25 agosto 2018

O que fazer em Kutná Hora em um bate e volta a partir de Praga

Olááá! Tudo bem? Hoje voltamos à República Tcheca para visitarmos Kutná Hora. Todo mundo fala sobre o Ossuário de Sédlec. No entanto, Kutná Hora tem muito mais para se ver e fazer. Vamos lá?


O que fazer em Kutná Hora
Catedral de Santa Bárbara

Um pouco da história de Kutná Hora

A história dessa cidade está relacionada com a mineração de prata. A exploração começou no século XIII. A cidade atual era só uma vila pequena na época. As minas atingiam 600 metros de profundidade e eram as minas mais profundas do mundo.

A atividade de mineração durou até o século XVIII. Foi retirada tanta prata em Kutná Hora que correspondeu a um terço de toda a produção europeia, acredita?

Graças à prata, Kutná Hora tornou-se a segunda cidade mais importante da Bohemia, atrás somente de Praga.

Em 1995, Kutná Hora e seu centro histórico foram incluídos na lista de Patrimônio da Humanidade da UNESCO.

O que fazer em Kutná Hora

Começamos a visita a Kutná Hora pela Catedral da Assunção de Nossa Senhora e São João Batista.
O que fazer em Kutná Hora
Ela é a catedral mais antiga construída na Europa Central. Aliás, é a primeira igreja em estilo gótico na região da Bohemia. Não entramos porque queríamos conhecer o famoso Ossuário de Sedlec...
O que fazer em Kutná Hora
O Ossuário de Sedlec, conhecido também como Capela dos Ossos, está localizado abaixo do Cemitério e da Igreja de Todos os Santos.
O que fazer em Kutná Hora
É um local decorado com ossos humanos.
O que fazer em Kutná Hora
Estima-se que há, aproximadamente, ossadas de 50000 pessoas.
O que fazer em Kutná Hora
O Cemitério de Todos os Santos foi o local onde milhares de pessoas foram sepultadas devido à peste negra e as Guerras Hussitas.

Uma igreja gótica foi construída no centro do cemitério, por volta de 1400, com uma capela subterrânea que deveria ser utilizada como ossuário. Afinal, muitas ossadas foram retiradas para a construção da igreja.

No século XIX, uma pessoa foi contratada para organizar os ossos. E ele organizou... Fez um gigantesco candelabro, que contém TODOS os ossos do corpo humano. 
O que fazer em Kutná Hora
Além disso, há um brasão de família e um monte de ossos empilhados.
O que fazer em Kutná Hora
Para ver um pouco do Ossuário de Sedlec, confira o vídeo...



Inscreva-se no Canal Viajar correndo para não perder as novidades...

Apesar de ter toda essa história relacionada, confesso que me arrependi profundamente de ter entrado... Um dinheiro gasto à toa.

Depois dessa frustração, fomos até o Centro de Kutná Hora. A ideia era pegar o trem, mas como ele demoraria uma hora (em breve, teremos um post sobre a questão do trem), resolvemos ir andando, beirando a linha do trem. 
O que fazer em Kutná Hora
O trajeto foi de apenas 1,3 km. Achei bem válido. Melhor que ficar no sol esperando uma hora pelo trem...
O que fazer em Kutná Hora
A primeira providência foi encontrar um lugar para almoçar. Já alimentados, fomos explorar a cidade...

Chegamos a um mirante próximo a Igreja de São James. Que vista magnífica...

A Igreja de São James era conhecida como a Igreja Alta devido à sua altura (mais de 80 metros). Como estava tendo um casamento, não deu para entrar.

A Igreja de São James é a primeira Igreja de Pedra em Kutná Hora.
O que fazer em Kutná Hora
Seguimos andando em busca daqueles locais que vimos do mirante...

Passamos primeiro pelo Colégio Jesuíta. Apesar do nome, ele funciona como uma galeria da região da Bohemia Central. Na verdade, a segunda maior galeria da República Tcheca, exibindo artes dos séculos XX e XXI.
O que fazer em Kutná Hora
Colégio Jesuíta à esquerda
Seguimos pela Via Barboská e vimos as várias esculturas que há naquele lugar. 
O que fazer em Kutná Hora
Vimos a entrada da Capela de Corpus Christi. Não entramos, mas o subsolo da capela é um local gótico dos séculos XIV e XV originalmente desenhada como um ossuário. É uma das poucas estruturas preservadas da era do Gótico Tardio.

No final da Via Barboská, nos deparamos com uma construção MA RA VI LHO SA! A Catedral de Santa Bárbara.
O que fazer em Kutná Hora
A construção da Catedral de Santa Bárbara começou em 1388, mas só foi concluída em 1906.
O que fazer em Kutná Hora
Como há vários banquinhos, aproveitamos para descansar por um tempo e aproveitar aquela vista...

Hora de voltar à realidade... Passamos rapidamente pelo Pátio Italiano e seguimos para o Museu Tcheco da Prata. 
O que fazer em Kutná Hora
Pátio Italiano

O que fazer em Kutná Hora
Pátio Italiano
Foi ali que senti uma forte tristeza por ter entrado no Ossuário de Sedlec. O tempo gasto no Ossuário poderia ter sido poupado e nós teríamos mais tempo para fazer um dos seguintes passeios oferecidos no Museu Tcheco da Prata.

O Museu Tcheco da Prata é uma fortificação do século XIII convertida em um castelo fortificado. Ele oferece duas exposições: 
  • Tour I: A Torre de Prata;
  • Tour II: O Caminho da Prata (inclui visita à mina medieval).

Como já estava tarde, não havia mais vaga para nenhuma das duas opções. Mas penso que o segundo tour deva ser fenomenal. 

Seguimos em direção à Fonte de Pedra, uma fonte Gótica criada como parte da distribuição de água de Kutná Hora por volta de 1495.
O que fazer em Kutná Hora

O que fazer em Kutná Hora
Próxima à Fonte de Pedra está a Igreja de São João Nepomuceno. Ela é uma igreja barroca com fachada decorada com estátuas de St. Adalberto e São Procópio.
O que fazer em Kutná Hora
Dali foi só descer até a estação de trem de Kutná Hora para pegar o trem de volta à Praga...
O que fazer em Kutná Hora

Algumas curiosidades sobre Kutná Hora

Desde 2017, fumar é proibido em locais públicos fechados.

A cidade oferece pianos nas ruas. Você simplesmente pode parar e tocar sua música. Não é interessante? Eu não arrisquei, mas um menino parou e tocou lindamente...

Espero que tenha gostado de Kutná Hora. Conte aqui nos comentários o que você achou! Vou adorar saber...

Em breve, como disse, vou publicar um post sobre como ir até Kutná Hora. Sim, porque isso é um capítulo a parte...
Até amanhã

Um super beijo,

Carolina
...

Receba conteúdo exclusivo

Assine nossa newsletter



Reserve nos parceiros do blog Viajar correndo:

Produtos com desconto


Sobre o Autor:
Carolina Belo Sou Carolina Belo, Bióloga e Turismóloga. Busco sempre ser feliz e ver o lado positivo de tudo o que acontece na vida. Gosto de viajar e participar de corridas pelo mundo.

Postar um comentário

Obrigada pela visita. Fique à vontade para dizer o que achou do post... Seus comentários são super bem-vindos... Um super beijo...

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search