quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

Corrida e viagem, uma combinação completamente possível

Corrida e viagem

Sabe aquela ideia de férias na qual a pessoa fica naquele marasmo na praia vendo a vida passar? Para um grupo de pessoas, essa não é a imagem ideal. O bom mesmo é viajar para exercitar-se, agregando corrida e viagem. Bom mesmo é viajar para correr.

Vai viajar para participar de uma corrida? Fique atento às dicas:

Planejamento

Uma viagem que tem por objetivo principal a corrida não é como a de outros turistas “comuns”. Envolve planejamento do que será realizado de passeios e atrações turísticas, como todas as viagens. No entanto, envolve também planejamento relacionado ao próprio evento esportivo. 

E esse planejamento começa muito cedo, pois envolve prazos de inscrições, treinos, logística de hospedagem e transporte para a largada, entre outras particularidades inerentes ao ato de correr.

Fuso Horário

Cuidado com o fuso horário. Um fuso com uma ou duas horas de diferença pode não fazer um estrago muito grande no desempenho do corredor. No entanto, um fuso maior que isso sim. 


Corrida
Diferenças no fuso horário podem afetar o corredor. Indo ao Egito pude notar bem isso... Enquanto aqui no Brasil ainda eram 3h da manhã, nós já estávamos no horário de 7h.

Sendo assim, o ideal é chegar com antecedência de três a quatro dias para adequar o sono ao fuso horário. Algumas pessoas também começam a mudar seus hábitos ainda no Brasil: dormir e comer mais cedo ou mais tarde, para que a chegada ao país da corrida seja menos traumática.


Clima

Essa mudança também pode ser sentida se o clima do local for muito diferente ao clima do local dos treinos. Por isso, nesses casos, recomenda-se a chegada ao local da corrida com mais dias de antecedência ainda (uma semana, por exemplo).


Corrida
Temperaturas e climas diferentes também podem afetar o corredor

Proximidade do hotel com a largada da corrida

Muitos falam para que o hotel seja próximo à largada. Excelente, quando a largada é realizada em um bairro tranquilo da cidade. Às vezes, como na Maratona de Montevidéu, a largada é realizada em um ponto que não há muito movimento à noite. Então, nesse caso, não é bom para o viajante ficar hospedado próximo à largada, uma vez que nos outros dias o local é meio deserto. 

Sendo assim, vale a pena hospedar-se um pouco distante e ir à largada de táxi ou de transporte público, caso ele esteja disponível (verifique com antecedência, para não ter surpresas desagradáveis).


Café da manhã no hotel no dia da corrida

Verifique se o hotel oferecerá café da manhã em um horário diferenciado para os participantes da corrida. Caso isso não aconteça, passe em um supermercado e garanta tudo o que você precisará para o café da manhã no dia da corrida. O que não pode é ficar sem tomar o café da manhã no dia da prova.


Corrida
Calma!!! Esse não é o café da manhã adequado antes de uma prova... Foi só para ilustrar...


A Expo da Prova


Visite a expo da prova. Algumas possuem produtos que realmente estão com descontos maravilhosos.


Corrida
Expo da Maratona de Atenas

Jantar de Massas

Verifique se haverá um jantar de massas oferecido pela organização. Quando não há um especificamente organizado por eles, pode ser que haja parceria com restaurantes locais. É bom conferir, pois, geralmente, os preços dos pratos são mais em conta.


Alimentação

Falando em comida, MUITO CUIDADO com a alimentação. A tentação dos pratos típicos do local onde será realizada a prova pode ser algo muito forte, MASSSSS, EVITE! Assim como os corredores de longas distâncias, seja "resistente" e mantenha-se longe deles pelo menos até o dia da prova. 

Lógico que os organismos são diferentes e algumas pessoas não possuem esse tipo de problema, mas, por que arriscar todo um planejamento por alguns momentos de prazer sensorial com a comida? Deixe para experimentar as novidades depois da corrida. Você poderá aproveitar muito mais esse momento.


Benefício dos aplicativos

Utilize aplicativos para facilitar a sua vida no local. Hoje, a maior parte das pessoas possui um smartphone que possibilita baixar aplicativos. 

Eles podem ser muito úteis para o acesso ao mapa do lugar e também para a questão do deslocamento. Isso porque há aplicativos que informam sobre linhas de metrô e de ônibus da cidade. 

Em casos de provas no exterior, eles também facilitam a vida na questão do idioma. E o melhor: alguns não precisam de internet para nos fornecer todas essas informações, ou seja, tudo disponível offline para você. 

No entanto, vale ressaltar que dependendo do local, não é porque você é um turista que pode ficar exibindo o celular para lá e para cá. Cuidados com segurança sempre são fundamentais em uma viagem.


Documentação para retirada de kit e para participar da corrida

Cheque o que é necessário para a retirada do kit. Algumas corridas exigem o preenchimento de ficha médica em modelo próprio, já outras exigem um atestado médico (que no caso de provas internacionais, se não for no idioma oficial do país da prova, deve ser em Inglês).

