28 fevereiro 2016

K21 Pico do Urubu

Olááááá! “Simplesmente amei”. Com essa frase eu começo o post de hoje resumindo a minha experiência na K21 Pico do Urubu, uma prova extremamente alucinada e complicada e que foi realizada ontem.

Chegamos a Mogi das Cruzes na sexta-feira. Ficamos em um sítio próximo à largada da prova com a galera da Nova Equipe

Foi excelente, porque, no dia da corrida, foi só descer um pouquinho e a largada já estava disponível.  


K21 Pico do Urubu
Um pouco antes da largada da K21 Pico do Urubu

O dia da K21 Pico do Urubu

A largada estava marcada para as 9 horas, mas ela atrasou uns 10 minutos. 

K21 Pico do Urubu
Antes de largarmos...

Realmente, eu não imaginava que seria difícil assim. A corrida já começou subindo, de leve, uma estrada batida. 

Tudo fluiu muito bem, tanto que eu nem me liguei na quilometragem. 

Quando me dei conta, já estava no km 3.

Havia alguns trechos com lama e outros com alagamentos. 

K21 Pico do Urubu
No meio do caminho havia uma... lama...
Em uma subida, ficamos parados um tempo esperando por alguma coisa que eu nem sei o que foi. Isso porque, do nada, começou a andar novamente... 

K21 Pico do Urubu
Parada "do nada" na subida...

K21 Pico do Urubu
Olha o Otávio ali no fundo...
Havia um cachorro que estava correndo com a gente. Eu acho uma maldade, mas enfim... 

Disseram que a dona dele estava na corrida também... No final, ele estava perdido e algumas corredoras estavam carregando o cachorro de volta para a largada.

K21 Pico do Urubu
Otávio e o cãozinho...

K21 Pico do Urubu
Cãozinho Mexerica (esse era o nome dele na coleira).
As subidas eram insanas. Quando apareceu um mini plano, eu aproveitei para correr.

Houve a separação da prova dos 10 km e a de 21 km. 

Perguntei ao staff se a gente não passaria no Pico do Urubu. O cara disse que não. COMO ASSIM???? 

Eu havia lido que passaríamos, assim como o pessoal dos 10 km, mas estava achando estranho...

Nesse tempo, apareceu uma menina (depois descobri que era Laura o nome dela). Aproveitei para fazer a mesma pergunta para ela. Foi aí que rimos... Ela disse que iria me perguntar a mesma coisa, he he he he... 

Ainda bem que o staff estava errado...

Fomos conversando até chegar a entrada da Trilha da Onça, um local MUITO íngreme e escorregadio. 

Foi MUITO intenso, he he he he he... Ao final dessa trilha, eis que chega o ponto alto da prova: o Pico do Urubu

Que lugar interessante! Paisagem show...

K21 Pico do Urubu
Pico do Urubu, o ponto mais alto...
Enquanto me hidratava com água de coco, aproveitei para apreciar o visual...

K21 Pico do Urubu
Uma parte do visual...

K21 Pico do Urubu
Paisagem...
O staff mandou descer pela esquerda. Gente, que ventania. Tive medo de ser levada por ele. Não, eu não estou magra para isso... Era MUITO vento mesmo...

No km 10, comecei a ter uma dor de cabeça chata. Nunca tinha tido dor de cabeça durante a prova. Estranho... Achei que pudesse ser o cabelo preso. Soltei tudo (rabo de cavalo e trança), mas mesmo assim continuei com dor. 

Estava bem hidratada, então, também não foi falta de água. Chegamos a um consenso de que talvez a altitude tivesse me dado algum piti... Afinal, subimos de 0 até 1100 metros.

Quando pensei que fosse só descida, eis que aparece uma nova subida!!!!!!! Forte, muito forte...

K21 Pico do Urubu
Sobe...

K21 Pico do Urubu
Bem íngreme a subida. Aff... Haja panturrilha...
Depois, descemos pelo mesmo caminho que havíamos feito na ida. Eu consegui desenvolver bem e corri até mesmo na descida (que não é o meu comum). Mas foi aí que...


