segunda-feira, 19 de junho de 2017

Museu Light da Energia, um espaço para aprender e se divertir

Olááá! Tudo bem? Segunda-feira não é dia de post oficialmente aqui no blog (afinal, estamos juntos aos domingos e às quartas), mas como hoje começa o Museum Week e temos a blogagem coletiva da RBBV sobre museus, aqui estou... E vamos falar sobre o Museu Light da Energia. Mas antes, vamos entender um pouco sobre o Museum Week. Vamos lá?

O que é o Museum Week?

Museum Week é uma campanha mundial para incentivar e promover a integração entre visitantes e museus. Ela acontece no Twitter, através da hashtag #MuseumWeek.

A edição de 2017 começa hoje e vai até dia 25 de junho. Todos os dias a hashtag será utilizada para promover um tema relacionado a museus... Acompanhe por lá... 

Aproveita e segue a gente no Twitter também, he he he he...


Twitter Viajar correndo

O museu escolhido para o Viajar correndo participar dessa blogagem coletiva sobre a #MuseumWeek 2017 foi o Museu Light da Energia. 

Museu Light da Energia

Esse museu apresenta de forma lúdica e interativa, a energia e suas transformações, o fenômeno da eletricidade, sua geração, seus diferentes usos e sua relação com o meio ambiente.


Museu Light da Energia

Eu havia levado meus alunos ao Museu Light da Energia em 2015. No entanto, não pude aproveitar muito, pois precisava ficar atenta não às atividades, mas sim aos alunos, he he he he... Então, utilizei a proposta da blogagem coletiva para voltar lá novamente, como um visitante comum.

Localizado no Centro Cultural Light, o Museu Light da Energia não recebe somente escolas. Há uma visitação guiada que acontece diariamente em dois horários: às 11h15 e às 15h30.


Centro Cultural da Light

Essa visita ocorre com, no máximo, 15 pessoas para que todos possam aproveitar. Não é necessário agendar. Basta chegar um pouco antes e aguardar a presença do monitor.

Caso você chegue cedo, como foi o meu caso, é possível conhecer outras exposições do Centro Cultural Light enquanto aguarda o início da visita guiada ao museu. Inclusive, há uma vitrine com diversos experimentos sobre Física que também pode ser explorada, com a presença do mediador.

Museu Light da Energia

Minha experiência como visitante no Museu Light da Energia

Fui atendida pelo mediador Williams. Ele me apresentou a vitrine enquanto eu aguardava a chegada de mais algum visitante. Quando deu a hora, não havia mais ninguém, então, ele me levou ao espaço do Museu Light da Energia, propriamente dito. E foi ótimo, pois havia muitas novidades desde a minha última visita...


Museu Light da Energia

A entrada já chamou atenção. Era um túnel com muitas luzes... Eu nem gosto, né? Esse ambiente sensorial tem a função de despertar o visitante. 


Museu Light da Energia

Em seguida, passamos pela Sala Light, com o mapa da área de concessão da Light e informações variadas.


Museu Light da Energia

O terceiro espaço já foi o do Circuito da Energia

Circuito da Energia

Um espaço com experimentos, jogos e maquetes que falam sobre a questão da energia.

Começamos na Esfera de Plasma. Lá é explicado sobre os estados da matéria. Além disso, o mediador explicou sobre o caso do “gato” (roubo de energia) de uma forma que eu nunca tinha refletido. Achei bem interessante. 


Museu Light da Energia

Passamos pelo Gerador a Manivela. Esse experimento demonstra o princípio de geração de energia elétrica. Muito bom para as pessoas verem na prática o que, muitas vezes, só se ouve falar.


Museu Light da Energia

Em seguida, fomos para a maquete feita de peças de Lego. Ela mostra as etapas do sistema elétrico, desde a produção (hidrelétricas, energia eólica e energia solar) até a chegada às residências. É interessante, pois há luzes que vão indicando esse caminho.

No jogo da Casa Maluca é estimulada a reflexão sobre o desperdício de energia. Com isso, são discutidos tópicos sobre a economia de energia.


Museu Light da Energia

Há um livro digital (Livro Mágico) que informa e ilustra sobre a matriz energética mundial, além de mostrar as fontes de geração de energia.

Lendo a conta de luz” simula o consumo de energia e mostra os campos da conta. É legal para aquelas pessoas que nunca pararam para analisar sua conta de luz.

Há mais um jogo no local, o Quiz da Energia. Nele os visitantes podem checar seus conhecimentos sobre o tema. 


Museu Light da Energia

Ao lado do Circuito da Energia, há o Circuito Cidade Inteligente. Eu não visitei esse circuito desta vez. Só quando fiz a Oficina para os Professores.  Ele é um ambiente cenográfico onde é possível conhecer como funciona a distribuição de energia elétrica na rua e acompanhar o consumo de uma casa, com destaque para equipamentos eficientes e dicas sobre hábitos de consumo.

