02 julho 2017

Trilha da Serra do Espírito Santo

Olááá! Tudo bem? Hoje, faremos a Trilha da Serra do Espírito Santo. Há um mirante e dele é possível ter uma panorâmica da região do Jalapão e ter uma noção da formação das dunas. Vamos lá?

O dia começou bem cedo: às 5 h da manhã já fomos acordados. Um café simples e às 6 h estávamos partindo. 

Foram 24 km sacolejando no nosso já conhecido caminhão.

Antes de começar a subida, foi servido um reforço para o café da manhã com maçã e paçoca. 

Sinceramente, eu estava bem satisfeita e declinei. O guia tinha colocado tantos “porém” sobre a subida que achei melhor não arriscar a comer muito.
Trilha da Serra do Espírito Santo - Jalapão
Dúvida: subir ou não subir... MENTIRA!!!!!


A Trilha

Hora de subir... O total da trilha é de 4 km, sendo que do ônibus até o início da trilha foram 200 metros andando na areia.
Trilha da Serra do Espírito Santo
Nossa caminhada, a partir da descida do ônibus, até o Mirante da Serra do Espírito Santo
O início da Trilha da Serra do Espírito Santo possui 800 metros. É uma subida íngreme. Superada essa parte é só andar mais 3 km em um platô, já em cima da serra.

A vista é fenomenal. Aliás, a vista é fenomenal também durante a subida. No entanto, foi tanta concentração para não pisar em uma pedra solta que não olhei muito para baixo.
Trilha da Serra do Espírito Santo - Jalapão
Parada para tirar uma foto. Nem pensar em olhar para baixo, ha ha ha...
Durante a subida são encontrados bancos para descanso. Isso é legal, porque dá para apreciar a paisagem de uma forma mais completa e tranquila. Afinal, não há risco de machucar com uma pedra solta.

Ao chegarmos ao topo, fomos explorar o lado direito (de quem chega) antes de continuarmos na Trilha da Serra do Espírito Santo. 
Trilha da Serra do Espírito Santo - Jalapão
A imensidão do cerrado 1
Nesse local é possível ver uma ampla área do Jalapão. Também dá para tirar fotos bem legais caso a pessoa seja destemida, o que não é o meu caso, he he he.
Trilha da Serra do Espírito Santo - Jalapão
Melhor uma foto tradicional, sem muitos radicalismos como ficar à beira do precipício...

Continuando a Trilha da Serra do Espírito Santo

O restante da trilha é muiiiiiito tranquilo. São três quilômetros, mas é tudo plano. 
Trilha da Serra do Espírito Santo - Jalapão
Além disso, você nem percebe o tempo passar, pois as paisagens que vão se descortinando compensam o caminhar.
Trilha da Serra do Espírito Santo - Jalapão
Um cupinzeiro
Fomos “colados” no guia. Ele foi nos mostrando e explicando um pouco sobre a flora da região e também sobre as formações rochosas da Serra do Meio. A Serra do Meio está na divisa entre a Bahia e Tocantins.
Trilha da Serra do Espírito Santo - Jalapão
E deu para ver uma queimada também. As queimadas são típicas do ambiente de cerrado
Vimos até uma cobrinha no caminho...
Trilha da Serra do Espírito Santo - Jalapão
Uma pequena cobrinha no caminho...

O Mirante da Serra do Espírito Santo

Ao chegarmos ao Mirante da Serra, lá estavam as dunas do Jalapão. Além delas, havia toda uma paisagem que incluía os morros em seu processo de erosão e o cerrado “infinito”.
Trilha da Serra do Espírito Santo - Jalapão
Dunas do Jalapão

Confira o post 

Ficamos um tempo apreciando o lugar, mas sempre é chegada a hora de ir embora... 
Trilha da Serra do Espírito Santo - Jalapão
A imensidão do cerrado 2

Trilha da Serra do Espírito Santo - Jalapão
Erosão que dá origem às dunas do Jalapão
Se na vinda eu fui no “pelotão de frente”, na volta, eu fui bem atrás. Por quê? 

Para poder registrar as flores do Jalapão

Gostei tanto delas que, em breve, teremos um post exclusivo da flora do cerrado (sou bióloga marinha, mas amo as flores, he he he). Aguarde...
Trilha da Serra do Espírito Santo - Jalapão
Um "capim normal", mas como achei bonito, fotografei...
A descida da Trilha da Serra do Espírito Santo foi bem cuidadosa. 

Como havia muitas pedras soltas, o risco de queda era grande. Logo, fui bem em paz, segurando, arrastando no chão... Bem daquele jeito...

Para ver como foi a nossa ida à Trilha da Serra do Espírito Santo, confira o vídeo abaixo...




Inscreva-se no Canal Viajar correndo para não perder as novidades...


Bom, espero que tenha gostado.

Até quarta-feira

Um super beijo

Carolina

Receba conteúdo exclusivo

Assine nossa newsletter



Reserve nos parceiros do blog Viajar correndo:

Produtos com desconto


Sobre o Autor:
Carolina Belo Sou Carolina Belo, Bióloga e Turismóloga. Busco sempre ser feliz e ver o lado positivo de tudo o que acontece na vida. Gosto de viajar e participar de corridas pelo mundo.

