11 janeiro 2017

Parque Nacional do Iguaçu

Olááá! Tudo bem? Ontem, dia 10 de janeiro, foi aniversário da criação do Parque Nacional do Iguaçu (PNI). Claro que eu não poderia deixar passar em branco essa data. Afinal, tenho muito carinho por esse lugar! Então, o post do dia é sobre o PNI (vou abreviar para ficar mais simples, ok?). Vamos lá?

O Parque Nacional do Iguaçu

O PNI é uma unidade de conservação localizada a 17 km do Centro de Foz do Iguaçu

Ele é administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). 

Em seu interior, encontra-se uma das Sete Maravilhas Naturais do Mundo, as Cataratas do Iguaçu.


Cataratas do Iguaçu, uma das Sete Maravilhas Naturais do Mundo
Cataratas do Iguaçu, uma das Sete Maravilhas Naturais do Mundo

O PNI também é considerado Patrimônio da Humanidade da UNESCO.  Na verdade, ele foi a primeira Unidade de Conservação do Brasil a ser instituída como Patrimônio Natural Mundial

Tudo pela importância dos remanescentes de Mata Atlântica e pelas quedas d’água que formam as Cataratas do Iguaçu.

Parque Nacional do Iguaçu visto de cima
Parte do Parque Nacional do Iguaçu visto de cima...

O PNI possui uma excelente estrutura receptiva. Há estacionamento, centro de visitantes, restaurante, praça de alimentação e até um hotel em seus limites.

Estrada que leva até o Parque Nacional do Iguaçu
Estrada que leva até o Parque Nacional do Iguaçu

Um pouco de história

Local onde habitavam os índios tupi-guaranis, foi rota de expedições espanholas e, posteriormente, de missões jesuíticas. 

Em 1876, o engenheiro André Rebouças sugere a D. Pedro II a criação do Parque Nacional.

Isso só foi acontecer mais tarde, com a “ajuda” de Santos Dumont. Ao conhecer as cataratas, ele ficou impressionado e solicitou a criação de um Parque Nacional ao Governador do Paraná. 

Como o local era uma propriedade particular, foi declarado, em 1916, como “local de interesse público”. 

O PNI foi criado realmente, em 10 de Janeiro de 1939, no governo de Getúlio Vargas.

Fauna e Flora

É claro que o PNI abriga espécies raras em seu interior. Há onças-pintadas, pumas, jacarés-de- papo-amarelo, papagaio-de-peito-roxo, gavião-real, timbaúva, cedro, peroba e ipês, sendo muitas delas ameaçadas de extinção. 

Atrativos Turísticos


Cataratas do Iguaçu

O passeio mais procurado no Parque visa conhecer as cataratas. 

O acesso é feito por uma trilha (para os animados na caminhada) ou por um elevador panorâmico. 

Dependendo da escolha, as paradas do ônibus deverão ser diferentes, mas isso falarei ao final desta parte.
Cataratas do Iguaçu e elevador panorâmico
Em uma das passarelas que levam até bem pertinho das Cataratas. Observe o elevador panorâmico ao fundo.
As cataratas são formadas pelas quedas do rio Iguaçu que, em tupi-guarani, significa “água grande”. E põe grande nisso... 

São 1320 km até sua foz, na cidade de... Foz do Iguaçu!!! A altura das quedas varia de 40 a 80 metros. 

O rio nasce em Curitiba e deságua no rio Paraná. Nesse local, há uma tríplice fronteira: Brasil, Paraguai e Argentina.


Rio Iguaçu em Foz do Iguaçu
Parte do rio Iguaçu visto de cima

Tríplice Fronteira em Foz do Iguaçu
Tríplice Fronteira

Trilha ou Elevador?

Para chegar às Cataratas, é preciso pegar um ônibus no Centro de Visitantes. Ele segue pela BR-469 até o início da trilha (Parada 3) ou até o Espaço Canoas (última parada do ônibus). 

A trilha é realizada a pé e é tranquila. Há espaços abertos e mirantes para observação das Cataratas do Iguaçu em alguns pontos do percurso (tanto as do lado brasileiro, quanto as do lado argentino). Ela termina nas passarelas que estão sobre o rio e chegam bem próximas às quedas.


Maratona Internacional de Foz do Iguaçu
Em um dos mirantes encontrados na trilha

Após a trilha, você pode pegar o elevador panorâmico (gratuito) no Espaço Naipi, andar um pouquinho e, com isso, chegar à última parada do ônibus: Espaço Porto Canoas.

Parque Nacional do Iguaçu
Subindo pelo elevador panorâmico...
No Espaço Canoas existe:
  • um memorial para Alberto Santos Dumont;
  • uma praça de alimentação;
  • o restaurante Porto Canoas. 

Nesse espaço há o embarque do ônibus para o retorno até o Centro de Visitantes.

Site oficial: www.cataratasdoiguacu.com.br

Como ver as quedas d'água mais de perto?
Caso você queira começar pela Trilha das Cataratas, desça na Parada 3 do ônibus dentro do Parque: “Trilha das Cataratas”. No entanto, caso você queira ir pelo elevador panorâmico, desça na última parada do ônibus: “Porto Canoas”.

