domingo, 28 de maio de 2017

Maratona de Ottawa, pelas ruas da capital do Canadá

Olááá! Tudo bem? Em mais um post da série “Eu não fui, mas meu amigo foi” temos o relato sobre a Maratona de Ottawa por Marcelo Jacoto. Hoje foi o dia da edição 2017 dessa prova e Marcelo fez essa corrida no ano passado. Vamos lá? Com vocês, Marcelo...

Maratona de Ottawa: distâncias para todos os gostos e limites

“Você quer correr uma prova internacional, mas ainda não se sente preparado para encarar 42.195 metros? A cidade de Ottawa oferece a opção de meia maratona! Está acompanhando um amigo ou familiar e quer fazer parte da festa? É possível se inscrever nos 10 km! Nunca correu na vida? Não seja por isso! É possível dar os primeiros passos nos 5 ou nos 2 km, além de uma corrida da amizade festiva e gratuita de véspera. Viaja com os filhos? A garotada também pode correr, por que não? Prefere a clássica distância da maratona? Há também os 42 km, claro!

Maratona de Ottawa
Mapa com todos os percursos e patrocinadores da Tamarack Ottawa Race
Essas são todas as distâncias que a cidade de Ottawa, capital do Canadá, oferece dentro de um único fim de semana! Realizada sempre no último fim de semana do mês de maio, durante o verão canadense (e com temperaturas com as quais estamos bem acostumados), a "Tamarack Ottawa Race Weekend" é uma ótima opção para quem planeja correr uma prova de percurso tranquilo, além de visitar um destino que também é próximo de outras cidades turísticas do leste canadense, tais como Montreal, Quebec e Toronto.

Maratona de Ottawa
Propaganda do evento Tamarack Ottawa Race Weekend
Em 2016, o evento conhecido como um "fim de semana de corridas" reuniu aproximadamente 40 mil participantes, sendo 3443 participantes na distância dos 2 km, 734 crianças na corrida infantil, 7644 corredores nos 5 km, 10525 pessoas nos 10 km, 11633 na meia maratona, e, finalmente, 4369 maratonistas nos 42.195 metros. A maratona, a meia e a corrida infantil foram realizadas no domingo 29 de maio, enquanto as demais provas ocorreram ao longo do sábado 28/05, todas com largada e chegada próximas à Prefeitura da cidade. Ainda no sábado houve a realização de um jantar de massas oficial no hotel Marriott. A organização estabeleceu largada em ondas para os 5 km, 10 km e meia maratona. 

Maratona de Ottawa
Largada em ondas paras as corridas...
Durante três dias, a Prefeitura recebeu os corredores de braços abertos, com palco para shows dos mais diversos estilos, banheiros químicos, guarda-volumes e alguns "food trucks". Justificando sua classificação "Gold" junto à IAAF, a Maratona de Ottawa primou pela organização durante todas as fases do evento.

Entrega de kits e feira da Maratona de Ottawa

O local escolhido para a entrega dos kits e a feira da maratona foi o Shaw Centre, um complexo de exposições localizado em uma área central, turística e de fácil acesso. Os kits foram disponibilizados durante três dias no 3°andar do Shaw Centre, enquanto o piso superior foi reservado para uma feira de médio porte.

Maratona de Ottawa
Entrega de kits no Shaw Centre

Na conferência de inscrição na listagem do mural, havia até lupas e "post its" para os corredores localizarem e anotarem o número de peito. Vale ressaltar que todas as informações estão disponíveis em inglês e francês, pois Ottawa faz parte da província de Ontário (cuja colonização predominante é a inglesa) e faz divisa com Gatineau (cidade da província de Quebec, que tem fortes raízes francesas). 

A feira da maratona oferece o merchandising oficial das provas, além de tênis, material esportivo, acessórios, suplementos e estandes de outras maratonas (em sua maioria, de provas canadenses - Toronto, Niagara Falls, Montreal, Edmonton, Vancouver, Quebec - e norte-americanas). Infelizmente, com o atual câmbio, não foi possível aproveitar grandes ofertas.