22 comentários:

  1. Uauuu... que bela aventura! Gostei das paisagens, das fotos e do 'ritmo' da viagem :) Parecem vários Mundos numa caminhada só.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei a sua definição... Realmente, vários mundos em uma caminhada só!
      Obrigada pela visita!!!
      Abraços,
      Carolina

      Excluir
  2. Adoramos fazer trilhas, mas essa nunca fizemos. Ótima dica!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, coloque na lista!!! Vale MUITO a pena!
      Abraços,
      Carolina

      Excluir
  3. Valeu a subida, hein?
    A vista é espetacular.
    E encontrar aquela cobra no caminho?
    Acho que eu teria ficado paralisada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu demais Tatiana! Ahhh, tadinha da cobrinha... Ela ficou com medo da gente e foi "voada" para o mato...
      Muito obrigada pela visita!
      Abraços
      Carolina

      Excluir
  4. Adorei o seu post. Rico em detalhes. Parabens.
    O Brasil tem muita coisa linda a ser explorada, e o ES tem suas peculiaridades.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! O nome da trilha é do Espírito Santo, mas ela fica no Jalapão, Tocantins!
      Obrigada pela visita!
      Abraços,
      Carolina

      Excluir
  5. Maravilha de lugar! Adorei! Dica devidamente anotada! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Itamar! Vale a pena conhecer!
      Abraços,
      Carolina

      Excluir
  6. oi Carol... o esforço vale mesmo à pena para estar inserido em tanta paisagem linda! Estou sentindo falta de uma trilha assim. Nunca mais fiz uma! Cobrinha?! Para mim aquilo era enoooorme. rsrsrsrrs Curti muito os bancos no meio do caminho!! :) beijocas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Analuiza!!!! Os bancos no caminho são muito úteis... A gente dá uma parada, respira, observa a paisagem e sobe mais um pouco, he he he... Fazer trilhas é algo incrível mesmo... Arranja um tempinho na agenda (entre as viagens ou nas próprias viagens!!!!!)...]Poxa, tadinha da cobrinha! Ela que ficou assustada com a gente, he he he...
      Um super beijo
      Carolina

      Excluir
  7. Que legal, Carolina! Tenho muita vontade de conhecer os parques nacionais, assim que as crianças crescerem um pouco mais. A vista devia estar sublime. Agora pergunto: quantos quilômetros e o tempo total de percurso?? Parece ter sido pesado, hein?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Francisco! Foram 4 Km na ida e 4 Km da volta. O pesado é só a subida mesmo, para quem está sem condicionamento. Mas aí é só subir com calma e ir descansando nos banquinhos pelo caminho. Então, são 200 metros do local onde ficou o bus até a entrada da trilha + 800 metros subida mais fortinha + 3 Km em plano. Quanto ao tempo, a ida demorou 1h30. Não marquei o tempo da volta, mas deve ter sido um pouquinho mais rápido.
      Espero ter te respondido satisfatoriamente. Qualquer dúvida, pode perguntar...
      Abraços,
      Carolina

      Excluir
  8. Carolina, que lindo relato! Ainda sei tao pouco dessa região, mas sou encantada pelas fotos que já vi e tá muito na minha lista. O mais legal do seu post foi descobrir que o Jalapao vai muito alem de fervedouros, que é o que todo mundo costuma mostrar de lá! Eu que sou trilheira de carteirinha, claro que quero colocar essa trilha no meu roteiro! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Klécia!!! Que bom que você gostou!!! Pois é, o chamariz do Jalapão são os fervedouros, realmente. Aliás, eu fui por causa deles. E qual não foi a minha surpresa que amei os outros passeios e achei o fervedouro meio bobo, quando comparado às outras atrações visitadas, he he he... Vai entender, né? Se você é trilheira, então vai amar mesmo a Trilha da Serra do Espírito Santo!!! Tomara que você consiga ir em breve para lá...
      Muito obrigada pelo comentário!
      Abraços,
      Carolina

      Excluir
  9. Que bacana essa trilha! Pouca gente fala sobre ela quando fala do Jalapão. Eu como amo trilhar adorei a dica! Lindas fotos, a vista é realmente fantástica! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luiza! Pois é, acho que a atração mais comentada do Jalapão é o fervedouro. Aliás, são os fervedouros, pois são vários, né? Mas essa trilha é um passeio muito encantador. E dizem que quando é feita bem cedo, dá para ver um nascer do sol incrível. A gente foi mais tarde...
      Muito obrigada pela visita!
      Abraços
      Carolina

      Excluir
  10. Tá aí uma região que preciso explorar melhor: o espírito santo. Adoro trilhas, adoro natureza e viajei aqui com o seu relato. Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amilton! O nome da trilha é do Espírito Santo, mas ela fica no Jalapão, Tocantins! É uma região que vale a pena explorar mesmo!
      Obrigada pela visita!
      Abraços,
      Carolina

      Excluir
  11. Quanta paisagem linda nessa trilha, com certeza todo o esforço valeu muito a pena, O Jalapão é incrível espero poder vistar em breve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Deisy! O Jalapão ganhou um espaço no meu coração. Adorei o local, as atrações, as pessoas... Espero que você visite em breve mesmo!!!
      Abraços,
      Carolina

      Excluir

Obrigada pela visita. Fique à vontade para dizer o que achou do post... Seus comentários são super bem-vindos... Um super beijo...

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search