quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Visitando os Castelos de Neuschwanstein e de Hohenschwangau

Neuschwanstein e Hohenschwangau

Olááá! Tudo bem? Ir a Füssen e não conhecer os Castelos de Neuschwanstein e de Hohenschwangau é como ir a Roma e não conhecer o Papa.  É com essa frase mais que batida que começo o relato de hoje. Tudo bem que as pessoas são livres na viagem para conhecerem o que quiser, mas é que existem locais que são imprescindíveis. Os castelos de Füssen são um desses locais...
Na verdade, os castelos ficam em Schwangau, uma localidade vizinha a Füssen. Decidimos visita-los antes da Maratona Romântica dos Castelos Reais e de uma forma um pouco diferente: fomos andando. Afinal, eram apenas 3,6 Km.

A trilha é bem sinalizada, assim como todas as trilhas por onde passamos na Alemanha. Encontramos várias pessoas de bicicletas pelo caminho, algumas, inclusive, levando cachorros em compartimentos especiais para eles. Aliás, os cachorros da Alemanha... Eles merecem uma postagem única, ha ha ha ha...

Castelos de Neuschwanstein e de Hohenschwangau
Trilha para os castelos...

Nos castelos...

Depois dos 3 Km, chegamos à bilheteria dos Castelos. Há várias opções de visitas, de tickets e de horários. De acordo com o idioma escolhido, as visitas podem ser com guia em Inglês e Alemão ou com audio guide em diversas línguas, inclusive em Português. Para maiores informações, acesse o site da atração. Várias pessoas compram o ingresso com antecedência para não perderem muito tempo na fila (acho que para os que vão de bate e volta de Munique isso deva ser essencial).

Compramos os ingressos após 30 minutos de espera na fila. Escolhemos o King's ticket, o combo que permite a visita nos dois castelos e custa 23 Euros. Como ainda tivemos o desconto daquele papel que recebemos do hotel, o combo saiu por 21 Euros para cada pessoa. Caso a pessoa só queira visitar um castelo, a entrada sai por 12 Euros. Há também um combo que inclui os dois castelos e um museu que fica na região (Swan Ticket). Para ver todas as opções, clique. Além disso, há a opção de um outro combo que é válido por 6 meses e permite a visita nos três castelos do rei Ludwig II: Neuschwanstein, Linderhof e Herrenchiemsee. Essa opção sai por 24 Euros.

Importante 1: A entrada para o castelo de Hohenschwangau não está incluída nesse último combo.

Castelos de Neuschwanstein e de HohenschwangauCastelos de Neuschwanstein e de Hohenschwangau



Importante 2: Escolha um horário que possibilite estar a tempo no pátio do castelo. Isso porque o ingresso é específico para aquele horário. Caso chegue atrasado, a máquina irá bloquear a sua entrada e não há reembolso do ticket pago.

Hohenschwangau

A primeira visita foi a do Castelo de Hohenschwangau. Ele é mais perto da bilheteria. O mapa que é fornecido pela administração indica o tempo de subida desde a bilheteria até o Castelo de Hohenschwangau utilizando os dois meios de transporte possíveis: a pé e de carruagem. Para subir caminhando o mapa indicava 20 minutos. Já para subir de carruagem, 30 minutos. A pé é de graça e ainda queima calorias. De carruagem, 6 Euros e cansa os pobres dos cavalos. Adivinha qual escolhemos?

Castelos de Neuschwanstein e de Hohenschwangau


Então, nos programamos para chegar dentro de vinte minutos. Começamos a subir e, em seis minutos, chegamos ao castelo. Foi muito engraçado: um olhou para o outro como se perguntasse "20 minutos?". E sério: nós não subimos correndo não. Paramos até para tirar fotos.

Castelo de HohenschwangauCastelo de Hohenschwangau


O castelo de Hohenschwangau

Aproveitamos para tirar várias fotos do lado de fora, já que no interior dos castelos é proibido. Nosso passeio foi com um guia em Inglês. Nesse castelo não há opção de audio guide. Ele já chegou atrasado e fez a visita muito corrida. Com isso, não consegui apreciá-la como ela deveria ser.

Castelo de HohenschwangauCastelo de Hohenschwangau



Castelo de Hohenschwangau

O que eu mais gostei nesse castelo foi o telescópio no quarto do rei que possibilitava que ele enxergasse a construção de Neuschwanstein (o castelo que Ludwig II idealizou, mas nunca teve a oportunidade de viver nele). 

Marienbrücke

Após a visita ao primeiro castelo, descemos pelo mesmo caminho que havíamos ido e pegamos o trajeto para Neuschwanstein. Era uma subida de apenas 1 KmO mapa que pegamos indica o trajeto a pé em 55 minutos. Há opção de subir de ônibus (e andar 15 minutos, segundo o mapa) ou também de carruagem (e caminhar mais 15 minutos). Como não tínhamos problemas com caminhadas, lá fomos nós. Novamente, SURPRESA! Em vez de 55, fizemos em 16 minutos. Ainda fizemos uma parada para comer no caminho (mas aí eu parei o relógio!). O bom dessa lanchonete foi que a gente podia fazer tipo "peça pelo número" do McDonald's, ha ha ha ha.


NeuschwansteinNeuschwanstein



Como ainda estava cedo, optamos por visitar a Marienbrücke antes do castelo. Essa ponte foi construída em homenagem a Maria da Prússia, mãe do rei Ludwig II. Novamente, o mapa indicava o trajeto a pé em quase 20 minutos. Esse caminho não tem jeito: tem que ser a pé para quem foi andando. Já para quem foi de ônibus, também se anda, mas é mais perto. Fizemos em 8 minutos indo direto do castelo!

Antes de viajarmos para lá, tínhamos visto no site oficial que a Marienbrücke fecharia para obras de reparação em julho. Nossa, isso me deu uma tristeza... Afinal, a foto mais tradicional dessa visita é tirada de lá. Para nossa surpresa, resolveram fechar a partir de 3 de agosto. Ou seja, pudemos visitar!!!!!! Foi muito show, apesar do medo de sempre!!!

MarienbrückeMarienbrücke


Marienbrücke

Neuschwanstein visto da Marienbrücke
Foto tradicional da ponte.

Visita ao Castelo de Neuschwanstein

O nome desse castelo significa "Novo Cisne de Pedra". Os cisnes eram os animais preferidos de Ludwig II, seu idealizador. Sua construção durou de 1869 a 1886. O rei não chegou a vê-lo pronto: morreu um pouco antes (em circunstâncias misteriosas). Muitos dizem que esse castelo inspirou o Castelo da Cinderela da Disney. Também há relatos de que até os Cavaleiros do Zodíaco se inspiraram nele para o castelo de Hades. A questão é que Neuschwanstein é um local muito bonito e que merece a visita.

Castelo de Neuschwanstein Castelo de Neuschwanstein


Castelo de Neuschwanstein
Marienbrücke vista de Neuschwanstein
Marienbrücke vista de Neuschwanstein

Como andamos muito ao longo do dia, resolvemos voltar para Füssen de ônibus. Afinal, tínhamos 42 Km para correr dois dias depois, né?


Espero que tenham gostado dessa aventura.



Até domingo!!!!!

Super beijo

Carolina

Assine nossa newsletter



Sobre o Autor:
Carolina Belo Sou Carolina Belo, Bióloga e Turismóloga. Busco sempre ser feliz e ver o lado positivo de tudo o que acontece na vida. Gosto de viajar e participar de corridas pelo mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita. Fique à vontade para dizer o que achou do post... Seus comentários são super bem-vindos... Um super beijo...

Pin It button on image hover