25 outubro 2017

W21K, uma meia maratona exclusivamente feminina

Olááá! Tudo bem? Depois de dois anos de espera, finalmente, consegui participar da W21K. É sobre essa corrida de rua que falaremos hoje... Vamos lá?


A W21K

Woman’s Half Marathon, ou W21K, é uma meia maratona exclusivamente feminina. Em 2017, foi realizada a quarta edição da prova.
W21K, uma meia maratona exclusivamente feminina

Como foi a minha experiência na W21K

Há tempos venho querendo fazer essa prova. Na verdade, desde 2014, quando ela foi criada. No entanto, sempre havia outra coisa no dia... Ano passado, durante a Black Friday, fiz a minha inscrição para a W21K 2017.

Acontece que a vida é dinâmica, né?  Se em um intervalo de 24 horas já acontecem mil coisas, imagina em onze meses? As prioridades mudam, imprevistos acontecem...

Eu não deveria correr essa prova por dois motivos:
  • Estou com algo no pé que não melhora;
  • Estou retornando o ciclo de treinamento agora (pós-maratona de Foz do Iguaçu).

No entanto, fui. Nem que fosse para andar a maior parte da prova...

A entrega de kits da W21K

A entrega aconteceu no Centro de Práticas Esportivas da Universidade de São Paulo (CEPEUSP) somente no dia anterior à prova.

Isso foi motivo de reclamação por parte de algumas pessoas. Para mim, não alterou nada, pois só poderia buscar no sábado mesmo...
W21K, uma meia maratona exclusivamente feminina
O tradicional painel com os nomes das corredoras

O dia da W21K

O clima estava perfeito! Um pouco de chuvisco no início (bem no início) e, depois, só um vento refrescante. Sol? Em nenhum momento. O que já ajuda bastante.

Tudo foi realmente tranquilo... A largada estava prevista para as 6h30 e só atrasou dois minutos. 
W21K, uma meia maratona exclusivamente feminina
Antes da largada
O percurso foi praticamente plano. Hidratação em 8 postos. Sendo que em alguns desses pontos de hidratação tinham “atrações” especiais como:
  • Kms 9,7, 12 e 17,5: Gatorade;
  • Km 14: Esponja;
  • Km 14,5: Gel;
  • Km 19: Balas energéticas.
W21K, uma meia maratona exclusivamente feminina
Esponjas... Nem peguei, pois não estava com calor...

W21K, uma meia maratona exclusivamente feminina
Gatorade na USP
Falando em atrações, por volta do km 2, havia uma banda, o grupo Taiko. Foi bom para animar...

A corrida passou por ruas de alguns bairros próximos à Cidade Universitária da USP. 
W21K, uma meia maratona exclusivamente feminina
Sempre quis conhecer o Jóquei de SP

W21K, uma meia maratona exclusivamente feminina
Separando... E lá vamos nós subir o viaduto do Rio Pinheiros
O que achei engraçado foi uma placa de motivação que estava no viaduto em cima do Rio Pinheiros. Como assim, “inspire” em cima de um rio altamente poluído e mal cheiroso? Tive que rir...
W21K, uma meia maratona exclusivamente feminina
Respire...

W21K, uma meia maratona exclusivamente feminina
Rio Pinheiros
O que achei fantástico mesmo na corrida foi justamente o trecho da USP.
W21K, uma meia maratona exclusivamente feminina
Uma das entradas da USP
A paisagem estava incrível: flores caíam das árvores sibipiruna como uma chuva de pétalas. E formavam um tapete amarelo lindo!
W21K, uma meia maratona exclusivamente feminina
Tapete amarelo...

Também tinha uma espécie lilás maravilhosa. No entanto, essa não estava caindo...
W21K, uma meia maratona exclusivamente feminina
Uma mega estrutura na Praça Ramos de Azevedo
E vou te contar... Foi essa paisagem que segurou a minha atenção na W21K. Ela fez com que eu corresse os 21 km sem parar. Quando parecia que ia cansar, vinha uma árvore dessa e dava um sopro de ânimo. Hummm, isso me lembrou da “força da Coca-Cola” na Maratona de Foz do Iguaçu, he he he he...

A chegada foi no CEPEUSP. A gente chegou à pista de atletismo. Super legal! Isso também me lembrou de outra prova, a Sommernachtslauf em Munique. Este post está muito nostálgico.
W21K, uma meia maratona exclusivamente feminina

W21K, uma meia maratona exclusivamente feminina
A alegria de chegar...

W21K, uma meia maratona exclusivamente feminina
Vamos finalizar...

Corrida feminina?

Uma questão chata que precisa ser colocada é... Se a corrida é feminina, não deveria ter homens correndo, né? No entanto, havia. E vários! Não só os que estavam vestidos de mulher quanto os “normais”, sem fantasia.

Além de estarem em uma prova que não deveriam estar, ainda usufruíam das benesses da corrida. Inclusive, algumas corredores ainda pegavam as coisas e davam para eles. Muitas justificam:

“Paguei pela corrida, então, posso pegar coisas para meu companheiro”

Não, não pode... Se ele quer participar, o que já é errado, então, leve sua água, isotônico, gel, etc.

