andar...


Corrida da Ponte

Faltam 10 Km, uhu...


Corrida da Ponte

Fala Fundão!!!!!


Corrida da Ponte

Repondo as energias com barrinha...


Corrida da Ponte

Km 13...


Corrida da Ponte

Mais Ponte...


video

Entrando na Elevado do Gasômetro...


Corrida da Ponte

Em frente ao antigo prédio do JB, Perimetral...


Corrida da Ponte

Sofrimento na Perimetral...


Corrida da Ponte


Faltam 6,4 Km. Ajuuuuddaaaaaaa...

Corrida da Ponte


Hidrata, que melhora... Na Perimetral...


Corrida da Ponte

FORÇAAAAAAA...



video

Mas o ônibus não vai me pegar... Hahahahahahahahaha...


Corrida da Ponte

Ai Jesus, falta muito ainda... E o ônibus?? Meeeedddddoooo...


Corrida da Ponte

Chegando... Pernas dormentes, cãibras, pés repuxados...


Corrida da Ponte

Quem segura o chororô?????


Corrida da Ponte
Medalha suada e sofrida... Muito bem, parabéns para mim!

Corrida da Ponte

O bom foi que as faixas de contenção do meu pé combinaram com o chinelo. Adorei!!!!



Corrida da Ponte


Uhu, primeiro lugar, hahahahahaha...

Atualização em 07 de setembro de 2017.

Apesar de todo o sofrimento, foi uma prova maravilhosa. Ainda participei das edições de 2012 e 2013.

Importante: 2013 foi a última edição da Corrida da Ponte até o presente momento.

Isso aconteceu devido às obras do Porto Maravilha. As obras acabaram, o Porto Maravilha está pronto, mas a Corrida da Ponte não retornou... Infelizmente...

Espero que tenha gostado!

Super beijo

Carolina


Receba conteúdo exclusivo

Assine nossa newsletter



Reserve nos parceiros do blog Viajar correndo:

Produtos com desconto


Sobre o Autor:
Carolina Belo Sou Carolina Belo, Bióloga e Turismóloga. Busco sempre ser feliz e ver o lado positivo de tudo o que acontece na vida. Gosto de viajar e participar de corridas pelo mundo.

2 comentários:

  1. Amiga queridíssima,

    Parabéns! Vc se superou e conseguiu completar a corrida sozinha, sem ônibus nenhum te pegar!

    Tô orgulhosa! E quero ver essa medalha! rs

    Agora continua a fisioterapia porque em julho tem mais!

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, como assim não te respondi? Então, 4 anos depois, MUITO obrigada! Vou separar TODAS as medalhas e levar para você ver no nosso próximo encontro, já que há 4 anos te devo isso, ha ha ha ha...
      Super beijo!
      Carol

      Excluir

Obrigada pela visita. Fique à vontade para dizer o que achou do post... Seus comentários são super bem-vindos... Um super beijo...

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search