Acabando a sua visita, uma opção pode ser visitar o Espaço Multimídia. São duas telas sensíveis ao toque onde o visitante pode escolher entre uma linha do tempo sobre as descobertas e novidades do mundo da eletricidade ou conhecer o site do Museu Light da Energia.

Para os adeptos de uma lembrança, o cartão virtual é uma boa pedida! A foto tirada é enviada por e-mail.

Informações importantes

O Centro Cultural Light está na Avenida Marechal Floriano 168, no Centro do Rio. 

Como chegar?

A melhor maneira é o Metrô. É só descer na Estação Presidente Vargas e pegar a saída para a Av. Marechal Floriano. O Centro Cultural Light está bem próximo.

Também há diversos ônibus que passam na Avenida Presidente Vargas e até mesmo na Avenida Marechal Floriano. E só consultar o site Vá de Ônibus.

O VLT da Linha 2 também pode ser uma opção, mas a estação que seria a mais próxima (Central) ainda está em obras. Então, será necessário descer na estação Saara e ir a pé (não é longe).

Espero que você tenha gostado do Museu Light da Energia!


Museu Light da Energia


Até quarta-feira.

Um super beijo

Carolina


0


Como disse, no início, este post faz parte da blogagem coletiva #MuseumWeek da Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem. Então, não deixe de conferir os posts dos outros blogs participantes. Seguem os links aqui:

Trilhas e Cantos: Museu Casa dos Contos, em Ouro Preto, Minas Gerais.

Tá indo pra onde?: Museus e experiências além do básico em Barcelona 

Mariana Viaja: National Gallery of Art, em Washington

Turistando.in: Visitando o Museu de História da Arte de Viena (Kunsthistorisches Museum)

Vamos Por Aí: Meus Museus Favoritos

Guia do Nômade Digital: Galeria 11/07/95: Galeria sobre o Genocídio na Bósnia e Herzegovina

Uma Viagem Diferente: 4 Museus Imperdíveis em Florença;

Quase Nômade: Museu Iberê Camargo, em Porto Alegre;

Gastando Sola Mundo Afora: Museo de Arte Precolombino de Cuzco

Passeios na Toscana; Florença do alto: as Torres abertas à visitação

Cantinho de Ná: Museu do Futebol em São Paulo: paixão, história e entretenimento

Destino Compartilhado: Museu Lasar Segall

Entre Polos: Museu Nacional do Hermitage - São Petersburgo - Rússia

Do RS para o Mundo: Centro Português de Fotografia - Porto/Portugal

Mulher Casada Viaja: Exploratorium - Museu de São Francisco, Califórnia

TurMundial: Museu do Picasso em Málaga, Barcelona e Antíbes

Monday Feelings: Museus de graça na Itália todos os primeiros domingos do mês;

Farrabadares: Memorial São Nikolai em Hamburgo; 

Itinerário de Viagem: MET Museum em Nova Iorque

Viajar hei: Museu Imperial - Petrópolis - Rio de Janeiro; 

Sol de Barcelona: Museu Olímpico e do Esporte - Barcelona;

Família Viagem: Children’s Museum of Houston - Texas com crianças;

Muita Viagem: Museu Casa Pueblo - Punta Ballena, Uruguai

Viaje na Web: American Museum of Natural History - Museu de História Natural de Nova York

Aquele Lugar: Museus do Vaticano - Roma - Itália

Viagem LadoB: Ilha dos Museus - Berlim

Viajento: Museo Santuarios Andinos - Arequipa, Peru;

MEL a Mil pelo Mundo; Museo de Ciências Naturais de Madrid

Caixa de Viagens; Museu Charlie Chaplin: o Chaplin’s World em Vevey, Suíça

Let's Fly Away: Museu Botero, Bogotá, Colômbia

Viajo com filhos: Nemo Science Museum, em Amsterdã, Holanda

Sonhando em Viajar: Catetinho, em Brasília, Brasil

Viajoteca: Batik na Indonésia: Museu Têxtil em Jakarta, Indonésia

Mochileza: Museu do Automóvel de Turim, Itália

Comendo Chucrute e Salsicha: Museu de Arte Latino-Americana de Buenos Aires, Argentina

1001 Dicas de Viagem: Museu Histórico de Berna, Suíça

Estrangeira: 8 Museus Imperdíveis em Barcelona, Espanha

Devaneios de Biela: Museu Nacional da Finlândia em Helsinki

ILoveTrip: Top 7 Museus em Brasília que você precisa conhecer

Me Deixa Ser Turista: Conheça o Museu da Revolução, em Havana

A Fragata Surprise: Museus de Florença - Guia de Sobrevivência

Direto de Paris: Os Museus de Troyes

A Vida é Como Um Livro: Galeria Nacional da Noruega; 

Dedo no Mapa: Museu Paranaense;

Ligado em Viagem: Beco do Batman é museu de grafite e arte de rua em São Paulo



Assine nossa newsletter
Assine nossa newsletter

Está programando uma viagem? Então, compre suas passagens aéreas através dos banners dos parceiros (LATAM e Avianca) do blog Viajar correndo. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a receber uma comissão.

