07 fevereiro 2016

Atacama - Um dia no Salar de Tara

Olááá! Tudo bem? Hoje é o nosso último post sobre o Atacama. Nossa, foi uma overdose, né? No entanto, penso que valeu a pena, não? Lugar lindo, incrível, maravilhoso e outros milhões de adjetivos para caracterizar esse local. Para terminar, vamos ao Salar de Tara, um dos passeios considerados como imperdíveis por lá.

Mesmo tendo dormido tarde por conta do Tour astronômico, acordamos bem. Tomamos café no hotel e às 8 horas nosso guia foi nos buscar. Era uma van e o tour já contava com 4 pessoas. Passamos pela cidade para buscar mais uma e partimos em um caminho diferente de todos os outros passeios.


Café da manhã no deserto

Em pouco tempo, fizemos uma parada em Vegas de Quepiaco para o café da manhã, um mirante que permite observar a área alagada pelas águas do rio Quepiaco
Como ir ao Salar de Tara no Atacama
Vegas de Quepiaco 
Enquanto o guia organizava as coisas do café, fomos explorar o ambiente. Lugar imperdível...
Como ir ao Salar de Tara no Atacama
Tati e eu, no aguardo do café...

Como ir ao Salar de Tara no Atacama
O mundo e eu...
Como ir ao Salar de Tara no Atacama
Flamingos em paz...
Nem comi muito no café, pois havia comido bem no do hotel. 

Ficamos conversando com o pessoal do tour e conhecemos um casal de brasileiros, Bruna e Diego, que estavam em lua de mel... Que bonito!!!! E eles também correm, olha que fantástico! Então, claro, assunto não faltou, ha ha ha.
Como ir ao Salar de Tara no Atacama
Café da manhã
Voltamos para a estrada e sobe, sobe, sobe... A próxima parada foi em Monjes de la Pacana, um conjunto de esculturas naturais formadas pelas cinzas compactadas de vulcões e pela erosão dos ventos e outros agentes naturais.
Monjes de la Pacana no Atacama
Monjes de La Pacana ao fundo! Mas estou mais preocupada em evitar a entrada do "vento perverso"
Aproveitamos e tiramos foto na mais famosa delas: a Pedra do Índio.
Monjes de la Pacana no Atacama
Pedra do Índio ao fundo...

Monjes de la Pacana no Atacama
Nós e o mundo... Faltou a Tati...
O guia nos perguntou se queríamos ir ao banheiro, pois ali era o local. Onde?????? Na natureza...


IMPORTANTE
Não se esqueça de levar papel higiênico. Não há banheiros oficiais em nenhuma das paradas que são feitas.

Seguimos até o Mirante do Salar de Tara. De lá, foi possível observar as Catedrais de Tara, formações rochosas gigantes que compõem um cenário lindooooooooo... 
O que fazer no Atacama Salar de Tara
A vida brota de onde menos se espera...
Depois de um tempo e MUITAS fotos, o guia nos levou até essas catedrais e pudemos explorar mais um pouquinho...
O que fazer no Atacama Salar de Tara
Mais vida...

O que fazer no Atacama Salar de Tara
Mirante do Salar...

O que fazer no Atacama Salar de Tara
Nessa aridez, uma planta...
O que fazer no Atacama Salar de Tara
"Dora", ops, "Carolina exploradora".

Salar de Tara

O guia levou o carro para estacionar e arrumar o nosso almoço e, enquanto isso, nós fomos descendo e vendo o Salar de Tara propriamente dito. LUGAR IMPRESSIONANTE!!!!!! 
O que fazer no Atacama Salar de Tara
Paisagem incrível...
Há um caminho demarcado que permite que o turista caminhe um pouco mais próximo da lagoa. Eu não consegui passar por lá, porque estava de-ses-pe-ra-da para ir ao banheiro de novo (nesse local é atrás da casinha onde ocorre o almoço).
O que fazer no Atacama Salar de Tara
Os flamingos... Muito melhor que no Salar de Atacama...
O almoço foi composto por abacate, frango, arroz, tomate, pão e alimentos enlatados (palmito e milho). Para beber, Coca-Cola, suco e vinho. 
O que fazer no Atacama Salar de Tara
Almoço no Salar de Tara
Comi educadamente, pois eram muitas pessoas para pouco alimento, he he he he he...


O Salar de Tara não cobra entrada (adoroooo) e está a 4500 metros de altitude. Foi o mais alto que atingimos. O guia nos instruiu a não fazermos movimentos muito bruscos, para não termos problemas com a atitude elevada. 

Mesmo tomando meu “remédio amigo” Sorojchi, confesso que me senti meio mal na volta. No carro, começou a me dar arrepios, vontade de vomitar e a sentir um calor absurdo. 

Pedi que o guia diminuísse a temperatura porque estava derretendo, mas ele abriu as janelas. Fiquei meio com vergonha, por causa dos outros passageiros, mas eu estava mal mesmo. 

Aí comecei a concentrar nas músicas que estavam tocando. Graças a Deus, as músicas eram conhecidas (na ida foi um repertório em Espanhol e desconhecido!). Até pararmos no Mirante Licancabur, fui concentrada cantando (calma, mentalmente, pois ninguém merece ouvir Carolina Belo cantando, he he he).


