30 setembro 2015

Zugspitze, ponto mais alto da Alemanha

Zugspitze

Olááá! Tudo bem? Hoje é dia de viajar até Zugspitze, o ponto mais alto da Alemanha. Preparados??? Vamos lá...
Para chegar até lá, fomos de trem de Munique (e usamos o nosso já conhecido Bayern Ticket) até a estação de Garmisch–Partenkirchen. A viagem é bem tranquila e dura 1h25m. Da estação de Garmisch–Partenkirchen seguimos as indicações para chegar até a estação de onde parte o trem de cremalheira que leva até o Zugspitze.


Ida a Zugspitze

Para quem não sabe, a cremalheira é uma peça mecânica que consiste numa barra ou trilho dentado que em conjunto com uma engrenagem auxilia a subida do trem em ambientes íngremes (mas também esse conjunto pode ser usado em outros objetos também, mas no nosso caso foi o trem mesmo).


Ida a Zugspitze


Há quatro opções de tickets: 

  1. Zugspitze Ticket (inclui uma subida e uma descida ao Zugspitze); 
  2. Garmisch-Classic Ticket (uma subida e uma descida a outras montanhas da região); 
  3. 2-Peak Ticket (junção do Zugspitze Ticket e do Garmisch-Classic Ticket); 
  4. Wankbahn Cable Car (leva até a montanha Wank). 


Optamos pelo primeiro. Quem ficar na cidade por mais um dia (o que me pareceu muito válido!) pode usar opções de cartões de desconto, como Zugspitze Card.


Ida a Zugspitze


Importante: se estiver vindo de Munique, apresente o ticket do trem na bilheteria. O ticket de 52 euros por pessoa sai por 47 Euros!

Para chegar a Zugspitze, a pessoa pode ir de trem de cremalheira até o final (Zugspitzplatt) e pegar um teleférico rápido até o topo. Ou, então, pode ir de cremalheira até Eibsee e lá pegar um teleférico que demora 10 minutos para alcançar o topo. Tudo está incluso no Zugspitze Ticket. Nós optamos por subir de teleférico e deixar para descer de cremalheira. Isso porque o trajeto da cremalheira é feito, em sua maioria, dentro da montanha. Então, achamos melhor ver a paisagem, apesar das fortes emoções.


Ida a Zugspitze
Entrada da estação do teleférico...

Ida a Zugspitze
Fila de espera para subir.

Ida a Zugspitze
O que iríamos enfrentar...


Ida a Zugspitze
Enquanto uns estão felizes, outros têm medo... (Foto de Otávio Porto)


Os dramas da vida, apesar dos 10 minutos do vídeo...

Ficamos 1 hora na fila para subir. E quando estávamos quase na frente para entrar, ainda teve o episódio da pessoas que queriam furar a fila. Vocês acham que elas conseguiram? Bom, quem conhece Carolina Belo sabe que jamais deixaria alguém entrar na minha frente sem antes fazer um escândalo, ha ha ha. E quem conhece Otávio sabe que ele passa muita vergonha com isso, ha ha...

Chegamos vivos, ufa! Ao sair, há a entrada para o teleférico que leva para a estação da cremalheira e para o glaciar (que estava micro quando fomos). Mas isso era para a volta, porque a meta era chegar ao topo da Alemanha! Bastava subir alguns lances de escada... Sim, mas só chegamos ao complexo de visitantes e vimos o topo he he he. Não subimos porque havia uma placa avisando que era necessário material de escalada. Detalhe que não vimos ninguém com esse tipo de material, mas decidimos não arriscar. 


Ida a Zugspitze
O topo da Alemanha...
Tiramos fotos e fomos explorar o ambiente. 

Ida a Zugspitze


Ida a Zugspitze

Ida a Zugspitze

Ida a Zugspitze

Ida a Zugspitze


Ida a Zugspitze


A vista é espetacular! Andamos, andamos e fomos parar na Áustria! Adoro isso!


Ida a Zugspitze

Ida a Zugspitze


Importante 2: se você estiver na Áustria também dá para acessar o Zugspitze, pois há um teleférico que sobe de Tirol até lá (e é bem mais barato!).