Maratona de Ottawa
Entrada da Expo
Inscrito na maratona, fui à feira duas vezes. Na segunda vez (sábado), fiz o tour gratuito de ônibus pelo percurso da maratona: em uma hora, foi possível avaliar todo o trajeto, a altimetria, os pontos mais isolados, tudo com comentários de uma guia local. 

Maratona de Ottawa
Ticket para o tour gratuito de ônibus pelo percurso da Maratona

Corrida de 5 Km

Logo após, no final da tarde, fui para a largada dos 5 km para "desenferrujar" para o dia seguinte. Na concentração, o que mais me chamou a atenção foi a presença de muitas crianças dentre os participantes. 

Maratona de Ottawa
Largada para os 5 Km
O percurso foi tranquilo, passando em frente ao Parlamento, à estátua do mítico corredor Terry Fox, em frente ao emblemático hotel Fairmont Château, além de algumas ruas do centro, finalizando às margens do rio Rideau. Na chegada, um kit pós-prova bem farto foi entregue aos corredores. 

Maratona de Ottawa
Passando em frente ao Parlamento

Maratona de Ottawa
Estátua de Terry Fox
A concentração de pessoas vindas da retirada do kit e para a largada dos 10 km transformou a chegada dos 5 km em uma grande e animada festa. 

Maratona de Ottawa
Após a corrida de 5 Km

Maratona de Ottawa


Já quase no início da noite, enquanto me encaminhava para o ByWard Market (uma região agradável e com muitas opções gastronômicas), presenciei muitas pessoas indo para a largada dos 10 km. Apesar de ser a capital do Canadá, Ottawa é uma cidade tranquila, com "clima de interior", e estava bem agitada e tomada por corredores naquele fim de semana.

Maratona de Ottawa
Corredores dos 10 Km
Vale destacar que, na véspera da meia e da maratona, os termômetros subiram muito, passando dos 30° C (temperatura muito alta para o padrão canadense), o que gerou muita preocupação dos atletas, uma vez que a organização da prova chegou a cogitar o cancelamento dos eventos de domingo. 

Felizmente, no final do dia, a meia e a maratona foram mantidas e a organização decidiu por antecipar a largada da meia em uma hora, reforçar a quantidade de postos de hidratação pelo percurso, além de colocar alertas acerca das condições climáticas ao longo de toda a prova. O horário da largada da maratona (7 horas da manhã) não precisou ser alterado.

O dia da Maratona de Ottawa

No dia da maratona, a temperatura esteve mais amena no início da manhã. Após a execução "a capella" do hino "O Canada", foi dado início à maratona na Rua Elgin, uma das principais vias da cidade. A exemplo do percurso dos 5 km, o início do percurso acompanhou as margens do canal Rideau, passando ao lado do estádio TD Place, que abriga o time de futebol do "Ottawa Fury". 

Ainda no início da prova, visualizei o marcador de ritmo de "4 horas" (ele estava correndo descalço!) e não desgrudei mais do grupo que o acompanhava. Havia dois tipos de marcadores de ritmo: os que mantêm um ritmo constante durante toda a maratona, e os que alternam o trote e a caminhada dentro de um intervalo de tempo.

Após os primeiros cinco quilômetros, o percurso da maratona se distanciou do centro de Ottawa, passou pelo bairro de "Little Italy" e seguiu por áreas sem muito movimento, em direção à Gatineau, cidade vizinha à Ottawa. No 9° quilômetro, conheci o colega Eduardo Chachamovich, brasileiro radicado em Montreal, que me acompanhou até a chegada e foi fundamental na manutenção do meu pace durante a maratona. Dentre os participantes, a grande maioria era oriunda de outras cidades do Canadá ou dos Estados Unidos.

Já quase na segunda metade da prova, passamos em frente ao "War Memorial Museum" e adentramos à cidade de Gatineau, permanecendo por 5 km no território da província de Quebec. No retorno à Ottawa, os destaques foram o imperdível Museu da Civilização e a emblemática Ponte Alexandra (com uma bela vista do canal de Rideau e do Parlamento), já na altura do 25° km, com uma leve subida que culmina na praça onde estão localizados a Galeria Nacional de Belas Artes da cidade e a Catedral de Notre Dame

É nesse momento que os atletas da maratona e da meia se separam, sendo que os corredores dos 21 km seguem para os quilômetros finais no centro da cidade, enquanto os maratonistas encaram o trecho mais difícil em New Edinburgh, com várias subidas, em um setor mais isolado, apenas com parques, ciclovias e imponentes embaixadas. 

