quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Edge Walk na CN Tower, um passeio a 356 metros de altura

Em Toronto, uma experiência radical 

Oláááá! Tudo bem? Você conhece a CN Tower? Já ouviu falar? Na verdade, a CN Tower é um dos símbolos (se não, O símbolo) de Toronto. Há uma atração que acontece nela que é de tirar o fôlego até dos mais corajosos (imagina de Carolina?). A atração é o Edge Walk. Eu, com todo o meu medo de altura, fiz o Edge Walk. Imagina!!! E vou contar como foi essa experiência no post de hoje. Vamos lá?

A CN Tower está localizada em Toronto, na província de Ontário no Canadá. Ela é uma torre de comunicações, mas que tem sido muito bem utilizada para o turismo. A origem da sigla é devido às iniciais da companhia ferroviária Canadian National que a construiu. Essa empresa foi privatizada em 1995. A nova administração da companhia mudou seu nome para Canada's National Tower. Isso tinha por objetivo não perder o CN, mas também não lembrar a antiga empresa. 

No auge dos seus 553,33 metros de altura, é a terceira maior torre do mundo. Perde somente para uma no Japão e outra na China. Seu principal observatório está localizado a aproximadamente 342 metros de altura. O segundo observatório, o SkyPod, é o mais alto do mundo e está localizado a 447 metros de altura. O Edge Walk ocorre a 356 metros de altura. Sendo assim, estamos acima do primeiro e abaixo do segundo observatório. Tanto que o guia manda dar tchau para as pessoas que estão no SkyPod.

Ao sair do Brasil, já tinha em mente que eu gostaria de fazer o Edge Walk. No entanto, se você já viu meus vídeos no YouTube, já percebeu que eu tenho pavor de altura. O interessante é que mesmo desesperada, eu vou e enfrento (daquele jeito, cheio dos dramas, he he he he).

Primeira tentativa

Na minha primeira ida a CN Tower para tentar fazer o passeio, simplesmente, eu travei e desisti. Na verdade, em todos os locais há um aviso de “reserve com antecedência”. O que eu pensei? “Vou chegar lá e a atendente vai dizer que não há vaga. Logo, eu tentei, mas não consegui por falta de vaga”. Bom, ao chegar e fazer a fatídica pergunta, a atendente respondeu: “tem vaga para daqui a dez minutos”. Gelei! 

Já que estava lá, eu ia fazer. Estava pegando o dinheiro quando ela indicou um papel para preencher, onde eles se eximiam de toda responsabilidade. Com isso, eu seria a maior responsável por tudo o que me ocorresse. Além do mais, havia perguntas relativas à minha saúde. Eu comecei a ler e a traduzir para minha tia e fomos ficando com medo. Vai que acontece algo e minha tia teria que resolver meu traslado e sem falar inglês? Olhei para a atendente e “sorry, I gave up”. Ela riu e passei o resto do dia com a sensação de fraqueza e desapontamento comigo mesma. Toda vez que passava e via a CN Tower (e não foram poucas as vezes, já que ela é vista por toda parte), eu tive aquela sensação.


CN Tower
Na minha primeira tentativa...
CN Tower
Com muito zoom e, mesmo assim, ainda está longe para ver as pessoas no Edge Walk...

Agora vai...

Na véspera de voltarmos, eu pensei: “gente, não posso ser assim. Eu quero fazer e eu vou fazer (a menos que não tenha vaga, olha a desculpa...). Não é possível que vá acontecer algo. Afinal, nunca aconteceu e POR QUE TERIA QUE ACONTECER JUSTO COMIGO?”. Então, depois de visitarmos o Templo Hindu, almoçarmos e andarmos um pouco pela cidade, fomos novamente à CN Tower. Novamente a pergunta e “tinha vaga para daqui a 5 minutos”. Preenchi correndo o formulário, paguei e, em menos de 5 minutos, lá estava eu aguardando pela chamada. Agora não tinha mais volta: eu iria fazer o Edge Walk.

Fiquei tão louca que as palavras estavam desaparecendo. Eu fiquei super atenta para não perder nada da explicação. Afinal, era minha vida e as das outras pessoas que subiriam comigo que estavam em risco, né? Foi pedido que tirássemos tudo o que tínhamos de acessórios, inclusive brincos e aliança. Eu não precisei de guarda-volumes porque deixei as coisas com minha tia. No entanto, se for preciso, há armários e a chave sobe presa ao seu macacão.

O macacão laranja é colocado sobre a sua roupa e, caso a pessoa não esteja de tênis, é providenciado um (que achei super confortável e tentei não pensar nas micoses). Depois de vestidos, fomos ao outro lado da sala para recebemos o material de segurança onde os ganchos ficariam presos. Os funcionários auxiliaram na colocação. Havia um deles que era brasileiro, inclusive, e foi ele que me ajudou nas explicações e na colocação do equipamento.

Quando estávamos prontos, os materiais foram checados duas vezes. Até mesmo se os tênis estavam bem presos aos pés. Perigo! O meu não estava... Ficamos esperando pelo guia. Essa foi a hora mais complicada. Há uma tensão no ar e a gente não sabe o que vem a seguir. Os participantes se entreolhavam, davam aquele sorriso sem graça... De repente, a porta foi aberta e era o guia que nos levaria. O cara chegou alucinado, falava super rápido (vocês verão no vídeo) e eu mais que atenta. Ele checou nossos equipamentos outra vez, fizemos poses para fotos e lá fomos nós sob aplausos para o elevador.