Como a fome apertou, decidimos comer um lanche. Devido à super dificuldade com o alemão, escolhemos um prato que estava escrito kartoffel (que a Alessandra havia ensinado para a gente que era batata com alguma coisa). Como ele era a opção mais cara do lugar, imaginei que fosse a tal salsicha com batata frita que estava há séculos querendo pedir, mas não sabia como. E era! Que feliz! 


Ida a Zugspitze

Ida a Zugspitze

Decidimos pedir uma cerveja... Gente do céu, foi a melhor cerveja da minha vida! Tudo bem que minha vida de cerveja é bem recente, mas das experimentadas, amei. Gostei tanto que trouxe uma latinha para casa! Depois descobri que tinha no Supermercado Zona Sul aqui no Rio (olha a propaganda!).


Ida a Zugspitze

Ida a Zugspitze

Quando já tínhamos explorado tudo, pegamos o teleférico para chegar à estação da cremalheira. Mas antes, ainda exploramos o ambiente...


Ida a Zugspitze

Zugspitze
Vento? Nenhum... Ha ha ha ha...

Ida a Zugspitze

Ida a Zugspitze

Esperamos um pouquinho e a cremalheira chegou. 


Ida a Zugspitze


Ida a Zugspitze


Ida a Zugspitze

Ida a Zugspitze

Ida a Zugspitze

Ela desce tão devagar que apagamos.  Quando eu acordei, vi uma escultura de uma santa dentro do túnel, mas não consegui tirar uma foto. Fui pesquisar, mas não consegui achar o que era de verdade...

Depois de algumas estações, chegamos a Garmisch-Partenkirchen. Nos dirigimos ao trem para Munique e lá fomos nós de volta!


Ida a Zugspitze


Ida a Zugspitze


Apesar de conselhos de algumas pessoas para não irmos a Zugspitze, eu achei um excelente passeio!

Espero que tenha gostado.
Até domingo!

Super beijo

Carolina


Assine nossa newsletter



Sobre o Autor:
Carolina Belo Sou Carolina Belo, Bióloga e Turismóloga. Busco sempre ser feliz e ver o lado positivo de tudo o que acontece na vida. Gosto de viajar e participar de corridas pelo mundo.

4 comentários:

  1. Oi, para chegar a estação de Garmisch–Partenkirchen vocês usaram o Bayern Ticket? Procurei em vários locais e não achei a informação que o Bayern Ticket dava acesso à Garmisch–Partenkirchen , você pode me dizer como fez isso? Vou no começo d enovemrbo pr alá e to precisando de ajuda, pq é bem caro ir pra lá com o ICE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, tudo bem? Nós usamos sim o Bayern Ticket para chegarmos a Garmisch-Partenkirchen. Compramos (e validamos) na estação do U-Bahn em que estávamos e fomos até a Hauptbahnhof. De lá, pegamos o trem até Garmisch. Foi tudo muito tranquilo. Em Garmisch é que tivemos que comprar o ticket para a cremalheira que vai até Zugspitze. Apresentando o Bayern Ticket, você ganha um desconto. Espero ter ajudado. Qualquer coisa, é só perguntar.
      Um abraço,
      Carolina

      Excluir
  2. Ah, entendi, você foi até a estação central de Munique com o Bayern Ticket, e depois pegou um trem até lá, mas sem usar o Bayer Ticket no trem né?! E depois usou o Bayern Ticket apenas para ter desconto na subida ao Zugspitze, é isso?
    Abraço, muito obrigada ;)
    Cinthia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cinthia! Tudo foi com o Bayern, inclusive o trem do trecho Hauptbahnhof-Garmisch. Só lá em Garmisch que tivemos que comprar o ticket para a cremalheira. Então, dá para ir de Bayern Ticket até Garmisch sim. Qualquer dúvida, pode perguntar!
      Abraços
      Carolina

      Excluir

Obrigada pela visita. Fique à vontade para dizer o que achou do post... Seus comentários são super bem-vindos... Um super beijo...

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search