domingo, 27 de novembro de 2016

K21 Serra do Japi 2016

Um desafio muito esperado

Olááá! Tudo bem? Ontem foi dia de participar da corrida K21 Serra do Japi. Post rápido esse, né? É que queria aproveitar para contar logo como foi essa super experiência. E olha que fiz 10 Km só... Vamos lá?

Assim como a Corrida da Serra da Graciosa, a K21 Serra do Japi já estava na minha lista de desejos há um bom tempo... Eu queria ter feito os 21 Km, mas como a prova ASICS Golden Run BSB foi há duas semanas (e, quando fiz a inscrição para o Japi, eu já sabia que correria em Brasília), optei por fazer 10 Km só. Foi uma escolha excelente, pois além disso, já contei que fiquei um tempo sem treinar, né? Então, deu tudo certo...

A viagem foi diferente de todas.  Para começar, eu achei que tivesse um compromisso no domingo após a prova. Então, combinei com Otávio de irmos de ônibus até São Paulo e lá pegaríamos uma van com o pessoal da Nova Equipe. Assim que a van voltasse, a gente iria para a rodoviária e voltaria de ônibus, chegando ao Rio cedo. Acontece que:
  • descobri que o compromisso era no domingo da semana anterior (louca!);
  • não teria van da Nova Equipe.
Beleza! Como a Aurea da Nova Equipe é sempre sagaz, ela conseguiu uma carona para a gente com a Verinha (que já conhecíamos desde quando fomos fazer a K21 Campos dos Jordão). E a Verinha ainda ofereceu abrigo na casa dela para passarmos o sábado e voltarmos em paz no domingo. Obrigada querida Verinha! Principalmente , depois que descobrimos que ela não iria correr e foi só para nos levar... Olha que amor!

Bom, vamos à prova, propriamente dita!

O grande dia...

A prova aconteceu na Fazenda Guaxinduva, em Cabreúva, SP. Chegamos cedo, bem cedo. Isso foi ótimo para evitar correrias antes da largada. Quem deixou para chegar mais tarde teve um pequeno congestionamento...

K21 Serra do Japi
Com Verinha...
K21 Serra do Japi
Com Emerson e Aurea, da Nova Equipe...
A largada para os 21 Km foi às 9h. Já para os 10 Km aconteceu às 9h30. Foi tudo muito tranquilo, sem afobação. Logo já passamos pelo lago e seguimos para as primeiras subidas. 


K21 Serra do Japi
Antes de largarmos...
K21 Serra do Japi
Lago...
Quando uma subida muito frenética apareceu, entramos em fila indiana e fomos caminhando. Aí aconteceu uma parte muito feliz para mim... Enquanto caminhava, percebia que estava bem abaixo do meu limite. Eu estava respirando normalmente e as pernas pareciam que estavam andando em um terreno plano. Com isso, comecei a passar diversos corredores (que feliz!!!!)... Sinal de que evoluí...

K21 Serra do Japi
Na fila indiana...
Mais um pouco de subida, chegamos ao topo. Olhei para trás e aproveitei a vista.

K21 Serra do Japi
No alto...
Encontrei Otávio no Km 4 e fomos mais ou menos próximos. Nesse quilômetro havia o primeiro posto de hidratação.

K21 Serra do Japi
Uma parte após o Km 4...
Corri super bem até o Km 6. Depois, veio uma subida que, comparada com a primeira, era muito mais leve. Entretanto, o Sol estava bem escaldante e eu perdi o ritmo. Fui tendo alucinações na busca por água...

No quilômetro 8 havia o segundo ponto de hidratação  (e com água de coco). Nem a água e nem a água de coco estavam geladas. No entanto, eu estava com tanta sede que bebi duas garrafas de água de coco e achei uma delícia ! !!!

Em seguida, passamos pelo ponto mais bizarro da prova, na minha concepção: um trecho em descidas íngremes... Tudo bem que havia cordas, mas eu achei extremamente perigoso. Para completar, os corredores do 21 Km queriam que abríssemos espaço. Massss, como abrir espaço, segurar na corda com firmeza e equilibrar-se sem se machucar? Vários corredores xingaram e se jogaram sobre nós. Enfim, sem comentários... Não dava nem para sonhar em tirar fotos. Eu até guardei a câmera no cinto, porque tinha que me agarrar MUITO forte à corda, ha ha ha ha...

Depois de um longo tempo nessa descida, chegamos a um riacho. Atravessei sem me molhar e pensei: "nossa, era isso que o povo falou que estaria com água até a cintura?". Voltamos para um pedacinho de trilha e aí entendi que pensei aquilo cedo demais...

K21 Serra do Japi
Uma parte do drama no riacho...
Atravessamos por dentro do rio e, depois de alguns deslizes nas pedras, eis que a visão mais bonita da prova surgiu diante dos nossos olhos...

K21 Serra do Japi
SURPRESA!!!!! 
K21 Serra do Japi
Na cachoeira ! 


Foram alguns metros nas trilhas olhando diversas quedas d'águas. 

K21 Serra do Japi
Outras quedas d'água...
Mais uma subida com escadinhas e chegamos a uma estrada. Entramos em outra trilha e... mais uma subida... Segundo um corredor que estava voltando, faltavam 1400 metros. Dito e feito!

Chegamos super felizes por mais um desafio cumprido. Diante de certas partes da prova, foi um presente ter terminado sem nenhuma queda ou qualquer machucado.

K21 Serra do Japi
Chegamos!!! Foto tirada por Verinha!!! Obrigada!
K21 Serra do Japi
Com as medalhas!
Foi uma experiência excelente. Agora, pretendo programar para correr os 21 Km. Deve ser uma coisa incrível! Aproveito para agradecer novamente a Verinha pelo super "apoio logístico", he he he... Muito obrigada!!!

Agora é descansar para o outro desafio da semana que vem: Volta da Pampulha!

Espero que tenha gostado.

Até quarta-feira.

Um super beijo

Carolina


Assine nossa newsletter



Sobre o Autor:
Carolina Belo Sou Carolina Belo, Bióloga e Turismóloga. Busco sempre ser feliz e ver o lado positivo de tudo o que acontece na vida. Gosto de viajar e participar de corridas pelo mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita. Fique à vontade para dizer o que achou do post... Seus comentários são super bem-vindos... Um super beijo...

Pin It button on image hover