CN Tower
Galera preparada!
O elevador subiu a 22 Km/h e a cidade ia ficando cada vez menor. Quando chegamos, fomos para uma sala onde fomos presos aos cabos que, segundo o guia, aguentavam não sei quantas toneladas. Bom, eu estava tão alucinada que não compreendi o “não sei quantos”. Mas como eu não tinha nem uma tonelada, fiquei relaxada quanto a isso (depois entendi que eram 7 Ton)... 

Eu ia pedir para ser a última na fila. Ainda bem que não fiz isso, pois o primeiro a tentar a visão para o precipício foi o último. A ordem foi: um casal, eu, dois meninos e um senhor. O menino que estava do meu lado também tinha medo e o senhor falava Português. 

É agora: com vocês o Edge Walk

Enquanto aguardávamos, nossos equipamentos foram checados novamente. E aí, eis que a porta se abriu... Como o vento estava soprando a Nordeste e nós saímos no lado Sul, foi tranquilo quanto a isso. Nada de “rajadas” diretamente na saída. O guia foi explicando sobre os locais, nos mostrou Niágara (onde havíamos estado no dia anterior) e outros pontos de interesse de Toronto.

Eu estava MUITO feliz por estar naquele lugar, vencendo um medo absurdo e sem chorar. Na verdade, imaginei que iria dar um escândalo de chorar, he he he he he. O que eu gostei foi que depois que fiz minha primeira tentativa na beirada do precipício, o senhor que falava Português disse “Parabéns senhora Carolina”. Ele não sabe o bem que me fez, porque eu estava com medo de aloprar e não conseguir me lembrar de nenhuma palavra em Inglês! Então, eu já tinha a quem recorrer!

Foi o maior choque quando saímos do lado Sul e entramos no local onde estava o vento. Aff! MUITO forte. Fiquei bem tensa porque meu cabelo soltou (vai que prende nos cabos e dá um treco neles e eu caio? Tem que ter um drama). Consegui dar uma enrolada disfarçada (mas que foi pega no vídeo) e deu tudo certo.


CN Tower
SOLTA a corda!!!!!!
CN Tower
Ahhhhhhhhhhhhhh...
E assim fomos dando a volta na torre. Íamos ouvindo as explicações sobre os locais que estávamos vendo, parando para fazer poses e nos pendurando no precipício. Assim foi até acabar essa experiência. No final, claro, já estava bem mais relaxada. As palavras já fluíam e estava me sentindo no céu (eu já estava na metade do caminho dele mesmo). No entanto, eis que vimos o outro grupo saindo e isso era sinal de que nosso tempo tinha acabado... Ahhh, que pena!

CN Tower
SOLTEI !!!!!!!!!!!!!!!
Gostou? Quer fazer também? Acho super válido e dou o MAIOR apoio. É importante ressaltar que o ingresso dá direito a:
  • fazer o Edge Walk; 
  • um certificado; 
  • duas fotos impressas no certificado;
  • um cd com o vídeo feito pelo guia durante o Edge Walk;
  • um ingresso para subir ao primeiro observatório da CN Tower (com direito à fila expressa);
  • um ingresso para subir ao SkyPod.
CN Tower
Maior orgulho, com o meu certificado!
Espero que tenha gostado. Eu amei tanto que, enquanto ia escrevendo, ia recordando de tudo e, inclusive, suando (sério!). Muito doido isso... Em um outro post falarei sobre o primeiro e o segundo observatório da CN Tower. Enquanto isso, curta o vídeo onde uma parte dessa experiência é mostrada...

Ficou "grandinho", massss é que tinha que deixar algumas partes das explicações para vocês verem a minha "face" de tranquilidade...



CN Tower
Depois do passeio, olha ela lá em cima!

E aí? Ficou com vontade de ir também? Teria coragem? Responda aqui nos comentários... Vou adorar saber a sua opinião...

Até domingo,

Um super beijo

Carolina


Assine a newsletter do blog


Sobre o Autor:
Carolina Belo Sou Carolina Belo, Bióloga e Turismóloga. Busco sempre ser feliz e ver o lado positivo de tudo o que acontece na vida. Gosto de viajar e participar de corridas pelo mundo.

6 comentários:

  1. Uhuuuu!!!! Eita amiga porreta essa! Carol de Deus.. finalmente eu fazendo visita ao blog! Yeesss.. Desculpa a demora viu?! Beijoooo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ha ha ha ha ha, sem problemas querida Ana! Parada MUITO sinistra, mas MUITOOOO maneira. Adorei fazer isso. Quero ir de novo, de novo... Ha ha ha ha...
      Um super beijo
      Carolina

      Excluir
  2. Que doido, Carol!!!! Nem pensar! Já viajo no corredor do avião por medo de olhar lá fora!!! Rsrsrsrs! Suei frio aqui só de olhar as fotos.
    Não consegui abrir o vídeo pelo ipad, vou ver pelo computador. Parabéns pela coragem! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ha ha ha ha, rindo muito aqui Lucia! Eu também tenho PAVOR de altura, massss queria MUITO fazer essa caminhada!!! E quero voltar, he he h he...
      Um super beijo e obrigada pela visita (desculpe a demora na resposta. Vi no tel, fiquei de entrar depois para responder e passou).
      Carolina

      Excluir
  3. Nossaaaaaa ameiiiiiiii... Já quero amor fazer que perfeito..
    Amei seu post.

    Bjs
    Blog La Rosa Blanca
    FanPage | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Regiane!!! Eu super indico essa aventura! Mesmo para quem tem pavor, como eu, é algo incrível!!!!
      Um super beijo
      Carolina

      Excluir

Obrigada pela visita. Fique à vontade para dizer o que achou do post... Seus comentários são super bem-vindos... Um super beijo...

Pin It button on image hover