10 janeiro 2016

Evento "Corra com as estrelas", de Rodrigo Richard

Oi gente!!!! Eu havia dito que hoje teríamos Atacama. No entanto, por ter participado de um evento diferente ontem, achei melhor falar sobre ele e deixar o Atacama para quarta. Então, peço desculpas a quem estava esperando pelo deserto, mas ele virá, sem falta, na quarta. Enquanto isso, vamos falar de “florestas” e a minha experiência no “Corra com as estrelas” organizado pelo Rodrigo Richard! Vamos lá? 


Rodrigo está sempre engajado com eventos para ajudar causas sociais. O de ontem não estava relacionado a isso, mas foi idealizado a partir de um desejo antigo dele de subir a Vista Chinesa ao entardecer (sim, aquela da Corrida do Imperador que já contei para vocês aqui no blog) e ver o Rio de Janeiro todo iluminado. Realmente, deveria ser uma coisa esplendorosa, mas nem sempre a questão de segurança permite que tenhamos esse tipo de experiência, não é?

Nike


O encontro foi às 18h30 na Padaria que fica na esquina das ruas Pacheco Leão e Von Martius. Estiveram presentes aproximadamente 70 corredores, dos mais diversos níveis. Sendo assim, foram feitos três blocos de largada e cada um escolhia o que melhor lhe atendia: um para caminhada, um intermediário e outro que correria com maior velocidade. Eu fui no intermediário, mas confesso que deveria ter ido no da “caminhada”, pois estava um pouco cansada por ter feito na parte da manhã a trilha de subida para a Pedra da Gávea (é assim mesmo, a pessoa quer fazer tudo em um mesmo dia).

Evento Corra com as estrelas
Aguardando o início. A cor da minha camiseta é tão discretaaaaa... Foto retirada do Facebook de Rodrigo Richard.

Nike Vem Junto
Um pouco antes da primeira largada... Foto retirada do Facebook de Rodrigo Richard.

Corra com as estrelas
Fazendo book... Foto retirada do Facebook de Rodrigo Richard.

Cada pelotão tinha dois corredores com colete reflexivo a frente do grupo e mais dois atrás dando cobertura, pois o trânsito não estava interditado. De qualquer forma, foi pedido que levássemos headlamps ou lanternas para iluminarmos o caminho e eu usei a minha também como item de segurança, uma vez que quando percebia a aproximação de algum veículo, eu acendia a luz vermelha, para dizer: “oh, cuidado comigo, estou aqui”, ha ha ha.

Nike Vem Junto
Otávio era um dos "protetores" dos grupos. Olha o colete...

Via-se o cuidado do Rodrigo com os corredores mais lentos (também inclusa aqui, he he he). Ele subia correndo, mas depois voltava e ficava meio que dando cobertura. Achei isso muito legal da parte dele, pois ele poderia simplesmente subir frenético (ele é muito bizarro correndo) e a galera ficar lá para trás. Apesar de estar claro, tive medo em alguns trechos (eu sempre tenho, isso é normal), mas pensava que havia gente atrás e na frente também. Teve até um corredor, muito figura, que antes de chegarmos à Vista Chinesa passou por mim e disse: “você não pode chegar na minha frente”. Como assim, gente? Eu não estava competindo com ninguém, ha ha ha. Isso acho que foi porque passei andando por ele. Eu ri muito da situação.

Vista Chinesa
Eu dei uma corrida falsa para sair na foto... Foto de Rodrigo Richard.

Nike Vem Junto
Aqui não deu para fingir não, ha ha ha ha... Foto de Rodrigo Richard.

O visual da cidade iluminada é realmente incrível. Como minha máquina fotográfica das corridas “morreu” de vez, só tirei fotos com o celular e confesso que ainda não me entendi muito bem com ele. Então, já fiz a minha justificativa para algumas fotos não muito bonitas, he he he... O Renato Raggazzi deu uma dica ótima para tirarmos uma foto nossa e acho que essa ficou excelente.

Vista Chinesa
Ufa, cheguei!

Vista Chinesa
Começando a iluminar...

Vista Chinesa
Book...

"As luzes da cidade acesa"... (as fotos sempre me fazem lembrar de alguma música) 

Vista Chinesa
Um pouco mais iluminada...

