15 outubro 2017

Um roteiro pelo Centro Histórico de Blumenau

Olááá! Tudo bem??? Oktoberfest rolando e hoje vamos falar de Blumenau.  No entanto, o roteiro não vai estar relacionado à cerveja diretamente, mas sim ao Centro Histórico de Blumenau. Vamos lá?


Centro Histórico de Blumenau


Um pouco sobre Blumenau

Terra das indústrias de malhas, dos cristais e das tecnologias de ponta, Blumenau é o centro econômico e turístico do Vale do Itajaí.

A cidade foi fundada às margens do Rio Itajaí-Açu em 1850.

Possui traços marcantes da colonização alemã. Na cidade é possível observar isso
  • na arquitetura de casas em estilo alpino e enxaimel;
  • nos jardins floridos;
  • no artesanato;
  • na gastronomia;
  • na música;
  • as festas. 
Seu Centro Histórico é muito rico. E, para conhecê-lo, é possível fazer um roteiro a pé.

Vou explicitar uma opção de roteiro usando como base uma parte do que fizemos durante o Blogando no Vale Europeu.

Ele segue o seguinte trajeto:

Prefeitura Municipal de Blumenau

Monumento dos Imigrantes

Ponte Aldo Pereira de Andrade

Praça Victor Konder

Relógio de Flores

Rua XV de Novembro
  • Teatro Carlos Gomes
  • Catedral de São Paulo Apóstolo
  • Castelinho de Blumenau
  • Praça Dr. Blumenau
Memorial Dr. Blumenau (Mausoléu Dr. Blumenau)

Cemitério dos Gatos

Parque Horto Botânico Edith Gaerther

Museu da Família Colonial

Alameda Duque de Caxias

Museu da Cerveja

Então, vamos começar...


Prefeitura Municipal de Blumenau

Inspirado no estilo enxaimel, foi construído o prédio da Prefeitura de Blumenau no local onde era a Estação Ferroviária.
Prefeitura Municipal de Blumenau
Em frente à Prefeitura de Blumenau, há a Locomotiva MacucaEla foi a primeira locomotiva de Blumenau. Veio da Alemanha em 1908.
Locomotiva Macuca em Blumenau
O nome “Macuca” está relacionado ao pássaro Macuco. Tudo por conta da semelhança do som do apito da locomotiva com o pior da ave.

Monumento dos Imigrantes

Está localizado na Avenida Beira Rio, uma via que segue o curso da margem direita do Rio Itajaí-Açu. 

Esse mirante marca o ponto de chegada dos 17 primeiros imigrantes. 

No Monumento dos Imigrantes, dá para ver a Ponte Aldo Pereira de Andrade.

Ponte Aldo Pereira de Andrade

Uma ponte inaugurada em 1931,foi construída com material importado da Alemanha.
Ponte Aldo Pereira de Andrade
Até 1970, serviu de passagem para o trem que ia de Blumenau a Itajaí, transportando alimentos e produtos industrializados.

Em 1991, foi restaurada. Atualmente, passam pela ponte apenas pedestres e carros de passeio.

Passamos novamente em frente à Prefeitura Municipal de Blumenau e chegamos à Praça Victor Konder.

Praça Victor Konder

Homenagem a Victor Konder, advogado, vereador de Blumenau, Deputado Estadual de Santa Catarina e Ministro de Obras. 
Praça Victor Konder em Blumenau
A praça foi inaugurada em 1928. Nela são encontrados o:
  • Marco Comemorativo à Independência do Brasil;
  • Monumento da Poesia;
  • Busto Victor Konder;
  • Relógio das Flores. 

Relógio das Flores

Um dos cinco exemplares encontrados no Brasil, exemplar único do Estado de Santa Catarina. 
Relógio das Flores em Blumenau
Ele foi inaugurado no ano 2000 para comemorar os 150 anos de Blumenau.

Depois do Relógio das Flores, seguimos para a Rua XV de Novembro, uma importante via da cidade...

A título de curiosidade, os outros relógios de flores do Brasil estão em: Curitiba, Petrópolis, Garanhuns e Aparecida do Norte.

Rua XV de Novembro

Antigamente, era conhecida com Rua da Linguiça (Wurtstrasse). Havia muita venda de linguiça na região? Não! Era apenas por seu formato estreito e cheio de curvas.
Rua XV de Novembro em Blumenau
À medida que a colônia foi se expandindo, ela passou a ser conhecida como Rua do Comércio.

O que chama atenção é o número de casas tombadas nessa rua. E há uma particularidade: ao olharmos para a rua, vê-se a estrutura delas rebatida no chão. É muito interessante...
Rua XV de Novembro em Blumenau
Observe a estrutura da casa... 

