quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Passeio de barco pelos canais de Amsterdam

A Veneza do Norte

Olááá! Tudo bem? Hoje é dia navegar pelos canais de Amsterdam e conhecer um pouco de sua história. A chamada “Veneza do Norte” recebeu esse nome devido aos mais de cem quilômetros de canais. A área onde estão os canais mais antigos foi incluída na lista de Patrimônio Mundial da UNESCO. Então, vamos começar nossa viagem...
Passeio de barco pelos canais de Amsterdam
Uma das pontes sobre os canais de Amsterdam

Holanda, País Baixo, Países Baixos... Qual o nome do país, por favor?

Antes de embarcarmos pelos canais de Amsterdam, gostaria de explicar algumas coisinhas... O nome do país onde está Amsterdam é País Baixo (no singular mesmo: Nederland). Ele é uma reunião de pequenos países, sendo que o mais expressivo chamava-se Holanda.

Quando todos eles foram agrupados em um único país, eles receberam o nome de País Baixo. Como Holanda era o maior deles, ficou a confusão de nomes... Muitos associam um componente do País Baixo como sendo o nome do país, o que não está certo.

Além disso, ainda temos um outro problema... O País Baixo é composto pela adesão de todos os Países Baixos. No entanto, as pessoas não acompanharam essa alteração e continuam chamando tudo de "Países Baixos".

A capital do País Baixo é Amsterdam. No entanto, a sede do governo e da monarquia fica em Haia.

Holanda acabou sendo dividida em duas províncias dentro do novo País Baixo: Holanda do Norte (Noord-Holland) e Holanda do Sul (Zuid-Holland). Amsterdam fica na província de Holanda do Norte (Noord-Holland). Como já disse, ela é a capital oficial do país. Masssssss, ela não é a capital de Noord-Holland. Esse posto fica com a cidade de Haarlem.

Muita mistura, né? Explicada essa questão de nomes, vamos à relação do país com o mar...

O País Baixo e sua relação com o mar...

Ao longo dos séculos, o litoral do País Baixo sofreu com o movimento das marés, com a intervenção humana e com desastres naturais. Foram inúmeras enchentes que destruíram as cidades e mataram muitas pessoas.

Ao longo dos anos, o local foi ganhando barreiras artificiais e diques para evitar esses problemas. Justamente por isso surgiu um dos ícones do país: os moinhos. Eles eram utilizados para bombear a água de locais alagados.

O governo neerlandês decidiu realizar um programa de larga escala de obras públicas. A medida visava proteger o país contra futuras enchentes catastróficas. O projeto levou mais de trinta anos para ser concluído, mas foi considerado uma das sete maravilhas do mundo moderno pela Sociedade Americana de Engenheiros Civis.

Amsterdam

Amsterdam tem a ver com o rio Amstel. Esse rio é um dos maiores do País Baixo. Seu nome deriva de “Aeme stelle” que significa “Área com cerveja em abundância”. Para os amantes dessa bebida, olhem aí...

Entretanto, o nome Amsterdam vem de Amstelredamme, ou seja, a represa do rio Amstel. Ela era uma pequena vila de pescadores surgida no final do século XII. No chamado Século de Ouro dos Países Baixos (século XVII), Amsterdam tornou-se um dos portos mais importantes do mundo. Durante essa época, a cidade era o principal centro financeiro e de diamantes do mundo.

Passeio de barco pelos canais de Amsterdam
Local mais que típico para uma foto em Amsterdam...

A história dos Canais de Amsterdam

Os canais começaram a ser construídos no século XVII por conta de um surto populacional. Devido ao grande número de pessoas, a cidade precisou ser replanejada. Para isso, foram construídos quatro meio-círculos concêntricos.

Passeio de barco pelos canais de Amsterdam
Observe o formato de meio círculo... Imagem do Google Maps.

Os três principais canais de Amsterdam usados como desenvolvimento residencial foram:
  • Prinsengracht (Canal do Príncipe);
  • Keizersgracht (Canal do Imperador);
  • Herengracht (Canal dos Patrícios).

O quarto canal, mais externo, Singelgracht, tinha propósitos de defesa e manejo da água. Para atravessar esses e outros canais periféricos, existem mais de 1500 pontes na cidade.