_Promo USA 728x90


Aproveite e reserve também seu hotel através do Booking.com. Clique no banner abaixo e faça sua reserva facilmente...




Pesquise e alugue seu carro através da Rentcars.com. Clique no banner abaixo e consiga as melhores ofertas!

Viajar correndo

E, claro, não se esqueça do seguro viagem... A Seguros Promo é uma empresa que oferece um serviço de comparação de preços de seguro viagem. 


E, ao usar o cupom VIAJARCORRENDO5, você recebe 5 % de desconto no total da sua compra. Ficou interessado? É só clicar no banner acima...



Sobre o Autor:
Carolina Belo Sou Carolina Belo, Bióloga e Turismóloga. Busco sempre ser feliz e ver o lado positivo de tudo o que acontece na vida. Gosto de viajar e participar de corridas pelo mundo.

27 comentários:

  1. Já passei por lá, mas nunca entrei. Da próxima vez que passar na porta não deixarei passar.

    ResponderExcluir
  2. Confesso que não conhecia o Museu Light no Rio, mas fiquei super curiosa para visitar depois de ler o seu post! :)

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pelo post. Parece ter sido uma visita eletrizante!! ;)

    ResponderExcluir
  4. Que interessante! Adorei! Eu não sabia desse museu. Fiquei com vontade de conhecer.

    ResponderExcluir
  5. Que vergonha! A carioca aqui não conhecia esse museu rsrs Adorei o post.

    ResponderExcluir
  6. Adoro museus de ciência! Tenho certeza que vou curtir demais este. Já anotado para uma próxima visita ao Rio! :D

    ResponderExcluir
  7. Que interessante, Carol. Para ver como qualquer assunto pode render um museu super interessante, né? Adorei a dica! :D

    ResponderExcluir
  8. Parece ser bem interessante, cheio de tecnologia!

    ResponderExcluir
  9. Nossa, que interessante! Não conhecia esse museu!
    Adorei! Obrigado por compartilhar

    ResponderExcluir
  10. Que espaço ótimo para se conhecer! Gostei muito do relato!!

    ResponderExcluir
  11. Muito legal, Carol! Um passeio bem alternativo no Rio.

    ResponderExcluir
  12. Ai que legal Carolina! Bom saber sobre este museu! O Itinerário de Viagem adorou o post! bjbj

    ResponderExcluir
  13. A eletricidade é fascinante, não tem curioso que resista a um museu desse!

    ResponderExcluir
  14. Adorei, muito importante e interessante esse museu, parabéns pelo post! Estando no Rio, com certeza irei visita-lo!

    ResponderExcluir
  15. Carolina, meu filho iria amar este museu! Pena que acabamos de voltar do Rio, mas numa próxima visita certamente este museu estará na nossa lista!

    ResponderExcluir
  16. Eu acho que meu pequeno vai amar esse museu! Super interessante!

    ResponderExcluir
  17. Interessante! Nunca tinha ouvido falar!

    ResponderExcluir
  18. Não conhecia este museu e até fiquei me perguntando se ele existia qdo morei no Rio. Ótimo post.

    ResponderExcluir
  19. Bem legal esse museu, mas gostei também de conhecer seu blog, com essa temática de corridas. abraços!

    ResponderExcluir
  20. Bem interessante, as crianças devem gostar de aprender assim!!!

    ResponderExcluir
  21. Muito bacana!! Não conhecia esse museu.

    ResponderExcluir
  22. Oi, Carol! Deve ser mesmo muito interessante fazer esta visita guiada. Bela dica para uma visita mais cultural ao Rio. Bj

    ResponderExcluir
  23. Amei este museu. Acredita que eu nunca tinha ouvido falar?

    ResponderExcluir
  24. Oi Carol, não fazia ideia da existência desse museu. Super legal! Já vou mostrar pro meu marido, que vai adorar conhecer. Boa dica. Bj

    ResponderExcluir
  25. Oba, mais um museu interessante para a minha lista :)

    ResponderExcluir
  26. Que legal Carolina! Não sabia da existência desse museu!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. Fique à vontade para dizer o que achou do post... Seus comentários são super bem-vindos... Um super beijo...

Pin It button on image hover