03 novembro 2016

Viajando de trem pelo Canadá

Lado Leste do país

Olááá! Tudo bem? Hoje o post será sobre a nossa experiência com a Via Rail Canada, conhecida, popularmente, como Via Rail. Ela é uma corporação pública responsável por administrar a maior parte do transporte ferroviário interurbano de passageiros pelo país. Já posso adiantar que foi uma escolha muito feliz fazer os três trechos que fizemos de trem, massss vamos ver um pouco mais...

Antes de mais nada, gostaria de frisar de que este não é um Publipost. Simplesmente, achei a experiência muito boa e gostaria de compartilhá-la. Tudo para que mais pessoas possam utilizar essa forma de transporte muito eficiente enquanto estiverem viajando pelo Canadá.
Via Rail Canada
Às 6h da manhã, após 11 horas de viagem, tendo que esperar para o trem das 10h. Massss, melhor que ficar desesperada e preocupada em perdê-lo.
A VIA Rail opera trens em oito províncias canadenses, em uma rede que compreende 12.500 km de trilhos. Uau! Desde pequena eu ouço falar sobre os trens do Canadá e tenho uma vontade enorme de cruzar o país de Leste a Oeste com o “Canadian”. No entanto, ainda não foi desta vez que realizei esse sonho...
Via Rail Canada
Na Union Station, um pouco da história da empresa.
Quando surgiu a oportunidade de conhecer esse país, comecei a elaborar o roteiro que faríamos. Com isso, fiz uma comparação do tempo que levaríamos entre as cidades e dos valores das passagens utilizando trem e avião. Levando em consideração que o avião era mais rápido, mas teríamos
  • tempo de deslocamento até os aeroportos;
  • tempo destinado a despacho de bagagens;
  • chegada da viagem do Brasil às 5h e liberação do hotel só às 15h;

optamos por ir de trem nos trechos: Toronto-Ottawa, Ottawa-Montreal e Montreal-Quebec. O trecho de volta (Quebec-Toronto), que seria o mesmo trajeto, decidimos fazer de avião com a Porter Airlines, que já contei por aqui.

Os preços das passagens de avião e de trem eram, praticamente, parecidos. A questão seguinte foi optar por qual classe viajaríamos: Econômica ou Executiva.

As classes dos trens

O trem possuía vários vagões, ohhhh... O da Executiva era sempre o primeiro e os outros eram da Econômica. No entanto, havia diferenças nas tarifas entre elas e isso interferia na quantidade de bagagens. Por exemplo, a Escape era uma tarifa mais em conta, mas só permitia um artigo pessoal de no máximo 11,5 kg mais um artigo de grande porte de no máximo 18 kg. Com as tarifas Economy e Economy Plus já era possível levar além da bagagem de mão (também de 11,5 kg) mais um artigo de grande porte de no máximo 23 kg. As tarifas Business e Business Plus aumentavam para dois artigos de até 23 Kg.

Via Rail Canada

Escolhemos a classe Executiva pela pouca diferença entre os preços (quando comparada com a Econômica), pelo conforto depois de 11 horas de viagem (no primeiro trecho estávamos chegando do Brasil) e pela possibilidade de um maior volume de mala (que depois percebi que nem era necessário, no nosso caso).


Via Rail Canada
Uma pequena parte do trem...

A compra dos bilhetes

Os bilhetes foram adquiridos no site da Via Rail. Havia a opção em Português para alguns textos informativos, mas a parte relativa à compra foi realizada em Inglês mesmo. É como comprar uma passagem aérea: basta colocar os locais de partida e de destino, as datas e escolher o melhor horário e a classe.

O pagamento é feito através de cartão de crédito. Já o cartão de embarque com um código de barras é enviado por e-mail. Basta imprimir (ou mandar para um dispositivo móvel) e tudo certo. Só chegar à estação no dia e hora determinados munido de um documento de identificação com foto.

Via Rail Canada
Com o cartão de embarque, já devidamente instaladas no trem, he he he...
Ahhh, e algumas pessoas conseguem tarifas com desconto. São elas:
  • Jovens estudantes de 12 a 25 anos;
  • Pessoas com mais de 60 anos;
  • Crianças;
  • Grupos de mais de 10 pessoas.
Uma pena que nenhuma delas era o nosso caso, he he he he...

O embarque

Como compramos na classe Executiva, tínhamos a liberdade para usar o lounge executivo (Business Lounge) nas estações. Esse era um espaço com sofás, revistas, jornais, máquinas de café, frutas e bebidas geladas que poderiam ser usufruídos enquanto esperávamos pela partida. 

Via Rail Canada Via Rail Canada


Via Rail Canada
Há opções de bebidas geladas e quentes

Via Rail Canada Via Rail Canada
Mais um pouco do Business Lounge

Quando chegava a hora do embarque, era feita uma chamada pelo alto-falante e a gente tinha prioridade de entrada no trem. Era só sair do lounge e entrar na plataforma.