Passeio de barco pelos canais de Amsterdam
Vamos passar por uma das pontes...

Um passeio pelos canais de Amsterdam

Há diversas opções de passeios de barco pelos canais de Amsterdam. Tem jantar romântico, tem hop-on hop-off, tem cruzeiro com pizza, tem passeio com bebidas... A primeira vez que estive na cidade, fiz um diurno (100 Highlights Cruise), com duração de uma hora. 


Passeio de barco pelos canais de Amsterdam
Os barcos possuem vidros até nos tetos para que tudo possa ser apreciado melhor...
Já na segunda vez, fiz o de queijos e vinhos, também de uma hora.

Passeio de barco pelos canais de Amsterdam
Aproveite, antes que acabe, ha ha ha ha...

O passeio é bem calmo. Há um guia que explica a história dos canais. No passeio diurno, não houve nenhum alimento. No entanto, no passeio noturno havia um pratinho com queijos e um potinho com amendoins em cada mesa. Bom, para uma mesa de quatro pessoas (sendo que duas a gente não conhecia), eu achei bem pouquinho, mas enfim. É uma condição para eu ficar “educada” e comer pouco, né?

Passeio de barco pelos canais de Amsterdam
Coloquei essa foto para você ver a quantidade de queijos para quatro pessoas. Estou sendo muito gulosa ou isso é realmente pouco? Eu acho MUITO pouco, he hehe...
Os dois passeios saíram do Centro, próximo a Estação Central de Amsterdam (Central Station).

Eles vão passando pelos canais da cidade e o guia vai nos mostrando os pontos turísticos e as curiosidades. Uma delas é a presença de roldanas na parte de cima das casas. Por quê? Como as entradas são muito estreitas, os móveis sobem pelo lado de fora!


Passeio de barco pelos canais de Amsterdam
Está bem pequeno na foto, mas se você olhar beeeeemmmm, vai conseguir ver duas "protuberâncias" no telhado do quarto edifício. É por ali que os móveis são puxados...

Casas-Barco

Durante o trajeto do passeio são vistas diversas casas-barco (também chamadas de house boats). São aproximadamente 2500 dessas casas em vários canais de Amsterdam. Algumas possuem até jardins... É bem interessante!


Passeio de barco pelos canais de Amsterdam
Uma casa barco
Bom, espero que tenha apreciado o passeio pela história e pelos canais de Amsterdam.


Passeio de barco pelos canais de Amsterdam
Patinho passeando tranquilamente pelos canais de Amsterdam
Até domingo,

Um super beijo

Carolina


Assine nossa newsletter
Assine nossa newsletter

Está programando uma viagem? Então, compre suas passagens aéreas através dos banners dos parceiros (LATAM e Avianca) do blog Viajar correndo. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a receber uma comissão.

_Promo USA 728x90

Aproveite e reserve também seu hotel através do Booking.com. Clique no banner abaixo e faça sua reserva facilmente...



Pesquise e alugue seu carro através da Rentcars.com. Clique no banner abaixo e consiga as melhores ofertas!

Blog Viajar correndo

Sobre o Autor:
Carolina Belo Sou Carolina Belo, Bióloga e Turismóloga. Busco sempre ser feliz e ver o lado positivo de tudo o que acontece na vida. Gosto de viajar e participar de corridas pelo mundo.

2 comentários:

  1. Olá Carol!!!! Eu falei que passaria por aqui... Hehehe... Adorei o artigo principalmente a parte que você explica sobre a confusão dos nomes. Você não estava sendo gulosa não... Havia muito pouco queijo. Acho que eu estou sendo gulosa em pensar que aquilo mal daria para duas pessoas. Hehehe... Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhhhhhhhh Drika, que bom que você também achou pouca coisa para duas pessoas!!! Imagine para quatro, ha ha ha ha!!!
      Desculpe pela demora na resposta, mas a vida no mês de fevereiro foi algo inacreditável, ha ha ha...
      Um super beijo
      Carolina

      Excluir

Obrigada pela visita. Fique à vontade para dizer o que achou do post... Seus comentários são super bem-vindos... Um super beijo...