24 agosto 2020

Passeio no Centro Histórico do Rio de Janeiro. E o melhor: correndo...

Olááá! Em mais um Viajar correndo pela história das ruas vamos conhecer algumas histórias e curiosidades sobre as ruas que garantem um passeio pelo Centro Histórico do Rio de Janeiro. E o melhor: correndo… Vamos treinar no Centro e conhecer um pouco de história?

correndo pelo boulevard olímpico


Esse trajeto faz parte do roteiro “Correndo pelo Túnel do Tempo” da Rio Running Tour. Para saber mais sobre ele, confira o vídeo Correndo pelo Túnel do Tempo...



Agora, vamos conhecer a história das ruas do nosso trajeto…

Avenida Alfred Agache


Alfred Hu­­bert Donat Agache foi um arquiteto francês. 

Foi responsável por realizar o plano urbanístico de diversas cidades como Recife, Porto Alegre, Curitiba e Rio de Janeiro.

No entanto, a maioria das suas propostas não foi efetivada, pois o projeto era financiado pelo governo de Getúlio Vargas. Como o regime acabou, acabou também o financiamento.


Largo da Misericórdia 


O Largo da Misericórdia é largo mais antigo da cidade. 

Foi reurbanizado durante as obras para as Olimpíadas e reinaugurado em 2016.

O nome do Largo é porque está localizado no antigo bairro da Misericórdia, onde se ergueram as primeiras instituições da cidade.

Era ali que tinha o Terminal Rodoviário da Misericórdia, lembra? Peguei muitooo ônibus ali…

Praça XV de Novembro


Essa praça já recebeu tantos nomes... Já foi Várzea de Nossa Senhora do Ó, Largo do Terreiro da Polé, Largo do Carmo, Praça do Carmo, Terreiro do Paço e Largo do Paço.

O nome XV de Novembro é uma homenagem ao dia da Proclamação da República.

Na Praça XV encontramos o Paço Imperial (que também já teve vááários nomes), a estátua de General Osório (por que ela não está na Praça General Osório em Ipanema?), o monumento ao Almirante Negro João Cândido e o monumento a D. João VI.

Lá também encontramos a estação das barcas, o antigo Cais Pharoux, o chafariz do Mestre Valentim...

Temos o Piskate, uma homenagem ao dia do skatista e também a réplica da primeira foto tirada no Brasil.

Sim! Ela está no local exato onde foi tirada por D. Pedro II que chegava de uma de suas viagens com esta novidade: o daguerreótipo.

Esplanada da Candelária 


A Esplanada da Candelária é aquele local em frente à Igreja da Candelária...

É lá que encontramos a Pira Olímpica.

No seu entorno estão o Centro Cultural Banco do Brasil e a Casa França Brasil.

E, bem na sua frente, a Igreja da Candelária...

Orla Prefeito Luiz Paulo Conde


A Orla Prefeito Luiz Paulo Conde é uma homenagem a Luiz Paulo Conde, ex-prefeito da cidade do Rio de Janeiro e ex-vice-governador do estado do Rio de Janeiro.

No entanto, o local é conhecido como Boulevard Olímpico. Esse local é um calçadão com cerca de 3,5 km de extensão.

A abertura da Orla Conde deu fim a 252 anos de acesso restrito, em um trecho da orla, a militares do 1.º Distrito Naval.

Seu km final, entre os armazéns 6 e 8 do Cais da Gamboa, era a Avenida Rodrigues Alves. Ela foi incorporada à Orla Conde em 2016. 


Praça Muhammad Ali


A Praça Muhammad Ali está bem próxima ao AquaRio.

O nome da praça é uma homenagem a Muhammad Ali, um dos maiores lutadores de boxe.


Avenida Venezuela


A Avenida Venezuela começa na altura da Praça Muhammad Ali e vai até a Praça Mauá.

Criada em uma área de aterro, foi reurbanizada em 2010.

Seu nome é uma homenagem à Venezuela, o país.


