26 agosto 2017

Desafio “Vai Viajar Sozinha?” por Carolina Belo

Olááá! Tudo bem? Fui convidada pela Amanda Trintim, do blog As Viagens de Trintim, para responder às perguntas do Desafio “Vai Viajar Sozinha?”. Claro que topei e hoje, meu aniversário, achei o momento ideal para publicar. Vamos lá?

O Desafio “Vai Viajar Sozinha?” foi criado pela Mariana Bueno (do Mariana Viaja) e pela Rayane Azevedo (do AzWanderlust). São nove perguntas relacionadas a questões de viajar sozinha e mais um bônus.

Como disse, fui indicada pela Amanda do As Viagens de Trintim. Achei que hoje seria um bom dia para publicar. Afinal, é uma forma de você, querido leitor, me conhecer um pouco mais no dia do meu aniversário (eu preciso dizer isso, ha ha ha ha).

Então, vamos às respostas das perguntas do Desafio “Vai Viajar Sozinha?”.


Maratona de Dubai
Após a Maratona de Dubai, com o Burj Khalifa ao fundo...

Quando e onde foi a sua primeira viagem solo?

A primeira viagem que considero como solo foi a Dubai em 2013. Na verdade, já até comentei em um post anterior que essa viagem foi o marco da minha vida. Há a Carolina a.D. (antes de Dubai) e a Carolina d.D. (depois de Dubai).

Essa viagem me trouxe diversos aprendizados e me modificou de uma forma ímpar. Eu sempre fui muito receosa ao lidar com as pessoas. Sempre tive medo de ser mal interpretada, do que iriam pensar de mim...

Ir a Dubai completamente sozinha abriu a minha mente. Além disso, me “obrigou” a realizar coisas e a tomar certas atitudes que jamais teria normalmente.

Tudo porque ninguém quis viajar comigo para participar da Maratona de Dubai. Resumindo algumas coisas que vivenciei por lá (e até mesmo antes de chegar):
  • No próprio aeroporto do Galeão já fiz amizade com uma menina que estava indo para o Sri Lanka sozinha também. Foi ótimo, pois passamos o voo andando e conversando;
  • Cheguei tarde da noite no aeroporto de Dubai e não havia mais metrô. Fui enfrentar o táxi e tive que usar o táxi feminino. Afinal, eu era uma mulher desacompanhada... Claro que o táxi feminino era mais caro que o tradicional (quando voltei com Otávio a Dubai, pude ir no “táxi normal”);
  • No dia da corrida, tive que pegar um táxi no hotel. Encontrei um corredor saindo para a prova e perguntei se poderíamos dividir o táxi. Quando eu teria feito isso antes? Nunca...
  • Como falo muito, ficar quatro dias sem falar era algo sofrido. A solução? Conversar com as pessoas na rua, ha ha ha... Mais uma atitude que eu nunca teria...
  • Durante a volta, também bati altos papos com as pessoas no avião.
Desafio “Vai Viajar Sozinha?”
Voltando para casa!

Enfim, uma excelente experiência de vida. 


Para saber mais, confira o post sobre 

Por que você foi viajar sozinha? Era uma vontade ou foi uma necessidade?

Como disse, foi uma necessidade. O que acontecia sempre era que eu pensava em uma viagem e convidava as pessoas para irem comigo. 

Quando decidi fazer a Maratona de Dubai, fiz a mesma coisa de sempre... Comprei as passagens, reservei as coisas e fui buscar a companhia. Afinal, sempre aparecia. Só que dessa vez, não encontrei ninguém para ir comigo.

Bom, já estava tudo pago. E como sou mega econômica (para não dizer mão de vaca), não iria perder o dinheiro cancelando. Logo, optei por ir...


Maratona de Dubai
Eu estava sozinha "de corpo", mas "de alma" estava com minha família. Meus pais...

Viajando sozinha para Dubai
... Meu irmão lindo, o Lambão.

Você costuma planejar ou é daquelas que arruma a mala e vai?

Já planejei bastante. Atualmente, não planejo tanto assim. Até o ato de arrumar as malas está diferente. Antes, arrumava com semanas de antecedência. Hoje, vai na véspera mesmo.

Para não me esquecer de nada, tenho um check list de viagem


Confira o post Check list de viagem.
Aproveite e baixe gratuitamente o seu check list. Tem um link para isso lá no post


Desafio “Vai Viajar Sozinha?”


Já passou algum perrengue desesperador por viajar sozinha? E como deu a volta por cima?

Como já expliquei, desesperador não. Apenas perrengues leves mesmo, mas que foram um aprendizado no final.

Costuma ficar em albergue ou hotel? E prefere mala ou mochila?

Hotel, sempre hotel. Fiquei em albergues duas vezes na Turquia (um, inclusive, sem reservar com antecedência) e foi ótimo. No entanto, depois da experiência em Ljubljana (na Eslovênia), desisti de albergue.




Castelo de Ljubljana
A gente ficou horassss neste castelo para evitar voltar para o hostel... De tão traumático que foi, ha ha ha...

Para ver a experiência na Eslovênia, acesse o post

Pago mais caro, mas prefiro hotel. Se tiver um Ibis então, melhor ainda...

Ibis Blumenau
Na entrada do Ibis Blumenau

O último Ibis que fiquei foi em Blumenau.
Confira o post sobre o Ibis Blumenau

Em relação a preferir mochila ou mala... Antes amava malas. Agora, com essa nova lei de transporte de bagagem, sempre que dá para ir de mochila, estou optando. Menos drama para colocar nos bagageiros que andam LOTADOS (ela pode ir embaixo da poltrona da frente).