Mal das alturas
Amigo...
Fizemos uma parada para observar o vulcão Licancabur no Mirante de mesmo nome. 
O que fazer no Atacama Salar de Tara
Visto na ida, de dentro da van...
Estava ainda meio mal, mas já sabia que estávamos próximos de San Pedro do Atacama. 
O que fazer no Atacama Salar de Tara
Ainda meio baqueada...
Chegamos a San Pedro às 17 horas. Depois de um bom banho e um período de descanso, fomos caminhar pela cidade e decidimos comer massa! 

Optamos pela Pizzaria El Charrua após a indicação da menina que trabalhava no Restaurante Solcor (olha que bom, um indica o outro). Foi uma excelente escolha. 
Onde comer no Atacama
O lugar é pequeno, com pouquíssimas mesas, mas o atendimento foi maravilhoso e a comidaaaaaa... Ai, não gosto nem de lembrar, pois me dá vontade... Hummm... 

Como sobremesa, fomos à sorveteria Babalu. As atendentes eram bolivianas e foram super simpáticas, deram muitas amostras grátis... 
Onde comer no Atacama
Havia lido que não deveríamos deixar de experimentar o sorvete de algarroba. Bom, pela amostra grátis eu não gostei. Optei por ciruela, um pouco azedinho...
O que fazer no Atacama Salar de Tara
Alguns sabores locais... O Roxo é de um cactus (mas não gostei...)

Volta para casa... Despedida do Atacama

Dia seguinte, foi dia de voltar a Calama e depois a Santiago para esperar o nosso voo de volta para casa no dia seguinte... MUITAS horas de espera no aeroporto, sem wi-fi, sem lugar decente para dormir... 

Então, como disse no post anterior, vale a pena ficar no Holiday Inn em frente ao aeroporto para um banho e para esticar as pernas... E, importante, não estou ganhando nenhuma comissão por indicar o hotel, ha ha ha. Apenas porque vai facilitar muito a espera.
O que fazer no Atacama Salar de Tara
A primeira pizza da longa espera...
Com isso, terminamos a nossa viagem pelo Atacama... Ainda não vimos tudo, pois eu queria ter ido ao Vale do Arco Íris, a Piedras Rojas e fazer o Trekking Guatin, mas valeu a experiência. Hummmm, isso significa que... Ha ha ha... 

Espero que tenha gostado de todo o passeio. Caso tenha alguma dúvida, só perguntar aqui nos comentários que eu terei a maior alegria em responder...

Até quarta-feira...

Um super beijo

Carolina


Para mais posts sobre a viagem para o Atacama, acesse:

Precisando de hotel no Atacama ou em qualquer outro lugar? 
Reserve usando o link do blog. 
Você não paga a mais por isso e ainda ajuda o Viajar correndo a receber uma comissão.
Booking.com

Receba conteúdo exclusivo

Assine nossa newsletter



Reserve nos parceiros do blog Viajar correndo:

Produtos com desconto


Sobre o Autor:
Carolina Belo Sou Carolina Belo, Bióloga e Turismóloga. Busco sempre ser feliz e ver o lado positivo de tudo o que acontece na vida. Gosto de viajar e participar de corridas pelo mundo.

8 comentários:

  1. Realmente Carol, a viagem foi fantástica.Grata satisfação termos ido!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim... E quando me lembro de que cogitamos cancelar... Ainda bem que seguimos adiante, apesar de todas as confusões, he he he he...
      Super beijo...
      Carol

      Excluir
  2. Bom dia Carol.
    O lugar é realmente de tirar o folego, pena que meu medico sugeriu que Eu evite excesso de Sal...risos.
    Imagens maravilhosas, aumentou minha vontade de visitar San Pedro.
    Beijos
    Luiz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ha ha ha ha, Luiz... Basta beber muita água que "o sal vai se dissolver" e você poderá aproveitar tudo o que o deserto tem a oferecer, he he he...
      Um super beijo...
      Carol

      Excluir
  3. Eu imagino o forno que deve ser esse deserto do Atacama
    Bom carnaval.
    Big Beijos
    Blog LULU ON THE SKY

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha Lulu, eu achei que seria muito mais infernal. A gente ia aos passeios como uma cebola, já que saía cedo e era frio. À medida que o dia ia passando, a gente ia tirando as camadas, ha ha ha ha ha...
      Obrigada pela visita e pelo comentário...
      Um super beijo
      Carol

      Excluir
  4. Carol fantástico nosso passeio, em pensar que fui eu o mais resistente em confirmar a viagem após o cancelamento da corrida.
    Show, parabéns!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Viu como foi bom ir? Agora temos que pensar em uma próxima aventura!
      Super beijo
      Carolina

      Excluir

Obrigada pela visita. Fique à vontade para dizer o que achou do post... Seus comentários são super bem-vindos...
Responderei o mais breve possível! Então, volte para ver sua resposta. Ou então, bem mais fácil: marque o "notifique-me" para ser avisado por e-mail quando o seu comentário for respondido.
Um super beijo...

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search