Rua XV de Novembro em Blumenau
Na calçada, do outro lado da rua, a estrutura superior é representada...

Rua XV de Novembro em Blumenau
E continua seguindo no meio da rua (dá para notar as janelas quadriculadas)
Aqui ocorrem:
  • os desfiles da Oktoberfest;
  • as comemorações do aniversário de Blumenau;
  • os festejos do Stammtisch (celebração à amizade). 
Nos seus quase 1600 metros extensão, é possível encontrar: 
  • Teatro Carlos Gomes
  • Catedral de São Paulo Apóstolo
  • Castelinho de Blumenau
  • Praça Dr. Blumenau
Seguindo a caminhada, chega-se ao Teatro Carlos Gomes.

Teatro Carlos Gomes

Ele foi construído em 1939. Sua particularidade é possuir um dos quatro palcos giratórios do Brasil.
Teatro Carlos Gomes em Blumenau 

A título de curiosidade, eu pesquisei só soube que um deles é o do Palácio Quitandinha em Petrópolis... Os outros teatros com palco giratório não encontrei. 
Caso alguém saiba, e queira compartilhar essa informação, pode escrever aqui nos comentários do post! Obrigada!

Mais uma pouco de caminhada e chega-se ao Castelinho de Blumenau (Castelinho da Havan). 

Castelinho da Havan ou Castelinho de Blumenau

Esse local abriga, atualmente, uma loja de departamento, mas foi construído em 1978. Seu idealizador foi o empresário Udo Schadrack.
Castelinho de Blumenau
O Castelinho de Blumenau é uma réplica da Prefeitura de Michelstadt, cidade localizada ao sul da Alemanha.

Mais alguns metros e chega-se à Catedral de São Paulo Apóstolo.

Catedral de São Paulo Apóstolo

Esse templo foi inaugurado em 1958, onde havia uma capela construída em 1864.

A partir do ano 2000, a igreja passou a ser a Catedral de Blumenau.
Catedral de São Paulo Apóstolo em Blumenau
Seu interior é composto por vitrais que possibilitam efeitos de luminosidade e coloração. 

No exterior, há uma torre com 45 metros de altura e três sinos eletrônicos. Cada sino representa um membro da Sagrada Família (Jesus, Maria e José). Também há um relógio que foi trazido da Alemanha em 1930.
Catedral de São Paulo Apóstolo em Blumenau
Nos três círculos estão os sinos representando a Sagrada Família
Continuando pela rua XV de Novembro, chega-se à Praça Dr. Blumenau.

Praça Dr. Blumenau

Local de grande importância durante os eventos políticos e culturais, possui um mosaico composto de cacos de pisos e azulejos.
Praça Dr. Blumenau
Esse painel foi idealizado pelo artista Antonio Rozicki e retrata o fundador da cidade, Dr. Blumenau. 

Mausoléu Dr. Blumenau

O local foi inaugurado em 1974. Ele guarda os restos mortais do Dr.Hermann Bruno Otto Blumenau, fundador da cidade, e de seus familiares.
Mausoléu Dr.Blumenau
Nesse espaço também são realizados eventos culturais. 

Informações importantes sobre o Mausoléu Dr.Blumenau

Endereço: Rua XV de Novembro, 161. 

Horário de Funcionamento: todos os dias, das 10h às 16h.

Telefone para informações: (47) 3381-7514.


Mausoléu Dr.Blumenau
Atrás do Mausoléu Dr. Blumenau, está o Parque Horto Botânico Edith Gaerther. Nele são encontrados o Cemitério dos Gatos e uma ampla área com espécies botânicas plantadas pelo Dr. Blumenau.

Parque Horto Botânico Edith Gaerther

Área do Complexo do Museu da Família Colonial.
Parque Horto Botânico Edith Gaerther
Neste espaço, o visitante conhece o laboratório de Experiências botânicas, com várias espécies plantadas pelo Dr. Blumenau.

Cemitério dos Gatos

Único no mundo, foi criado por Edith Gaertner. Ela era sobrinha-neta do Dr. Blumenau. 
Cemitério dos Gatos em Blumenau
Devido ao seu grande afeto por gatos, quando os mesmos morriam, ela os enterrava nesse local.

O cemitério é composto de 9 sepulturas, cada uma com o nome de seu respectivo gato gravado em uma placa.
Cemitério dos Gatos em Blumenau
Os túmulos do Cemitério dos Gatos
Interessante que os animais eram enterrados com direito a funeral e cortejo fúnebre. 

