domingo, 30 de outubro de 2016

O Templo Hindu em Toronto

BAPS Shri Swaminarayan Mandir Toronto

Oláááá! Tudo bem? Hoje, os seguidores do Hinduísmo comemoram o Festival das Luzes, conhecido como Diwali. Isso fez com que eu lembrasse a visita que fizemos a um Templo Hindu em Toronto. É sobre ele que vamos falar hoje. Vamos lá?

O Diwali

Antes de começar, gostaria de explicar um pouco sobre o Diwali. Ele é um festival de 5 dias que é celebrado uma vez por ano. A ideia é comemorar o triunfo do bem sobre o mal. 

Este ano o Diwali começa HOJE, dia 30 de outubro e irá até dia 3 de novembro! Nesses dias de festa, as pessoas colocam luzes fora de suas casas e acendem muitos incensos para simbolizar a luz interior que as protege da escuridão espiritual.

Não só o Hinduísmo, mas também o Sikhismo, o Budismo e o Jainismo comemoram essa data. Ela varia de ano para ano, pois o Diwali é comemorado no primeiro dia do mês lunar Kartika (que pode ser durante o nosso outubro ou novembro). Cada dia de festa possui os seus rituais específicos.

O Templo Hindu no Canadá

Um local bem afastado da rota turística, mas interessante para ser visitado em Toronto é o BAPS Shri Swaminarayan Mandir. Nem suspeitava de que existia um lugar assim por lá. Entretanto, ao ver uma foto no Instagram da Carina, do OutsideBrazil, fiquei encantada e programamos para “comemorar” o aniversário da minha tia lá.

Localizado a noroeste da cidade, o Templo Hindu fica a 35 Km do centro de Toronto. Nós fomos com o metrô da linha 1 até a estação Wilson. Esse trajeto durou uns 50 minutos. De lá, seguimos as placas e fomos até o terminal para pegarmos o ônibus 96 B que levaria até o templo.
BAPS Shri Swaminarayan Mandir Toronto
Placa direcionando para o local onde o ônibus pararia.
BAPS Shri Swaminarayan Mandir Toronto
Ônibus chegando...
Pedi ao motorista que nos informasse quando estivesse chegando. Isso demorou... Já estávamos cansadas de tanto ficar dentro daquele ônibus. Era um roda roda... O legal é que no ônibus há um letreiro indicando os pontos. 


BAPS Shri Swaminarayan Mandir Toronto
Letreiro indicando os pontos. Eu nem sabia qual o nome do que precisaria descer. Mas agora sei: Huddersfield Road.
Todo mundo foi descendo e só sobrou a gente. Até liguei o GPS do celular para ver se estava tudo correto (pior que estava mesmo. Era o ônibus que dava muitas voltas). Enfim, chegamos após 1h30 de muito passeio...

BAPS Shri Swaminarayan Mandir Toronto
Entrada para o estacionamento do templo.
A visão do templo pelo lado de fora não é nada de muito grandiosa. As fotos só são permitidas do lado externo mesmo. Então, aproveitamos. Já a visão interna é algo alucinado de tanto detalhe na confecção daqueles pórticos e locais para os rituais. 

BAPS Shri Swaminarayan Mandir Toronto
Visão da rua...
BAPS Shri Swaminarayan Mandir Toronto

São praticamente dois prédios. Um que funciona como uma recepção e local de acesso para o segundo que é o templo, propriamente dito. O primeiro, chamado de Haveli, é feito de madeira. Lá é que deixamos os sapatos em sapateiras gigantes. É o local também onde há a lojinha que vende produtos relacionados ao templo e à religião.  

BAPS Shri Swaminarayan Mandir Toronto
Lado externo do Haveli...
BAPS Shri Swaminarayan Mandir Toronto
Imagina como era internamente...
De lá, partimos para o templo, o Mandir. Como disse, não é permitido fotografar. Além disso, fui pesquisar nos Termos de Condições do site deles e havia uma cláusula dizendo que as imagens tinham direitos autorais. Elas só poderiam ser cedidas por autorização escrita dos responsáveis pelo Templo. Como eu não tenho essa autorização e nem quero problemas na minha vida, não vou reproduzir as imagens. Massssssss, vou colocar o link para o templo e se você tiver interesse, pode ver as fotos majestosas dessa sala no site deles


BAPS Shri Swaminarayan Mandir Toronto
Mandir do lado de fora...
BAPS Shri Swaminarayan Mandir Toronto
Digo novamente: imagine como era internamente...
Há uma sala para o ritual que é tão branca que chega a doer os olhos. Uma iluminação especial vai alternando as cores do local. Ela varia entre azul, verde, laranja, vermelho, rosa e amarelo... Coisa linda!

Foi uma visita bem mais rápida que o tempo que demoramos para chegar, mas valeu. Voltamos para o ponto de ônibus que fica em frente ao templo e seguimos de volta a Toronto. Depois desse momento de paz, eu estava preparada para enfrentar o Edge Walk, ha ha ha ha ha ha ha ha ha...


BAPS Shri Swaminarayan Mandir Toronto
O ponto da Huddersfield Road.

O que saber para ir ao Templo Hindu

Bom, você já sabe que o ônibus demora muito para chegar até lá (e para voltar também). Além disso, você precisa saber que a visita acontece diariamente, das 9h às 18h30.

O endereço do templo é 61, Claireville Drive. Para quem vai de carro, há um estacionamento no local.

Atenção para a vestimenta. Não é possível entrar usando saias acima dos joelhos, short, bermuda ou camisa sem manga. Se você estiver vestido assim, há sarongs que podem ser colocados para a visita.
BAPS Shri Swaminarayan Mandir Toronto
Algumas regrinhas...
Caso você queira observar o ritual deles, há uma separação entre homens e mulheres. Nós não quisemos pelo simples fato de acharmos que não tinha muito a ver. Penso que se eu estivesse em um momento ritualístico, eu não gostaria de ser observada, como se fosse em um zoológico (também detesto zoológicos). No entanto, tem gente que gosta de assistir. Então, fique à vontade. A gente só queria conhecer o local mesmo, com sua arquitetura trabalhada.

E o mais importante: a entrada é gratuita.

Depois disso, só posso desejar um feliz Diwali a todos.
Até quarta-feira

Um super beijo

Carolina


Assine nossa newsletter




Sobre o Autor:
Carolina Belo Sou Carolina Belo, Bióloga e Turismóloga. Busco sempre ser feliz e ver o lado positivo de tudo o que acontece na vida. Gosto de viajar e participar de corridas pelo mundo.

2 comentários:

  1. Gente, que lugar lindooooo! Transmite uma paz danada! Carol, como você lembra de cada detalhe!!!! Acho isso muito legal!!!

    Um super beijo pra você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Ana, às vezes, me acho muito detalhista. No entanto, não sei se isso é ruim ou não. Acho importante escrever tudo, para dar uma noção melhor para quem está lendo. Afinal, a ideia é motivar a pessoa a conhecer também, né? He he he he...
      Um super beijo
      Carolina

      Excluir

Obrigada pela visita. Fique à vontade para dizer o que achou do post... Seus comentários são super bem-vindos... Um super beijo...

Pin It button on image hover