O passeio dura de 2 a 4 horas, contando com o deslocamento de ônibus pela BR-469, do Centro de Visitantes até o início da trilha. 

Importante ressaltar que existem paradas no trajeto para os passeios adicionais. Os valores dos ingressos para o Parque Nacional não incluem os passeios adicionais, como o Macuco Safari, a Trilha das Bananeiras e a Trilha do Poço Preto. É sobre esses passeios que falarei aqui...

Macuco Safari

O Macuco Safari não é só o barquinho que vai embaixo das cataratas. Ele é sim esse passeio, massssss inclui algumas outras atividades. 

As atividades começam com uma trilha na mata atlântica, onde os participantes vão em uma carreta puxada por carro elétrico. 

Há guias que explicam sobre a fauna e a flora do Parque. Uma trilha, opcional, leva a cachoeira Salto Macuco.

Parque Nacional do Iguaçu
Mapa da atividade Macuco Safari: trilha até local de embarque nos botes.
Depois dessa parte, começa o passeio na água. O barco sobe o rio atravessando o cânion, enfrentando a correnteza. 

O piloto aproxima a embarcação para proporcionar um rápido e divertido banho nos saltos denominados de “Três Mosqueteiros”, onde todos saem encharcados.

Por isso, leve uma muda de roupa para trocar e uma toalha, pois fica tudo molhado, mesmo de capa. Há armários para guardar as bolsas.

Eu fiz esse passeio na primeira vez em que fui a Foz do Iguaçu. Quando voltei a terceira vez, fiz o mesmo tipo de passeio, mas pelo lado argentino. Confesso que achei muito mais válido (além de mais barato). 


Para saber como foi a minha experiência no Aventura Nautica é só conferir o post 

Caso você não queira entrar na água, eles oferecem o passeio “Só selva”, que é só a primeira parte do Macuco.

Horário: O Macuco Safari funciona diariamente, das 9h às 17h30. 

Valor: Em janeiro de 2017, o valor do Macuco Safari é R$ 215,40. No caso do “Só Selva”, o valor é de R$ 107,70.

Site oficial: http://www.macucosafari.com.br/br/macuco-safari

Como chegar?
Descer na Parada 2 do ônibus dentro do Parque: “Macuco Safari”.

Trilha das Bananeiras

A Trilha das Bananeiras consiste em uma trilha de aproximadamente 1,5 km, que pode ser feita a pé ou em veículo elétrico. Eu nunca fiz esse passeio, mas o site da atração disponibiliza a seguinte definição:


“No caminho os visitantes vão avistar pequenas lagoas, onde são encontrados pássaros de hábitos aquáticos e exuberante vegetação. O passeio ainda combina navegação em barcos a motor pelo alto do Rio Iguaçu, chegando ao cais do Poço Preto e visitando uma casamata de 10 metros de altura, com observação da Lagoa do Jacaré, rica em fauna aquática e terrestre. A próxima parada é o Arquipélago Ilha das Taquaras. No retorno ao cais Bananeiras há a opção de remar os caiaques infláveis, que proporcionam uma boa oportunidade de avistar várias espécies de animais e plantas nativas”.

Use roupas confortáveis e não se esqueça da água, do protetor solar e do repelente.

Horário: O Macuco Ecoaventura funciona diariamente, com as saídas nos horários de 10h30, 13h e 15h. 

Duração: 2h30m

Valor: Em janeiro de 2017, o valor é R$ 216,00.

Site oficial: http://www.macucoecoaventura.com.br/

Como chegar?
Descer na Parada 2 do ônibus dentro do Parque: “Macuco Safari”.

Trilha do Poço Preto

Também não fiz essa trilha. Segundo o mesmo site anterior,


“esse era o caminho que os índios da região usavam para contornar as Cataratas do Iguaçu. São 9 quilômetros que podem ser feitos com caminhada, bicicleta ou carro elétrico. Tudo começa numa passarela suspensa de 320 metros, no coração do Parque Nacional, seguida da trilha em mão única, que podem ser observadas belíssimas espécies nativas do Parque”.

Use roupas confortáveis e não se esqueça da água, do protetor solar e do repelente.

Horário: O Macuco Ecoaventura funciona diariamente, com as saídas nos horários de 9h30, 12h e 14h. 

Duração: 4 horas

Valor: Em janeiro de 2017, o valor é R$ 278,00.

Site oficial: http://www.macucoecoaventura.com.br/

Como chegar?
Descer na Parada 1 do ônibus dentro do Parque: “Trilha do Poço Preto”. 

Informações importantes sobre o Parque Nacional do Iguaçu

Não toque ou alimente os Quatis, animais típicos das Cataratas do Iguaçu que costumam estar próximo das trilhas. Tenha grande cuidado com eles quando estiver consumindo alimentos. 

