quarta-feira, 29 de junho de 2016

Ilha Fiscal

O local do último baile do Império

Oláááá! Tudo bem? Continuando as dicas de passeios legais pelo Rio de Janeiro, iremos conhecer um pouco sobre a Ilha Fiscal e sua visitação pública. E quem for animado, dá para fazer no mesmo dia que o da Baía de Guanabara. Vamos lá?

A Ilha Fiscal recebeu esse nome por ser o local onde funcionou o posto da Guarda Fiscal durante o período do Império. Antes dessa função, ela era chamada de Ilha dos Ratos (imaginem o motivo...). Quem decidiu construir ali o posto fiscal foi o Imperador D. Pedro II e foi ele, também, que escolheu o estilo arquitetônico (gótico-provençal) para não atrapalhar a sua visão para a Serra do Mar. Segundo dados históricos, o Imperador teria afirmado que "a ilha é um delicado estojo, digno de uma brilhante joia".

Passeio Ilha Fiscal
Delicado estojo...
Passeio Ilha Fiscal
Vista da Baía de Guanabara.
Há uma linda torre com um relógio alemão da empresa Krussmann e Cia., com as quatro faces iluminadas na parte interna do mostrador para as observações noturnas. Essa torre ocupa cerca de um terço da ilha medindo sessenta e oito metros de frente, vinte e oito de fundos, e cinquenta e três metros de altura no torreão.  Há muitos vitrais, mas dois deles se destacam: a representação do Imperador e da Princesa Isabel, com os respectivos brasões familiares. 


Passeio Ilha Fiscal
Torre do Relógio.
Passeio Ilha Fiscal
Vitral com D. Pedro II
Ilha Fiscal
Vitral com a Princesa Isabel
A Ilha Fiscal é bastante conhecida por ter abrigado o evento conhecido como “O Último Baile do Império”, realizado alguns dias antes da Proclamação da República. A gente estuda na escola sobre esse fato na disciplina de História e é muito interessante visitar a Ilha e imaginar como deve ter sido aquele dia tão famoso.

Passeio Ilha Fiscal
Em um dia de tempo bom, dá para avistar a Serra do Mar. D. Pedro II sabia das coisas...
Passeio Ilha Fiscal
Ângulos diferentes...
Ilha Fiscal
Visões...
Hoje, a Ilha pertence à Marinha e está aberta à visitação. Também há exposições temporárias. No dia em que fomos visitar havia uma sobre usos do mar.

Ilha Fiscal
Como bióloga marinha, eu nem gosto, né?
Devido às obras do Porto Maravilha, os ingressos estão sendo vendidos no Museu Naval, somente no dia do passeio, a partir das 11h. Cheguem cedo, porque a procura é grande. A tarifa inteira custa R$ 25,00 (vinte e cinco reais) e a meia-entrada é de R$ 12,00 (doze reais) (continuo ainda em dúvida sobre essa conta). E quem paga a meia?  Estudantes, militares e dependentes, maiores de 60 anos, menores de 12 anos, professores e portadores de necessidades especiais. As crianças até dois anos e guia de turismo em exercício da atividade não pagam.

Assim como o passeio pela Baía de Guanabara (link para esse post no final deste texto), o da Ilha Fiscal também ocorre de quinta a domingo. Os horários em que ele acontece, normalmente, são às 12h30, 14h e às 15h30 e tem a duração de duas horas (com o deslocamento incluso). Sendo assim, dá para fazer tanto o passeio da Baía de Guanabara quanto o da Ilha Fiscal no mesmo dia. Mas aquilo que falei no outro post e no parágrafo anterior: CHEGUEM CEDO, POIS OS INGRESSOS ACABAM RÁPIDO!

IMPORTANTE: Chequem no site da Marinha se no dia escolhido haverá o passeio, pois durante os períodos olímpico e paraolímpico os horários serão diferenciados devido ao fato de a BG estar fechada para treinamento e competição de vela. No caso dos jogos, a visitação será de quarta a domingo, nos mesmos horários.  Além disso, em alguns dias especiais, o lugar não funciona. Por exemplo, amanhã, dia 30 de junho haverá uma cerimônia militar no local e, com isso, não terá visitação pública. Então, é sempre bom confirmar para não perder a viagem.

Os procedimentos de embarque começam no próprio Museu Naval uns vinte minutos antes do horário do passeio. E aí ocorrem dois procedimentos diferentes:

  • Caso o passeio seja feito de barco: os visitantes seguem andando até o Centro Cultural da Marinha, local de onde parte Escuna Nogueira da Gama, que possui banheiro e bebedouro, mas não há cantinas. Então, alimente-se antes do embarque ou leve seu próprio lanchinho para comer durante o passeio. É permitido! Ufa! Só durante a visitação à Ilha Fiscal que não é permitido, mas no caminho pode! A capacidade da escuna é de 90 pessoas.

  • Caso o passeio seja feito em micro-ônibus, o embarque ocorrerá em frente do Museu Naval. A capacidade é de 28 pessoas por ônibus.
IMPORTANTE 2: A embarcação não possui infraestrutura para receber pessoas que se deslocam por meio de cadeira de rodas.

Ficou interessado? Como já citei no post sobre o passeio da Baía de Guanabara, o acesso ao Museu Naval é tranquilo para quem vai de transporte público. A estação de metrô mais próxima é a Carioca. De lá, basta pegar a saída “Rio Branco”, seguir pela Rua São José até a Rua Dom Manuel. Logo você verá o Museu. Caso opte por ir de ônibus, os que vão pela Zona Sul param bem próximos, na Avenida Presidente Antônio Carlos.

Ilha Fiscal
Como chegar a partir da estação Carioca de metrô

Espero que tenham gostado

Até domingo

Um super beijo

Carolina

Mais dicas de passeios pelo Rio?


Assine nossa newsletter


Sobre o Autor:
Carolina Belo Sou Carolina Belo, Bióloga e Turismóloga. Busco sempre ser feliz e ver o lado positivo de tudo o que acontece na vida. Gosto de viajar e participar de corridas pelo mundo.

4 comentários:

  1. Dicas valiosas Carol!
    Adorei!
    Parabéns pelo blog!
    Beijos

    http://www.nanyalmeida.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nany! Obrigada querida!!!!
      Um super beijo!
      Carolina

      Excluir
  2. Oi Carol,
    sempre que vou ao Rio e vejo o palácio da Ilha Fiscal de longe fico com vontade de conhecer, mas nunca deu certo. Vou me programar para na próxima ida ao RJ tentar fazer esse passeio.
    Beijo,
    Dani.
    Blog Dani Corredora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Dani, tomara que você consiga, porque ele é bem legal mesmo!
      Um super beijo e boa semana!
      Carolina

      Excluir

Obrigada pela visita. Fique à vontade para dizer o que achou do post... Seus comentários são super bem-vindos... Um super beijo...

Pin It button on image hover