Novidade durante a K21 Pico do Urubu

No km 16, simplesmente, eu virei o joelho. 

Ahn???? Sim, virei o joelho. Poxa, estava já acabando... 

Dei uma caminhada para dissipar a dor e calhou de ter uma subida seguindo a esse fato. Então, fui administrando a dor até que melhorou... 

Quando me vi sozinha, corri até encontrar algum “amiguinho”. Afinal, tenho medo... ha ha ha...


O final da K21 Pico do Urubu

Passei em frente ao sítio em que estávamos hospedados e ali eu sabia que faltariam apenas 900 metros. 

Fui correndo e, quando pensava em caminhar, passava algum corredor que já estava indo embora e falava: “Vai, falta pouco”. Nossa, não tinha como andar com isso...

Finalmente, a chegada. Há tempos eu não chorava com uma chegada. Desta vez, foi um choro de leve, com o sabor de dever cumprido. 

A música que tocava fez com que me lembrasse da Glacy: “Viva la Vida” do Coldplay. Foi uma música motivadora. Foi isso que eu fiz nessa prova, vivi cada momento de uma forma completa. 

Acho que foi por isso que chorei... 

Peguei a medalha e fui pegar um lanche. Não havia mais água de coco (poxa!!!!!). Só peguei uma banana e um copo de água e fiquei esperando Otávio chegar. 

Assim que isso aconteceu, fomos à barraca da Nova Equipe para confraternizar! 

K21 Pico do Urubu
Chegada de Otávio...

Pós K21 Pico do Urubu

Voltamos para o sítio e, depois de um churrasco gostoso, ficamos na piscina descansando e conversando. 

Afinal, no dia seguinte (ou seja, hoje, domingo), ainda teríamos a Rainha da Montanha (mais 14 Km na conta). Ufa! 

Espero que tenha gostado da aventura da K21 Pico do Urubu...



Para saber como foi a outra corrida, confira o post 

Até quarta-feira

Super beijo

Carolina


Receba conteúdo exclusivo

Assine nossa newsletter



Reserve nos parceiros do blog Viajar correndo:

Produtos com desconto


Sobre o Autor:
Carolina Belo Sou Carolina Belo, Bióloga e Turismóloga. Busco sempre ser feliz e ver o lado positivo de tudo o que acontece na vida. Gosto de viajar e participar de corridas pelo mundo.

4 comentários:

  1. 💖 Amei seu blog Carol! Bjs GabiBisan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabi Pinky!!! Adorei a sua visita. Muito obrigada! Mais tarde vou lá no seu canal assistir aos seus vídeos!!!
      Um super beijo
      Carolina

      Excluir
  2. Ótimo relato Carol... O ano começou com muita adrenalina na K21 São Paulo, no Pico do Urubu. A temporada 2016 está só começando com grande nível técnico e com grandes atletas. O ano promete ser bem forte e os treinos não podem parar... Vamos para o próximo desafio!!

    Abaixo minha experiência sobre a prova:
    http://franhaydin.life/blog-k21-series-pico-do-urubu-2016.php

    bjss
    FranHaydin.LIFE
    sonhe. lute. conquiste.
    http://franhaydin.life/
    Instagram: @franhaydin.life
    Facebook: FranHaydin.LIFE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Franklin, visitei o seu site e li o seu relato sobre a K21 Pico do Urubu também. Como lá não tem espaço para comentar, faço por aqui, he he he. Achei show, principalmente porque você narra na visão dos que vão na frente disputando e eu narro na visão dos que vão atrás curtindo a prova. Maneiro!
      Parabéns pela sua colocação.
      Já estou te seguindo no Instagram.
      Obrigada por comentar.
      Bons treinos! Nos encontramos em Maresias!!!!
      Beijos
      Carolina

      Excluir

Obrigada pela visita. Fique à vontade para dizer o que achou do post... Seus comentários são super bem-vindos... Um super beijo...

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search