Fim da W21K, mas não de alegrias...

Medalha recebida, lanchinho nas mãos, lá fui eu encontrar a Adriana, do Divas que Correm Cotia. 
W21K, uma meia maratona exclusivamente feminina
Conheci a Adriana durante a nossa segunda Indomit Bombinhas. É aquilo que falo sempre... As corridas nos proporcionam saúde, mas também nos permitem conhecer lugares e pessoas que jamais iríamos conhecer normalmente.
W21K, uma meia maratona exclusivamente feminina
Com Adriana!

Nem pudemos interagir muito porque tínhamos que voltar ao hotel para o check-out. No entanto, espero reencontrá-la, com mais calma, em uma próxima oportunidade.

Para terminar, quando estávamos saindo do CEPEUSP, ainda encontramos a Karina e o Vítor do Corcha (Corredores da Chapada do Araripe). Eles são os organizadores do Desafio 50 K da Chapada do Araripe. Aquela ultramaratona que participamos em 2015. Mais uma prova de que a corrida une as pessoas que talvez nunca se conhecessem, né?

E se quiser saber sobre a força da Coca-Cola, confira o post Maratona de Foz do Iguaçu. Lá tem o link para o vídeo também...



Espero que tenha gostado da W21K. 

Como disse, ela é uma corrida exclusivamente feminina. O que você acha de corridas femininas? Responde aqui nos comentários....
Até domingo.

Um super beijo,

Carolina

Receba conteúdo exclusivo

Assine nossa newsletter



Reserve nos parceiros do blog Viajar correndo:

Produtos com desconto


Sobre o Autor:
Carolina Belo Sou Carolina Belo, Bióloga e Turismóloga. Busco sempre ser feliz e ver o lado positivo de tudo o que acontece na vida. Gosto de viajar e participar de corridas pelo mundo.

6 comentários:

  1. Quando estava no km 18, um marmanjão esbarrou em mim ao me ultrapassar pela direita. Nem desculpas ele pediu. Acho o fim a presença de homens!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Gabriela. Se a corrida é FEMININA, não tem que ter a presença deles e pronto! Meu noivo foi comigo (ele corre também), mas ficou lá esperando a corrida terminar. É uma questão de bom senso mesmo... Obrigada pelo comentário!!!!

      Excluir
  2. Oi, Carol, primeiramente quero dizer que foi um prazer te reencontrar.
    Bom, eu faço a w21k desde 2014 e ela vem piorando a cada edição. Ela começou muito boa, top! A começar pela medalhas que nessa edição mudou muito em beleza, designer e cor. Nas duas primeiras edições as corredoras ganharam uma jóia: na primeira foi um adereço para colocar no cadarço escrito w21k, muito bonito. Na segunda edição ganharam um pingente que é a réplica da medalha. Já na terceira e quarta edição não teve esses mimos. Havia um show de balões rosas que soltavam no início da prova, lindo de morrer, não tem mais. A largada mudou de horário, pra mais cedo. Antes as tendas das assessorias ficavam na raia, onde vc tirou a foto das flores amarelas e isso é muito legal pois as atletas passavam por trás e pela frente das tendas e tinham o maior apoio das pessoas que ali estavam. Agora em relação a retirada de kit ficou melhor alí, pois era na loja da Asics é era muito pequena e não tinha estacionamento. com relação a placa em cima da ponte do rio Pinheiros é cômico mesmo.
    A novidade nesse ano é o percurso de 10k que não tinha.
    Contudo ainda é uma prova boa e espero ir na quinta edição.
    Grande beijo, até a próxima corrida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adriana, querida! Que depoimento legal sobre a prova! Eu sabia que ela estava na quarta edição, mas não sabia de todos esses detalhes que só quem já participa há tempo pode fornecer. Vou até colocar um adendo no texto falando sobre o seu comentário. Poxa, se as tendas estivessem na raia seria fenomenal justamente pelo apoio que você falou!!! Que pena que mudou!!!
      Claro que você estará na 5ª edição! Poderá até ser a correspondente Viajar correndo nela, ha ha ha. "Eu não fui, mas minha amiga Adriana foi".
      Muito obrigada por seu comentário!!! Um super beijo!
      Carolina

      Excluir
  3. Também concordo Carolina. Tem tantas, mas tantas corridas onde os homens podem participar, que não há necessidade de participar de uma que é exclusiva para as mulheres.

    Parabéns por mais essa corrida !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Marcio! E não tem nada de feminismo em minha fala (sou até bem crítica em relação ao movimento). Acontece que se a proposta do evento é ser exclusivamente feminino, não é para ter homens correndo e pronto, né? Como você disse, há muitas corridas onde eles podem participar!
      Muito obrigada por seu comentário e pelos parabéns!
      Abraços
      Carolina

      Excluir

Obrigada pela visita. Fique à vontade para dizer o que achou do post... Seus comentários são super bem-vindos... Um super beijo...

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search