Museu da Família Colonial

Esse museu possui um acervo de 6200 peças. Estas pertenceram ao Dr. Blumenau, aos colonizadores e seus familiares.
Museu da Família Colonial
Sendo assim, é possível ver móveis, acessórios, vestimentas e maquinários históricos. Tudo muito bem conservado...  
Museu da Família Colonial
Do lado externo do Museu da Família Colonial é possível observar a Igreja Evangélica Luterana do Espírito Santo. Ela foi a primeira Igreja Luterana de Blumenau (construída em 1868).
Igreja Evangélica Luterana do Espírito Santo em Blumenau
Igreja Evangélica Luterana do Espírito Santo em Blumenau


Informações importantes sobre o Museu da Família Colonial

Endereço: Alameda Duque de Caxias, 64.

Horário de Funcionamento: Terça-feira a domingo, das 10h às 16 h.

Telefone para informações: (47) 3381-7516

Saindo do Museu da Família Colonial, o visitante pode observar a Alameda Duque de Caxias (antiga Rua das Palmeiras).

Rua das Palmeiras ou Alameda Duque de Caxias

Um dos atrativos mais famosos de Blumenau é a Alameda Duque de Caxias. Foi a primeira rua planejada da colônia.
Rua das Palmeiras ou Alameda Duque de Caxias em Blumenau
Blumenau, Alameda Duque de Caxias
Conhecida como Rua das Palmeiras devido às palmeiras imperiais que a adornam. Essas árvores vieram do Rio de Janeiro e foram plantadas no centro da via em 1876.

Museu da Cerveja 

Atualmente, Blumenau é conhecida como a Capital Brasileira da Cerveja. No entanto,  desde a época da colonização, havia na cidade várias cervejarias de pequeno porte.
Museu da Cerveja em Blumenau
Para deixar essa história viva, há o Museu da Cerveja.
Museu da Cerveja em Blumenau
Cartazes das diversas edições da Oktoberfest
Ele é o único do gênero no país. Lá podem ser encontradas peças antigas que mostram o processo de fabricação da bebida na cidade. 
Museu da Cerveja em Blumenau
Essas peças pertenceram à antiga Cervejaria Feldmann, de Blumenau, e à Cervejaria Brahma.
Museu da Cerveja em Blumenau
Diversos materiais no Museu da Cerveja de Blumenau
Também há um vídeo curto que exibe a história das cervejarias e que oferece dicas sobre o roteiro das cervejarias da região.
Museu da Cerveja em Blumenau
Coleção de canecas da Oktoberfest

Informações importantes sobre o Museu da Cerveja

Endereço: Praça Hercílio Luz, 160.

Horário de Funcionamento:
Segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 18h;
Sábados, domingos e feriados, das 9h às 17h.

Saindo do Museu da Cerveja, é possível almoçar no Restaurante Thapyoka
Restaurante Thapyoca em Blumenau
Tivemos a oportunidade de comer nesse local e a comida é sensacional... 
Restaurante Thapyoca em Blumenau
Comi tanto que nem tinha vontade de comer à noite. E olha que fomos ao Sabores de Santa Catarina...




Mas, voltando ao restaurante Thapyoka... Lá tem um Biergarten (Jardim da Cerveja). Esse local foi, no início da colonização, o principal ponto de reuniões e de convergência social da cidade. 
Roteiro pelo Centro Histórico de Blumenau
Ufa! Depois desse almoço, acho melhor descansarmos... 

Espero que tenha gostado desse roteiro por Blumenau. 

Caso tenha ficado alguma dúvida, não deixe de perguntar aqui nos comentários...

Até quarta-feira

Um super beijo

Carolina 
Para ler como foi a experiência durante o Blogando, confira o post 
Está indo a Blumenau? Então, pesquise e reserve seu hotel

Receba conteúdo exclusivo

Assine nossa newsletter



Reserve nos parceiros do blog Viajar correndo:

Produtos com desconto


Sobre o Autor:
Carolina Belo Sou Carolina Belo, Bióloga e Turismóloga. Busco sempre ser feliz e ver o lado positivo de tudo o que acontece na vida. Gosto de viajar e participar de corridas pelo mundo.

2 comentários:

  1. Muito legal o post! Adorei rever lugares por onde passei há mais de 10 anos! Adorei Blumenau quando estive lá! Cidade bacana demais! Aliás, gostei de todas as cidades que já fui no sul! São muito bonitas, né?!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São bonitas, limpas e muito organizadas! Exemplos a serem seguidos, né?
      Que bom que o post te trouxe um "revival"!!
      Um super beijo!!!
      Carolina

      Excluir

Obrigada pela visita. Fique à vontade para dizer o que achou do post... Seus comentários são super bem-vindos... Um super beijo...

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search