São quase 10 km em que a concentração e a força mental são fundamentais, haja vista o total de quilometragem percorrido, além do aumento da temperatura. No meu caso, foi extremamente difícil manter o ritmo a fim de perseguir o marcador de ritmo das 4 horas. O calor foi amenizado pelos moradores locais, que faziam questão de apoiar os maratonistas ligando seus irrigadores de jardim ou dando um banho de mangueira nos corredores. Os postos de hidratação também não deixaram a desejar.

O retorno para o centro de Ottawa ocorreu na altura do 38° km, pela Sussex Drive, a maior avenida da cidade, passando por pontos turísticos como a Casa da Moeda (Royal Mint), a escultura "Maman" (uma aranha gigante), o Major's Hill Park e, novamente, a Galeria Nacional de Belas Artes e a Catedral de Notre Dame

Após uma leve subida pela Sussex, o maratonista recebe o entusiasmo e o apoio do público para finalizar o percurso na região do Shaw Centre e do canal Rideau, com repetição de percurso nos últimos dois quilômetros. A chegada é festiva e a dispersão, tranquila e organizada. 

Maratona de Ottawa
Medalhas da Maratona (vermelha) e da Meia Maratona (branca)
Os kits pós-prova e a linda medalha são entregues no Confederation Park e o encontro dos corredores com amigos e familiares é feito no pátio da Prefeitura. 

Maratona de Ottawa
Medalhas de todas as provas

Maratona de Ottawa
Medalhas de Marcelo
Embora tenha me esforçado para manter o ritmo, "bati na trave" no objetivo de conseguir um tempo de "sub 4 horas", finalizando a maratona em exatas 4 horas e 46 segundos de tempo líquido. 

Maratona de Ottawa
Chegada de Marcelo na Maratona de Ottawa
Porém, fiquei muito satisfeito por participar de um evento muito bem organizado e de percurso tranquilo, cuja principal marca é a boa organização.”

Maratona de Ottawa

Marcelo Jacoto


Parabéns pela prova Marcelo! Muito obrigada por seu relato. Eu não participei dessa corrida, mas, ao ler o seu texto, me senti novamente em Ottawa. E isso foi muito bom! Obrigada again!

Espero que você tenha gostado do post escrito pelo Marcelo e, quem sabe, se animado para ir ano que vem. Eu fui a Ottawa no ano passado também e fiquei MUITO apaixonada pela cidade. Tanto que queria voltar para participar dessa corrida este ano, já que é um ano importante para o Canadá: são 150 anos de sua independência. No entanto, não foi desta vez... 

Caso você queira ler mais sobre esse país, fiz um post índice sobre o Canadá (e, em breve, o post do Marcelo estará lá também).

Até quarta-feira

Um super beijo

Carolina


Assine nossa newsletter
Assine nossa newsletter

Está programando uma viagem? Então, compre suas passagens aéreas através dos banners dos parceiros (LATAM e Avianca) do blog Viajar correndo. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a receber uma comissão.

_Promo USA 728x90


Aproveite e reserve também seu hotel através do Booking.com. Clique no banner abaixo e faça sua reserva facilmente...



Pesquise e alugue seu carro através da Rentcars.com. Clique no banner abaixo e consiga as melhores ofertas!

Viajar correndo

E, claro, não se esqueça do seguro viagem... A Seguros Promo é uma empresa que oferece um serviço de comparação de preços de seguro viagem. 


E, ao usar o cupom VIAJARCORRENDO5, você recebe 5 % de desconto no total da sua compra. Ficou interessado? É só clicar no banner acima...



Sobre o Autor:
Carolina Belo Sou Carolina Belo, Bióloga e Turismóloga. Busco sempre ser feliz e ver o lado positivo de tudo o que acontece na vida. Gosto de viajar e participar de corridas pelo mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita. Fique à vontade para dizer o que achou do post... Seus comentários são super bem-vindos... Um super beijo...

Pin It button on image hover