Via Rail Canada
Union Station em Toronto. O prédio da estação é lindo!

O trem

O vagão da classe executiva possuía um assento extremamente confortável. Havia um amplo espaço para as pernas e tomadas elétricas em todos os assentos. Havia também uma mesa para refeições em frente (tipo a do avião) e uma outra mesinha ao lado, onde se podia colocar outros equipamentos (e mais comidinhas, he he he he). Ahhh, e as malas tinham um local específico para elas. Ou seja, não tivemos com o que nos preocupar...


Via Rail Canada Via Rail Canada
Visão geral do trem.                      Local para as malas.

Assim que o trem partiu, já houve o início do serviço de bordo. Foram servidos um snack bem gostosinho e bebidas.
Via Rail Canada
O snack servido no início da viagem...
Assim que o lixo foi recolhido, a refeição foi servida. Havia três opções para a escolha em todas as viagens que fizemos. E mais bebidas, inclusive vinho. Para finalizar, um chocolatinho nos foi entregue.

Via Rail Canada
Refeição em uma viagem mais longa!
Via Rail Canada
Refeição em uma viagem mais rápida!
Os trens possuíam serviços gratuitos de Wi-Fi a bordo (também havia nos lounges executivos das estações e em algumas estações do corredor Québec City – Windsor). Só há um porém: a empresa restringe o uso do Wi-Fi caso ultrapasse o limite de 75 MB. No entanto, em todas as viagens não tivemos problemas. E olha que usamos bastante tempo... O trecho Toronto – Ottawa durou 4h26. Já de Ottawa para Montreal levamos 1h47m. E, por fim, de Montreal para Quebec foram 3h41m. As viagens são longas, mas é tudo tão lindo e confortável, que nem se sente a passagem do tempo.

Via Rail Canada
Chegando a Ottawa...
Eu adorei essas experiências de trem pelo Canadá e espero que você tenha apreciado essas viagens também. Já sabe, né? Viajou ao Canadá e precisa se deslocar entre as cidades? Pense com carinho na opção de fazer esses deslocamentos via trem!

Até domingo,

Um super beijo

Carolina


Assine nossa newsletter



Sobre o Autor:
Carolina Belo Sou Carolina Belo, Bióloga e Turismóloga. Busco sempre ser feliz e ver o lado positivo de tudo o que acontece na vida. Gosto de viajar e participar de corridas pelo mundo.

6 comentários:

  1. Carol, você viu que notícia boa do Canadá? Quem tiver visto americano não precisará tirar visto pro Canadá a partir de maio/2017!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simmmmmm Dani. Espero, sinceramente, que seja verdade. Isso porque, antes de conseguir o visto para poder viajar (que foi um DRAMAAAAAAA) surgiu uma notícia parecida... Brasileiros não iriam precisar mais do visto a partir de 2016. Era só preencher o ETA online e tals. Esperei por isso (o ano já está quase acabando), mas nada aconteceu e o assunto meio que esfriou. Fico na torcida para que realmente aconteça! Afinal, quero voltar lá muitas vezes ainda, he he he he...
      Um super beijo (semana que vem estaremos aí, heim? Se quiser encontrar, é só combinar!!!!)
      Carolina

      Excluir
  2. Que legal, Carol!!!!! Tenho muita vontade de andar em um trem assim, todo arrumadinho!!!! O Canadá é um dos lugares que ainda quero conhecer! E as cidades que você foi também! Eu fico olhando as fotos e vejo o quanto lá é lindo, né?! Tudo limpo, organizado... tenho uma impressão excelente de lá!

    Beijão, Migaaaa!

    http://blogdaana.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Ana, é tudo MUITO limpo e organizado. Tanto que voltei com a vontade de me mudar imediatamente para lá, ha ha ha ha. Foi a primeira vez que isso aconteceu em uma viagem. Eu amo a Turquia, mas nunca cogitei em morar naquele país. Já no Canadá... Hummmm... Ha ha ha ha ha...
      Um super beijo...
      Carolina

      Excluir
  3. Oi, Carol.
    Blog maravilhoso.
    Estou tentando comprar bilhetes on line, para setembro próximo, e não estão disponíveis. Sabes se há um prazo prévio para compra?
    Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jana!!! Tudo bem??? O prazo é de três meses, então não teria problema para setembro. Acabei de entrar no site e simular uma compra de viagem entre 30/09 e 15/10 e ele abriu normal. Você estiver digitando a data? Por que se sim (para mim não abriu a opção de calendário), veja se está colocando o mês primeiro e depois o dia. Foi a única coisa que pensei aqui que poderia estar dando confusão. Espero que você consiga resolver (e eu tenha ajudado).
      Muito obrigada pelo elogio ao blog!!! Uma excelente viagem. Aproveite muito, porque o Canadá é sensacional!!!
      Abraços
      Carolina

      Excluir

Obrigada pela visita. Fique à vontade para dizer o que achou do post... Seus comentários são super bem-vindos... Um super beijo...

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search