Apesar de estarem habituados com a presença humana, podem atacar em busca de comida. Esses animais podem transmitir a raiva humana, doença infecciosa aguda e mortal, transmitida através da mordida, arranhões ou lambedura do animal contaminado com o vírus da doença.

Horário do Parque Nacional do Iguaçu

O Parque Nacional do Iguaçu opera diariamente das 9h às 17h.

Endereço 

Avenida das Cataratas, BR-469, km 18, Foz do Iguaçu/PR.

Valor da entrada para o Parque Nacional do Iguaçu

O preço da entrada para brasileiros a partir de 1 de novembro de 2016 é R$36,30.

Trajeto do ônibus dentro do Parque Nacional do Iguaçu

Partida: Estação Centro de Visitantes
  • Bilheterias - Venda de ingressos e cobrança de taxa de estacionamento.
  • Balcão de Informações Turísticas.
  • Loja de Lembranças - Produtos Oficiais do Parque.
  • Helisul - Passeio de Helicóptero.

Parada 1: Trilha do Poço Preto
  • Trilha de 9 Km que pode ser percorrida a pé, de bicicleta ou carretinha apreciando a fauna e flora do Parque.

Parada 2: Macuco Safari
  • Macuco Safari - Passeio de barco.
  • Trilha das Bananeiras - Passeio Ecológico.

Parada 3: Trilha das Cataratas
  • Trilha das Cataratas.
  • Hotel das Cataratas.
  • Espaço Naipi - Loja de lembranças, banheiros e quiosques.

Ponto Final: Estação Porto Canoas
  • Ambulatório - Atendimento emergencial de primeiros socorros.
  • Loja de Lembranças - Produtos oficiais do Parque.
  • Central de Serviços - Telefonia, fotos digitais e acesso à internet.
  • Praça de Alimentação - Lanchonete e confeitaria.
  • Restaurante Porto Canoas

Ônibus interno do Parque Nacional do Iguaçu
Ônibus interno do Parque Nacional do Iguaçu

Como chegar ao Parque Nacional?

Caso você decida ir de ônibus, é tranquilo. A linha 120 faz ponto final na entrada do Parque Nacional. Pergunte ao recepcionista do seu hotel se ela passa próximo de onde está. Ela sai do Terminal de Transporte Urbano, o TTU, localizado no Centro. 
Chegando ao Parque Nacional do Iguaçu
Chegando ao Parque Nacional do Iguaçu
Parabéns ao Parque Nacional do Iguaçu pelo seu aniversário.

Você já conhece Foz do Iguaçu? O que achou de lá?

Até domingo,

Um super beijo

Carolina

Para ver todos os posts já publicados sobre Foz do Iguaçu, confira 



Receba conteúdo exclusivo

Assine nossa newsletter



Reserve nos parceiros do blog Viajar correndo:

Produtos com desconto


Sobre o Autor:
Carolina Belo Sou Carolina Belo, Bióloga e Turismóloga. Busco sempre ser feliz e ver o lado positivo de tudo o que acontece na vida. Gosto de viajar e participar de corridas pelo mundo.

4 comentários:

  1. Oi Carol,
    sou louca para conhecer as Cataratas do Iguaçu! Você sabe qual a melhor época do ano para ir lá?
    Beijo,
    Dani.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani! Fui consultar um guia de Foz que tenho aqui sobre a melhor época para ir e olha que legal: qualquer época é boa, dependendo do seu interesse, ha ha ha ha. Por exemplo, no verão tem muito mais água, então, você vai ter um volume praticamente máximo. Já no inverno há um menor volume de chuva. Com isso, elas ficam mais bem definidas (mas lembre-se de que o Sul é frio, então, isso pode ser um fator desmotivante. Afinal, querendo ou não, com capa ou sem, você vai se molhar com os respingos que partem das cataratas). Março, abril, maio, setembro e outubro são meses de temperatura mais agradável e de menor quantidade de visitantes. Concordo com ele, pois já fui em março (ótimo), setembro (ótimo) e fevereiro (lotadoooo de turistas, mas com bastante água). Então, se der para programar sua viagem para esses meses acima, é uma boa...
      Espero ter ajudado!
      Um super beijo
      Carolina

      Excluir
  2. Gente, que lindo o PNI visto de cima!!! Acredita que ainda não conheço as Cataratas?!!! Absurdo, né?! Tenho muita vontade de conhecer! É muito lindo!

    Beijoooo!!!

    http://blogdaana.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha Ana, vou te falar que Foz tem sido um destino com muitas promoções. Dá uma olhada quando você for passear no shopping nos anúncios que ficam pendurados nas agências. Dá para fazer pacotes de 3 dias e é super válido. Com 3 dias você não conhece tudo, mas, pelo menos, as Cataratas do lado brasileiro e do lado argentino, o Parque das Aves e a Usina Itaipu estão garantidos (além de uma noite no free shop, que imagino que você vá pirar, ha ha ha ha).
      Um super beijo
      Carolina

      Excluir

Obrigada pela visita. Fique à vontade para dizer o que achou do post... Seus comentários são super bem-vindos... Um super beijo...

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search