O que deu muito errado? E o que deu muito certo?

O que deu muito errado foi a escolha do hotel em Dubai. Eu havia lido em um blog de uma menina que viajava sozinha que o hotel ficava DENTRO do shopping.

Eu já havia ficado em um hotel assim no Egito. Era só pegar o elevador e havia uma entrada exclusiva no shopping para os hóspedes do hotel. Adorei essa facilidade e achei que em Dubai isso seria prático e seguro. Afinal, eu poderia sair para comer sem me arriscar sozinha na rua.

Ao chegar ao hotel, vi que não era nada daquilo. Ele era PRÓXIMO ao shopping, mas não DENTRO. Então, para comer, eu precisava andar alguns metros em uma rua deserta.

O que deu muito certo foi o autoconhecimento adquirido. Quer benefício maior que esse? Com as experiências de viajar sozinha pude me conhecer mais e desenvolver a tolerância para certas coisas consideradas intoleráveis, he he he...

Já pegou carona ou se hospedou na casa de alguém?

Nunca peguei carona ou me hospedei na casa de alguém. Aliás, peguei sim. Em Dubai mesmo!

Conheci um corredor durante a prova, um ajudou o outro nos dramas da maratona. No final, ficamos esperando a amiga dele que também estava correndo. Almoçamos e eles me deixaram no hotel.


Viajando sozinha para Dubai
Almoçando após a prova

Depois fiquei pensando se poderia ter acontecido alguma coisa. Masss... Deus protege, né? Ou é tipo aquela música dos Titãs: “O acaso vai me proteger enquanto eu andar distraído”...

Tem filho, namorado, marido, cachorro, papagaio? Como conciliar isso com as viagens solo?

Tenho um noivo que, em breve, será marido. Ele, no começo, não gostava muito. No entanto, ele conseguiu compreender que viajar é uma necessidade intrínseca. É uma válvula de escape para o meu emprego turbulento.

Então, quando ele não pode ir comigo e surge uma oportunidade, eu vou e tudo é razoavelmente tranquilo.


Indomit São Bento do Sapucaí
Nossa chegada na Indomit São Bento do Sapucaí

O que não pode faltar na sua bagagem?

Alguns itens não podem faltar, como:
  • Canetas e bloquinho de anotações;
  • Máquina fotográfica;
  • Batom;
  • Spray nasal. 
Nossa, esse último é essencial. Sofro com a pressão na hora da descida do avião. Sem ele, sofro com a pressão multiplicada pelo infinito.

Bônus: inspire mais mulheres a viajarem sozinhas! Em 3 palavras, o que é viajar sozinha para você?

Processo de evolução.

Obrigada Amanda pela indicação.  

Para ler o post da Amanda, é só conferir o post

Adorei participar do Desafio “Vai Viajar Sozinha?”. Agora indico a Maria Cristina, do blog "1 viagem, 2 visões" para responder também às perguntas do Desafio “Vai Viajar Sozinha?”.

Espero que você tenha gostado também. Aproveito para deixar uma pergunta para as leitoras do blog... Você costuma viajar sozinha? O que acha dessa experiência?

Até amanhã

Um super beijo

Carolina

Receba conteúdo exclusivo

Assine nossa newsletter



Reserve nos parceiros do blog Viajar correndo:

Produtos com desconto


Sobre o Autor:
Carolina Belo Sou Carolina Belo, Bióloga e Turismóloga. Busco sempre ser feliz e ver o lado positivo de tudo o que acontece na vida. Gosto de viajar e participar de corridas pelo mundo.

2 comentários:

  1. Primeiro: FELIZ ANIVERSÁÁRIO, Carol!!! Tudo de bom na sua vida, muita alegria, muita corrida e MUITA viagem gostosa!!! Que esse novo ciclo seja muito melhor que o anterior!
    Adorei as respostas e o desafio, e derreti com o fato de você ter levado fotos do Lambão (MODEUSO) e dos seus pais, e ainda finalmente entendi por que os bagageiros vivem lotados de uns tempos pra cá hahaha (ainda não tinha ligado os pontos)!
    Muito obrigada por indicar, vou responder o mais rápido possível e assim que fizer aviso aqui!
    Um beijo e parabéns novamente, pelo post e pelo seu dia!!!
    PS: você que é esperta de levar caneta e bloquinho de anotação, nunca levo e SEMPRE faz falta!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mariaaaaaaaaaaaaa, você é uma querida. Muitoooo obrigada!!!
      Que bom que você compreendeu o motivo do drama dos bagageiros... A tendência é piorar cada vez mais, ou seja, vamos ser compactos e levar uma mochila porque dá para colocar nos pés. E o mais interessante é que o motivo inicial dessa mudança foi para o ralo, uma vez que as passagens AUMENTARAM em vez de diminuir de valor... Aff...
      Adorei ler o seu post em resposta a esse! Parabéns também!!!! Aprendi muito com ele...
      Obrigada pela visita e comentário. Mil desculpas pela demora na resposta!!! Primeiro foi o BEDA/VEDA, depois a mudança de layout e agora as demandas da vida em si (que você tem acompanhado, he he he).
      Um super beijo,
      Carolina

      Excluir

Obrigada pela visita. Fique à vontade para dizer o que achou do post... Seus comentários são super bem-vindos... Um super beijo...

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search