domingo, 21 de agosto de 2016

Forte de Copacabana

Muita história e outros atrativos

Olááá! Tudo bem? Continuando na onda dos Fortes do Rio de Janeiro, vamos que vamos conhecer um que teve uma ativa participação na história do Brasil: o Forte de Copacabana. No entanto, mesmo para quem não gosta de história, esse forte tem outros atrativos. Vamos lá?

Como o nome já diz, o Forte de Copacabana localiza-se em Copacabana. Ele foi criado, no final do século XIX, para compor o sistema defensivo da cidade do Rio de Janeiro e de seu porto. Na verdade, a sua principal função era impedir a aproximação de navios inimigos que pudessem ameaçar a entrada da Baía de Guanabara (já vimos sobre isso no post sobre o Forte Duque de Caxias, lembra?).


Forte de Copacabana
Na entrada do Forte de Copacabana
Na introdução, eu falei que o Forte de Copacabana tem uma ativa participação na história do Brasil. Por exemplo, em 1922, ele foi palco do Levante dos 18 do Forte (por isso o nome do café que falaremos a seguir), serviu de prisão para o presidente Washington Luís deposto na Revolução de 1930 e em 1964 recebeu reuniões que levaram ao golpe militar. Hoje, o Forte abriga um museu, exposições e dois cafés com uma bela vista.

Forte de Copacabana
Vista da Praia de Copacabana, com direito a uma pessoa no stand up paddle
Forte de Copacabana
Mais stand up paddle
Essa vista é considerada, por muitos, como uma das mais belas da Praia de Copacabana. Ao adentrar ao Forte, é possível caminhar próximo à muralha até a ponta ou, se conseguir achar algum banquinho vago, sentar e apenas apreciar a paisagem.  É possível se alimentar no Café 18 do Forte ou na Confeitaria Colombo. O primeiro, normalmente, é mais vazio que o da Colombo. Muitas pessoas gostam de tomar café nesses locais para, justamente, apreciar a paisagem. No entanto, como o local está sempre cheio, com fila de espera, muitas vezes, há uma pressão para você comer e sair logo de lá, he he he...


Forte de Copacabana
Nosso café da tarde...
Além de comer, é possível visitar o Museu Histórico e o Forte propriamente dito. O Museu possui uma exposição permanente que conta a história do Brasil com documentos e objetos ligados à história dos militares. Já o Forte é interessante porque ele possuía todas as instalações necessárias para que os militares pudessem permanecer lá por um bom tempo sem depender de ajuda externa, o que o tornou um projeto único na América do Sul. Na ponta do Forte, encontram-se os canhões alemães Krupp que estão em cúpulas giratórias.


Forte de Copacabana
Já no local onde ficam os canhões alemães.

Curiosidade

Os tiros que partiam do Forte eram anunciados através de uma sirene, para que os moradores abrissem as janelas, evitando, assim a quebra das vidraças.

O acervo do museu possui alguns itens diferentes: a mecha dos cabelos de Napoleão Bonaparte e um chaveiro feito com a bala que castrou um dos participantes do Levante do Forte.

Gostou? Ficou com vontade de conhecer? O horário de funcionamento das atrações é diferenciado. Para o Museu Histórico do Exército, a Fortificação e as exposições, o horário é de terça a domingo e feriados, das 10h às 18h. Já para a área externa e cafés, o funcionamento é de terça a domingo e feriados, das 10h às 20h. A entrada para adultos é de R$ 6,00 (mesmo que seja só para frequentar os cafés é preciso pagar a entrada). Há opção de meia entrada para os agraciados por essa lei. Já militares das Forças Armadas e dependentes, maiores de 80 anos, grupos agendados e menores de 10 anos são isento de pagamento.

Para chegar é bem tranquilo também. Há ônibus que deixa perto e se for de metrô, a estação General Osório é a ideal. É só sair e andar dois quarteirões. 


Forte de Copacabana
Pertinho, né?

Espero que tenha gostado...

Até quarta-feira

Super beijo



Sobre o Autor:
Carolina Belo Sou Carolina Belo, Bióloga e Turismóloga. Busco sempre ser feliz e ver o lado positivo de tudo o que acontece na vida. Gosto de viajar e participar de corridas pelo mundo.

4 comentários:

  1. Amiga, AMMMMMEI este post!
    Eu visitei o Forte há uns dois anos e adorei!
    A vista é linda e o lanchinho que fiz lá Confeitaria Colombo (waffle com sorvete de creme e calda de chocolate) foi DI.VI.NOOOOO!!! kkkk
    Agora, o conhecimento histórico... esse é com você, né?! Sempre me traz muito conteúdo!
    Amo você, viu sua lindona!!!
    Beijão!
    Ana

    http://blogdaana.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Ana Paula. Conseguiu sentar com calma, sem tentarem te expulsar? Quando fomos foi mais ou menos tenso porque o povo na fila ficava olhando com cara de "saim logo daí" e os garçons também faziam uma pressão básica. E olha que a gente nem ficou sentado à toa não, ha ha ha ha... Mas vale o passeio.
      Sobre a parte histórica, eu adoro! Acho importante falar sobre ela, pois muitas coisas tornam-se claras com a visão histórica, né?
      E muito obrigada por todo o carinho!
      Um super beijo
      Carolina

      Excluir
  2. Ta aí outro ponto turístico do Rio que eu não conheço!
    A minha lista tá só crescendo.
    Beijo,
    Dani.
    Blog Dani Corredora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai anotando tudo, Dani, para visitar da próxima vez que você vier ao Rio. No entanto, acho que o correto precisa ser "próximas vezes", he he he he...
      Um super beijo...
      Carolina

      Excluir

Obrigada pela visita. Fique à vontade para dizer o que achou do post... Seus comentários são super bem-vindos... Um super beijo...

Pin It button on image hover