Além disso, é bom ficar atento às exigências das provas. Algumas pedem certos materiais que são obrigatórios para a participação. E há checagem disso na entrega do kit e, às vezes, no dia da corrida. Já pensou em desperdiçar todo um período de treinamento e privações por um erro desses?


Arrumação das malas

Leve na mala de mão a roupa que irá usar na corrida. Caso aconteça algum imprevisto com a sua mala despachada, a roupa da corrida está garantida para o dia da prova e você não terá outras “surpresas” por usar materiais novos na corrida.


Organização dos passeios na cidade

Planeje antecipadamente tudo o que você quer fazer na cidade. Para isso, recorra à internet, a guias turísticos e a revistas especializadas.  Assim, você fica sabendo dos eventos que acontecerão no local na época em que você for correr e as possíveis atrações que você poderá visitar.

Na hora de montar o roteiro de passeios e atrações, priorize antes da corrida atividades menos cansativas (que não necessitem de longas caminhadas ou que exijam muito tempo em pé). Além disso, quanto mais próximas do hotel forem essas atividades, melhor. Passou a corrida? Aí sim, liberado para a andança.

Dependendo da atração que você deseja visitar, talvez seja necessário comprar os ingressos com antecedência. Verifique sobre isso no site da própria atração e, se for o caso, já garanta a sua ida. Assim, você não perde tempo em filas e não corre o risco de os ingressos esgotarem-se.

Cuidados com a saúde

Tente programar a sua volta em um dia diferente da prova, principalmente se a mesma acontecer por meios aéreos e que tenham longa duração. Isso porque em viagens de avião pode ocorrer a trombose venosa profunda, uma condição em que há a formação de um coágulo sanguíneo (geralmente na perna) que pode se deslocar pela corrente sanguínea atingindo órgãos vitais.


Última dica

Para terminar, busque informações em blogs especializados ou com amigos que já vivenciaram a experiência de fazer a sua prova-alvo. Isso porque, como você já viu, uma viagem para correr envolve variáveis diferentes de uma viagem comum e a ajuda de pessoas que são mais experientes pode te poupar de problemas e de momentos desagradáveis. Afinal, nada melhor do que quem conhece bem o local para fornecer informações que podem fazer uma grande diferença para planejar seus dias na cidade.

Bom, espero que tenha gostado das reflexões e das dicas. Aproveito para dizer que tem dois vídeos lá no YouTube sobre o assunto Corrida e Viagem... Vou colocar a Parte 1 dele aqui. O link para a Parte 2 está na própria Parte 1... Corre lá para conferir... 




E você? Há alguma outra sugestão em relação ao tema? O que você acha importante em uma viagem para participar de corrida? Fique a vontade para responder nos comentários. 

Ahhhhhhh, a partir de domingo, teremos... DESERTO DO ATACAMA!!!!!!!! Simmmmmmmm, estou aqui e vou compartilhar com vocês essa super aventura!!!!!!!!!!!!!

Até domingo,

Super beijo

Carolina



Assine nossa newsletter
Assine nossa newsletter

Está programando uma viagem? Então, compre suas passagens aéreas através dos banners dos parceiros (LATAM e Avianca) do blog Viajar correndo. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda o blog a receber uma comissão.

_Promo USA 728x90


Aproveite e reserve também seu hotel através do Booking.com. Clique no banner abaixo e faça sua reserva facilmente...



Pesquise e alugue seu carro através da Rentcars.com. Clique no banner abaixo e consiga as melhores ofertas!

Viajar correndo

Sobre o Autor:
Carolina Belo Sou Carolina Belo, Bióloga e Turismóloga. Busco sempre ser feliz e ver o lado positivo de tudo o que acontece na vida. Gosto de viajar e participar de corridas pelo mundo.

24 comentários:

  1. Muito obrigada Carol pela matéria! Adorei!!!
    Suas dicas são ótimas e super válidas.
    Estou aguardando ansiosa seu relato sobre o Atacama ;)
    Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal Marianne!!!! O relato do Atacama entrou no ar hoje! Depois dá uma passadinha lá para ler (assim você também descansa a mente da Baía de Guanabara e a sazonalidade, he he he he).
      Um super beijo...
      Carolina

      Excluir
  2. Que dicas ótimas hein Carol?
    Já participou da nossa pesquisa de público no blog?
    Big Beijos
    Lulu
    www.luluonthesky.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já Lulu, totalmente respondida, he he he he...
      Super beijo.
      Carolina

      Excluir
  3. Excelentes dicas - não sou corredor, mas amo hikes e já andei estudando alguns mais intensos que requerem essa preparação também. Deve ser uma experiência e tanto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paulão! Ahhh, eu falei de corrida porque é o esporte que pratico. No entanto, o texto é válido, em parte, para viagens de outros esportes também... Claro que existem outras particularidades (viagem para competições de bicicleta, para natação, para esqui...), mas no geral é isso mesmo...
      Desculpe pela demora na resposta.
      Abraços
      Carolina

      Excluir
  4. Admiro a sua combinação de corrida com viagem! Eu sou mais tranquila, mas adorei ler seu relato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Eloah, obrigada! Às vezes, gosto de viagens mais tranquilas. No entanto, vou confessar que faz um bom tempo que não as faço, he he he...
      Desculpe pela demora na resposta...
      Abraços,
      Carolina