Rua Barão de Tefé


O Barão de Tefé chamava-se Antônio Luís von Hoonholtz.

Almirante da Marinha do Brasil, é considerado herói da Guerra do Paraguai, principalmente, na batalha naval do Riachuelo.

O navio oceanográfico da Marinha do Brasil (H-42) possui o nome Navio Barão de Teffé.

No entanto, ele não foi só isso… Foi também nobre, diplomata, geógrafo, político e literato.

O Barão de Tefé viveu os últimos anos de sua vida em Petrópolis, em um dos solares da rua Silva Jardim.

Ladeira do Pedro Antônio


Em breve...

Travessa Joaquim Soares


Em breve...

Rua do Jogo da Bola


Uma das ruas mais tradicionais do Morro da Conceição.

Surgida na colonização no século 16, é uma das mais antigas do Brasil.

O nome da rua deriva da escravidão. Conta-se que os escravos, presos pelos calcanhares a bolas de ferro amarradas a correntes, costumavam brincar de chutar o seu tormento. 

Sendo assim, antes do surgimento do futebol na Inglaterra, o jogo da bola da existia por aqui (mesmo que por um motivo triste).

Rua São Francisco da Prainha


Rua que chega ao Largo da Prainha e que tem seu nome por conta do mesmo motivo do Largo.


Largo de São Francisco da Prainha


Conhecido como Largo da Prainha, está no sopé do Morro da Conceição.

Ali havia uma pequena praia, denominada Prainha, que seguia até onde hoje é a Praça Mauá. Essa praia desapareceu por conta dos inúmeros aterros na região.

Próximo dali está a Igreja de São Francisco da Prainha, erguida em 1696. É por conta dessa igreja que o Largo recebeu esse nome.

Rua Sacadura Cabral


Artur de Sacadura Freire Cabral foi um aviador e oficial da Marinha Portuguesa.

Era amigo de Gago Coutinho e, com ele, realizou diversas travessias aéreas, inclusive, a primeira travessia aérea do Atlântico Sul em 1922.

Serviu durante muitos anos nas colônias da África.

Ao voltar para a metrópole, trabalhou como piloto instrutor. Fez diversos trabalhos. Estudou um sextante modificado que hoje em dia é conhecido como Corretor de Rumos.

Praça Mauá


A Praça Mauá integra a Orla Conde. Ela marca o início da Avenida Rio Branco e também do Porto do Rio de Janeiro.

Isso fica claro quando observamos a numeração dos armazéns do cais, que vai crescendo em direção à rodoviária, e pelo famoso prédio RB 1 (Rio Branco 1) bem ali na Praça Mauá.

No centro da praça vemos a estátua de Irineu Evangelista de Sousa, o Barão de Mauá. 

Praça Mauá... Barão de Mauá... Ohhhh, o nome da praça é homenagem a ele!!!

Sim, ele foi o pioneiro em várias áreas da economia do Brasil. Seu feito mais famoso foi a construção da Estrada de Ferro Mauá.

A Praça Mauá passou por uma super revitalização durante as obras do Porto Maravilha e hoje temos esse espaço lindo, rodeado por museus e possibilidades de lazer.


E aí? Conhecia essa história toda de algumas ruas do Centro do Rio de Janeiro? Conte aqui nos comentários e vamos continuar nossa conversa!
Até amanhã, 
Um super beijo,
Carolina

Quer fazer parte de nossa lista VIP? Então, preencha o formulário:

Cadastre-se e receba as melhores dicas de viagem e/ou corrida

* campos de preenchimento obrigatório
/ ( dd / mm )
Você deseja receber promoções e novidades sobre:


Postar um comentário

Obrigada pela visita. Fique à vontade para dizer o que achou do post... Seus comentários são super bem-vindos...
Responderei o mais breve possível! Então, volte para ver sua resposta. Ou então, bem mais fácil: marque o "notifique-me" para ser avisado por e-mail quando o seu comentário for respondido.
Um super beijo...

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search