Vista Chinesa
Essa foto foi feita seguindo instruções de Renato Raggazi. Obrigada...


A Cris Heloisa também participou do evento e, finalmente, consegui entregar o brinde do sorteio do blog para ela. A gente estava marcando há séculos e sempre tinha algum imprevisto... Não tiramos fotos desse super momento, né Cris?

Depois de muitas sessões de fotos e ver a cidade iluminar-se, começamos a descida. Para descer todo santo ajuda, né? Ainda mais quando se está com medo... Todo mundo saiu voado e eu percebi que estava ficando para trás. Havia apenas um casal atrás de mim e aí já viu... Eu tentava apreciar os vagalumes. Cara, há MUITO tempo não via vagalumes. Estava em estado de graça (mais uma alegria dessa corrida), mas o medo de estar afastada do grupo me fez correr muito forte. Estava um breu, não via o relógio, mas ouvia o bip avisando que eu estava em um pace muito abaixo do meu normal. Deixei de lado as recomendações para ir mais devagar e aloprei (no meu nível, claro!). Um pouco mais embaixo, vi Otávio meio que me esperando (ohhhh, que bonito) e descemos juntos. Eu ainda tinha medo, mas pelo menos tinha companhia, rs rs. Conhecemos a corredora Ale que disse estar “aproveitando” a nossa headlamp (sem problema algum) e fomos conversando. No final, estava exausta... No entanto, ainda faltavam alguns metrinhos. Dei a caminhada final. Estão lembrados do corredor que me passou na subida, porque eu não podia chegar na frente dele? A mesma coisa aconteceu na chegada. Não sei quem ele é, mas me ajudou a rir na reta final também, he he he he...

O evento terminou com uma nova foto no mesmo lugar em que largamos. No entanto, a correria ainda não havia acabado... Cris passou por nós e me chamou para ir correndo com ela até a Gávea. Nossa, eu não tinha mais condições não. Ela seguiu e nós fomos ao ponto de bus esperar algum que me levasse até a Gávea. Quando desci, quem encontro? Cris, he he he he... Quando vimos que o bus que pegaríamos estava parado no ponto, qual foi a decisão? CORRERRRRRRRRRRR, mais uma vez...

Vista Chinesa
Despedida... Foto retirada do Facebook de Rodrigo e Nadjala.
O evento “Corra com as estrelas” foi realmente show, um sucesso!  De acordo com Rodrigo, outros serão organizados. Parabéns Rodrigo!


Vista Chinesa
Rodrigo e Nad...

Espero que tenham gostado e tenham se animado a participar dos próximos. Fiquem ligados na divulgação! 

Até quarta-feira

Super beijo

Carolina


Assine nossa newsletter




Sobre o Autor:
Carolina Belo Sou Carolina Belo, Bióloga e Turismóloga. Busco sempre ser feliz e ver o lado positivo de tudo o que acontece na vida. Gosto de viajar e participar de corridas pelo mundo.

2 comentários:

  1. Ô Carol, é muito gostoso ler os seus posts! Dá pra sentir - eu pelo menos consigo..he he - o seu astral na hora, sabe?! Sinto os vagalumes, consigo entender perfeitamente o seu medo de estar por último e ter que apressar o passo na descida, etc..etc.. Muito legal ler os seus relatos! Gostei também da música "as luzes da cidade acesa"..rsss.
    O melhor de tudo?? Te acompanhar em todo o percurso e não cansar nem suar..haha.. Brincadeira...rsss..

    Beijão!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ha ha ha ha, obrigada Ana. Eu tento sempre passar no texto "os dramas" que vivencio. Adorooooooo...
      As fotos sempre me remetem a músicas. É muito engraçado. Eu preciso aumentar o meu repertório sobre aviões, porque só tenho colocado a da Adriana Calcanhoto, ha ha ha ha... Essa do Leandro e Leonardo foi nova para mim, he he he he...
      Um super beijo e obrigada pela visita!!!
      Carol

      Excluir

Obrigada pela visita. Fique à vontade para dizer o que achou do post... Seus comentários são super bem-vindos... Um super beijo...

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search