      Excluir
  5. Estou longe de estar em forma para uma viagem como esta, mas fiquei curiosa pela experiencia. Ótimo post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabiane, nem precisa estar em forma. Apenas ter um treinamento adequado, né? Pode ser uma viagem para correr (caminhar) 5 Km, sem o menor problema. Dependendo da prova e das paisagens, muitas pessoas vão apenas para caminhar. A questão é só atentar para os detalhes que uma viagem assim exige...
      Desculpe pela demora na resposta!!!
      Abraços
      Carolina

      Excluir
  6. Adorei!! Artigo super completinho, com detalhes que sequer passariam pela minha cabeça na hora do planejamento. Perfeito pra quem tá começando a pensar em dar umas corridinhas pelo mundo. :P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Marina! É um post com essa finalidade mesmo. Muitas vezes, no início, a gente comete uns erros bobos. Então, resolvi passar a "minha experiência", he he he...
      E desculpe pela demora na resposta ao seu comentário. Estava totalmente atribulada na organização da minha última viagem.
      Abraços,
      Carolina

      Excluir
  7. Dicas maravilhosas para quem faz viagem com o intuito de correr! Eu, por enquanto, estou longe disso.. hehe. Mas adorei saber dos cuidados e preparações especiais. Vou agora mesmo compartilhar com uma amiga que também "viaja correndo" por aí. Parabéns pelo blog! Beijo grande.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pollyane! Muito obrigada pelo comentário!!! Vai que um dia você resolve experimentar "viajar correndo"... Então, já tem algumas dicas por aqui, he he he...
      Muito obrigada também por compartilhar o post com sua amiga!!!
      Aproveito para pedir mil desculpas pela demora na resposta, mas estava muito "doida" na organização da vida para poder viajar tranquila, he he he he.
      Um super beijo
      Carolina

      Excluir
  8. Olha eu realmente admiro vocês, por que eu nunca conseguiria ser tão regrada! Espero um dia chegar lá!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ha ha ha ha, obrigada Mariana!!! É uma questão de hábito mesmo. Mas vai de cada um... De repente, ainda não é o seu momento, né?
      Muito obrigada pelo comentário e desculpe pela demora na resposta do mesmo... Estava organizando uma viagem e queria deixar a vida organizada também.Aí fiquei toda atrasada, he he he...
      Abraços,
      Carolina

      Excluir
  9. Carol, quando leio algo relacionado a corrida só me lembro de você.
    Haja disposição, menina!
    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhhhhhhhhhhhh que lindo!!!!!!!!!!!!!!!! Amei saber disso, ha ha ha ha ha...
      Obrigada por comentar. Aproveito para pedir desculpas pela demora na resposta... Estava aloprada organizando tudo para poder embarcar para o Cruzeiro Fitness e aproveitar mais um pouco de corrida em minha vida. Agora em um navio, ha ha ha...
      Super beijo
      Carolina

      Excluir
  10. Eu adoro correr, mas por acaso nunca combinei essa experiência nas minhas viagens, talvez por falta de tempo! Mas um dia vou tentar, obrigado pela partilha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma boa experiência Pedro Henriques. Às vezes, é possível conhecer lugares que não estão disponíveis no dia a dia. Quando participamos dos 15 Km em Istambul, conseguimos passar pela ponte que liga a Ásia à Europa correndo. É o único momento do ano em que a ponte fica fechada ao trânsito. Então, foi algo mágico!!!
      Reflita a respeito, he he he he...
      Muito obrigada pelo comentário e desculpas pela demora na resposta...
      Abraços
      Carolina

      Excluir
  11. da não é um negocio para mim, mas admiro que tem essa disposição. Conheço várias pessoas que viajam com esse propósito e várias companhias aéres muitas vezes oferecem descontos para quem vai participar desse tipo de atividade.. A Air New Zealand por exemplo cobre a taxa de inscrição e ainda dá desconto para quem participa da Maratona Internacional de Queenstown."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa Oscar, muito obrigada pela dica na Air New Zealand. Pode ser uma boa isso... Vou pesquisar mais a respeito!!! Quem sabe em 2018 não vou correr em Queenstown? Nunca passou pela minha cabeça, masssssss...
      Muito obrigada e desculpe a demora na resposta!!!
      Abraços,
      Carolina

      Excluir
  12. Eu sou mais do time que viaja pra comer! Rs
    Brincadeiras à parte, dicas otimas!!! Parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem problemas Aninha! Obrigada!!!! Eu também adoro comer em viagens (mas, ultimamente, tenho dado uma segurada, ha ha ha). Na verdade, eu comecei a correr para poder comer tudo o que tinha vontade. No entanto, com a evolução da corrida, eu parei de comer para poder correr melhor, ha ha ha. É um verdadeiro paradoxo, né?
      Obrigada pelo comentário e mil desculpas pela demora na resposta...
      Abraços,
      Carolina

      Excluir

Obrigada pela visita. Fique à vontade para dizer o que achou do post... Seus comentários são super bem-vindos... Um super beijo...

Pin It button on image hover